O post mais completo sobre seguro viagem

Dia 24 – Saída do Uruguai recusada na fronteira com a Argentina

{Segunda, 18 de março de 2019} Os dias em Colonia del Sacramento foram ótimos. Dormir aqui nessa área aberta de frente ao Rio da Prata foi bom para entendermos um pouco mais sobre essa vida de viajar de campervan.

Saímos após o almoço com destino a Carmelo, distante de Colonia del Sacramento uns 80 km. O trecho leva em torno de 1 hora de carro pela Ruta 21. A ideia é dormir em Carmelo então o dia será super curto e fácil.

Se você prefere ler, continue o post. Se prefere vídeo, o vlog você encontra abaixo, é só dar o play. Aproveita para seguir o canal 🙂

Carmelo, Uruguai

As estradas do Uruguai são muito boas e o trajeto até Carmelo foi bem tranquilo, com alguns trechos em obras.

Carmelo Uruguai

Porém a cidade se mostrou menos atrativa do que pensamos, pois as atrações são vinícolas um pouco fora da cidade e além da vista da Puente Giratorio de Carmelo, que passa por cima do Arroio de las Vacas, não há muito o que fazer aqui.

o que fazer em carmelo uruguai

Paramos em uma padaria e compramos 1 café para nós 2, com as poucas moedas de pesos uruguaios que ainda restavam.

De volta à estrada, num posto compramos o adesivo de ‘velocidade máxima 110 km’ que aparentemente todas as caminhonetes devem ter atrás para transitar na Argentina, mas que nem todas têm. Melhor não arriscar.

Adesivo velocidade argentina

Fronteira Uruguai-Argentina

Chegamos na fronteira de Fray Bentos (Uruguai) com Libertador San Martin (Argentina) no fim da tarde horas.

Na imigração Argentina entregamos o passaporte e o documento do carro e ficamos esperando ele pedir a carta verde. Ele folheou o passaporte uma vez, folheou de novo e disse para irmos na imigração uruguaia. Estacionamos o carro e descemos.

O oficial uruguaio perguntou por onde entramos no país e dissemos Chuí. Perguntou se passamos na imigração de lá e explicamos que passamos de carro pelo check point, tinha 3 oficiais lá e fizeram gesto para passarmos em frente. Ninguém nos disse o que tínhamos que fazer. Até achamos estranho eles não terem pedido para ver o passaporte.

Ele explicou que não são eles que pedem, somos nós que temos que ir fazer o procedimento de fronteira. Dissemos que não há nenhum aviso sobre isso, não há informação do que é obrigatório fazer. Que isso deveria ser bem claro, pois as pessoas não tem obrigação de saber uma coisa tão específica assim.

Ele disse que por não ter feito, tínhamos que pagar um taxa de autorização de saída.

Insistimos, dizendo que não foi nosso erro, e que inclusive temos filmado a passagem nessa hora. Quando falamos da filmagem, ele mudou o tom e disse que lá no Chuí os oficiais não cobram de todos porque a fronteira é aberta. Que ele sabe que é errado, mas que ele não pode fazer nada quanto a isso. Que se a gente voltar por lá, não precisa pagar a taxa.

Olha que contraditório isso. Precisamos fazer obrigatoriamente o procedimento de entrada, mas se sairmos por onde não nos foi cobrado isso, não tem problema nenhum…

Não se pode pagar a taxa com cartão de crédito, não há ATM para sacar e o restaurante perto da fronteira que poderia fazer o câmbio, justamente hoje não estava fazendo.

Nesse meio tempo anoiteceu e decidimos dormir em Fray Bentos, sacar $ no dia seguinte e voltar à fronteira o quanto antes.

Saída do Uruguai recusada na fronteira com a Argentina

Voltamos com um carimbo “rechazado” no papel que se entrega ao oficial na cancela da fronteira.

Ele nos informou por onde dar a meia volta e com uma cara de ‘que pena’, nos perguntou “mas porque?”, “como assim não deixaram vocês passar”, “voltem amanhã e tentem de novo que vai dar certo”, assim esperamos.

Fray Bentos

Voltamos um pouco e pegamos o trevo que leva à cidade de Fray Bentos.

Encontramos um posto de gasolina em frente à delegacia e imaginamos que seria um bom lugar para dormir na campervan. Porém o posto fecha às 22h e abre novamente às 6h, então ficaríamos sem banheiro por um tempo.

Os dois guris do posto foram super gente boa. Um deles quer aprender português então ficou super feliz em conversar com a gente.

Perguntamos sobre onde comer o chivito, prato típico do Uruguai e lá fomos nós.

Chivito

O prato chivito é feito de batata frita, peito de frango, queijo, presunto, tomate, alface, ovo frito. É tipo um x-tudo de frango sem pão.

Era enorme e sobrou bastante. E eu fiquei preocupado com a questão de não ter banheiro rsrs

Chivito prato tipico uruguai

Até aqui o jantar saiu caro, então o país é caro mesmo, não é apenas em cidades turísticas.

Noite na campervan, estacionado num posto de combustível

De volta ao posto, pensamos que depois disso tudo merecemos uma sobremesa. Um picolé dos mais baratos que tinha lá…

Usamos o banheiro quando ele estava quase fechando e entramos na campervan.

Uma luz do posto fica acesa a noite toda e por isso junta um monte de insetos. Não daria para dormir com o vidro um pouco aberto para ventilar. O cara do posto foi bem gente boa e desligou todas as que poderiam atrapalhar a gente.

Pensamos em uma forma de não pagar a taxa amanhã. Vamos ver se vai dar certo.

Quer saber mais sobre essa viagem? Confira esse post aqui melevadeleve.com/viagem-de-carro-pela-america-do-sul

Números do dia:

Distância percorrida: 238 km.
Tempo: 4 horas dirigindo, mais umas 2 horas na aduana.
Combustível: $ 500,00 (aprox. R$ 56,00)
Adesivo de velocidade: $ 105 pesos uruguaios ( aprox. R$ 12,00)
Pedágio: $ 100 pesos uruguaios (aprox. R$ 11,00)
Alimentação: Jantar $535 pesos uruguaios (R$ 60,00)

Contribua para essa viagem

Está gostando da nossa viagem de carro pela América do Sul? Então use nossos links para reservar as suas viagens. O valor não muda para você e a comissão que ganhamos é bem pequena, o preço de um cafezinho que você toma enquanto está lendo e se divertindo com o diário da viagem e as nossas dicas.

Hospedagem: Booking.com ou Airbnb (Airbnb com desconto de R$ 130,00 na primeira hospedagem e R$ 49,00 em uma experiência)
Seguro Viagem: Seguros Promo (com 5% de desconto)
Passagens Aéreas: Passagens Promo
Aluguel de carro: Rentcars
Transfers: Viator
Passeios: ViatorTiqetsTourOn e Get Your Guide
Transferência online de dinheiro para o exterior: Transfer Wise

Agradecimentos aos nossos apoiadores dessa viagem:

Compartilhe
O post mais completo sobre seguro viagem
Douglas Sawaki

Douglas Sawaki

Formado em Turismo e Hotelaria, com experiência em vendas e marketing na área do Turismo. Paulista que aprendeu a curtir São Paulo depois que deixou de ser um cara estressado. Meio sedentário, meio esportista, se é que você me entende.

2 comentários em “Dia 24 – Saída do Uruguai recusada na fronteira com a Argentina

  • Avatar
    06/05/2019 em 22:20
    Permalink

    Casal, vocês olharam a legislação? Pela história tá parecendo que o oficial citado quer cobrar algo que não existe

    Resposta
    • Julia Flores
      08/05/2019 em 16:35
      Permalink

      Oi Lu, na dúvida pagamos. O problema é que a dor de cabeça não compensa…

      Resposta

Deixe seu comentário