Dia 48 a 53 – Puerto Natales, pausa para trabalhar e preparo para Parque Nacional Torres del Paine

{Quinta a terça, 11 a 16 de abril de 2019} Acordamos de frente para o Estreito de Magalhães, tomamos nosso café e colocamos o pé na estrada rumo ao norte.

Dirigimos 320 km até chegar em Puerto Natales, com paradas no meio do caminho.

Cidade fantasma de San Gregorio

A primeira foi para ver uma cidade fantasma chamada San Gregorio. Ela foi abandonada anos atrás, quando a economia da cidade, baseada em criação de ovelhas, caiu drasticamente, fazendo com que os moradores fossem embora.

Sobraram as construções, que o tempo trata de consumir.

E não é só isso. A cidade fica a beira de uma praia de pedras, com visual bem diferente.

E como se isso já não fosse o bastante, há dois navio encalhados, com suas estruturas expostas.

Monumento ao Vento

Continuando pela Ruta 255, chegamos até o monumento ao vento e não resistimos a brincadeira.

Flamingo

Ainda na ruta 255, há um lago com flamingos. Não havia muitos, mas foi legal parar aqui mesmo assim.

E ao lado o lago, muitas ovelhas.

Puerto Natales

Chegamos em Puerto Natales às 16h e fomos direto ao posto de informações turísticas, onde pegamos o mapa turístico da cidade.

Aproveitamos que o dia estava bonito para conhecer alguns dos atrativos.

Planejamos ficar na cidade uns dois dias para nos organizarmos para ir ao Parque Nacional Torres del Paine.

Muelle Historico Braun & Blanchard

Visitamos o famoso Muelle Historico, que é o ícone da cidade.

La Mano

Ali pertinho fica o Monumento La Mano, do mesmo artista de Los Dedos em Punta Del Leste, Uruguai.

Letreiro de Puerto Natales

Claro que não poderia faltar o letreiro da cidade, né. E nele está o Milodon, um dinossauro que foi encontrado em uma caverna aqui perto.

Monumento ao Vento de Puerto Natales

Estamos na Patagônia, né, terra de ventos fortíssimos. Por isso aqui também tem um monumento ao vento.

É tanto vento que vimos dois monumentos ao vento no mesmo dia rsrs.

Ao lado fica um molhe, mas o vento estava tão forte que não conseguimos ir até o fim dele.

Pueblo Artesanal

Pra fazer compras de lembrancinhas e de roupas de lã, vale a pena visitar o Pueblo Artesanal, tem coisas lindas de lã.

Mirante de Puerto Natales

A parte alta da cidade oferece uma vista linda, imaginamos. Então fomos lá, conferir a cidade do alto com as montanhas ao fundo.

Aqui já sentimos o clima de aventura que nos aguardava no Parque Nacional Torres de Paine. Muitas pessoas andando pra lá e pra cá com mochilões e equipamentos de trekking.

Acabamos ficando alguns dias a mais do que tinhamos planejado, trabalhando e nos preparando, esperando o clima ficar melhor possível.

Erratic Hostel

Enquanto isso estacionamos perto do Hostel Erratic e usamos a estrutura de cozinha e banheiro deles. O hostel não está no booking, mas aqui você encontra várias opções de hospedagem em Puerto Natales.

Cada vez que usávamos a estrutura colocavamos $ 1.000 pesos chilenos na caixinha de doação em frente ao balcão da recepção. Havia doação para limpeza das trilhas de Torres del Paine, para cuidado dos animais de rua e para cerveja dos funcionários. Achamos justo, mas gastamos bastante lá.

Aqui assisitmos uma palestra gratuita sobre os trekkings no Parque Nacional Torres del Paine e entendemos que não estávamos preparados para fazer os circuitos mais longos como o W.

Então vamos fazer os trekking menores, o único grande será o Base de las Torres, de uns 20 km de caminhada.

Rumo à Torres del Paine

Quando sentimos que o tempo iria melhorar e adiantamos os trabalhos, pegamos a estrada rumos ao Parque Nacional Torres del Paine.

Se eu fosse você não perderia os próximos diários por nada.

Quer saber mais sobre essa viagem? Confira esse post aqui melevadeleve.com/viagem-de-carro-pela-america-do-sul

Números do dia:

Distância percorrida: 42,5 km.
Tempo: 4 horas dirigindo.
Alimentação: $ 456 pesos argentinos (R$ 45,60)
Banhos: $ 8.000 pesos chileneos (aprox. R$ 47,00)
Carregar bateria: $ 5.000 pesos chilenos (aprox. R$ 30,00) para 3 vezes.
Cozinha do hostel: $8.000 pesos chilenos (aprox. R$ 47,00)

Contribua para essa viagem

Está gostando da nossa viagem de carro pela América do Sul? Então use nossos links para reservar as suas viagens. O valor não muda para você e a comissão que ganhamos é bem pequena, o preço de um cafezinho que você toma enquanto está lendo e se divertindo com o diário da viagem e as nossas dicas.

Hospedagem: Booking.com ou Airbnb (Airbnb com desconto de R$ 130,00 na primeira hospedagem e R$ 49,00 em uma experiência)
Seguro Viagem: Seguros Promo (com 5% de desconto)
Passagens Aéreas: Passagens Promo
Aluguel de carro: Rentcars
Transfers: Viator
Passeios: ViatorTiqetsTourOn e Get Your Guide
Transferência online de dinheiro para o exterior: Transfer Wise

Agradecimentos aos nossos apoiadores dessa viagem:

Compartilhe
Julia Flores

Julia Flores

Formada em Turismo e Hotelaria, com pós-graduação em Marketing Estratégico e experiência com marketing de destinos turísticos. Amo viajar, não pelos carimbos no passaporte ou pelas selfies, mas pelo o que as viagens me proporcionam. Gosto de praticar esportes, mas também adoro ficar de preguiça no sofá em dias frios ou chuvosos.

4 comentários em “Dia 48 a 53 – Puerto Natales, pausa para trabalhar e preparo para Parque Nacional Torres del Paine

  • Avatar
    14/05/2019 em 18:33
    Permalink

    Uma foto mais linda que a outra parabéns

    Resposta
    • Julia Flores
      15/05/2019 em 20:48
      Permalink

      Com a paisagem assim é fácil 🙂

      Resposta
  • Avatar
    17/05/2019 em 20:30
    Permalink

    Oieee estou aprendendo usar Facebook.
    Para mim não é tarde aprender.
    Como vocês estão aprendendo, a cada km que avança.
    Boas aventuras, as postagens estão nota mil.

    Resposta
    • Julia Flores
      17/05/2019 em 22:28
      Permalink

      É fácil. Só precisa praticar hehehe. Siiim, as publicações estão quase em dia 🙂

      Resposta

Deixe seu comentário