O que levar para o Atacama? O que não levar? Tenho que confessar que arrumar a mala para o Atacama foi uma das tarefas mais difíceis dessa viagem.

Se você está acompanhando essa série de posts sobre a nossa viagem para o Deserto do Atacama, já sabe que estamos falando do deserto mais árido do mundo.

O clima é seco (é o deserto mais árido do mundo), a umidade relativa do ar fica em torno de 7% e tem grande amplitude térmica.

No deserto você pode encarar, mesmo no verão, temperaturas negativas (-3ºC) e super quentes (acima do 30ºC) no mesmo dia. Por isso você precisa ter roupas de verão e de inverno na sua mala. Entendeu porque é tão complicado fazer uma mala para o Atacama?

Antes de seguir vendo as dicas de bagagem para o deserto, dê uma conferida no post que a gente fez sobre onde ficar em San Pedro. Tem uma análise dos melhores lugares para ficar e também indicação de hotéis na cidade.

O que levar para o Atacama

Se você ainda não sabe quando visitar o Atacama, março é uma boa época. Nós visitamos San Pedro de Atacama no final de março, quando a temperatura já não é tão quente. Isso para os padrões do deserto do Atacama, né.

Então ao ver a nossa lista, não se esqueça de levar em conta que a bagagem para o verão do Atacama é bem diferente da mala para o outono e primavera. A bagagem para o inverno, nem se fala, né.

Além disso, a mala para o Atacama é bem diferente do que para outros destinos. Como costumamos fazer atividades de aventura, já tínhamos boa parte dos itens que o deserto ‘exige’, mas mesmo assim tivemos que comprar algumas coisas.

Não usamos tudo o que levamos, mas estávamos preparados caso fosse preciso. Então vamos para a lista do que levar para o Atacama?

Como fazer a mala para o Atacama

Nossa viagem foi de seis dias no Atacama, mas em apenas quatro deles nós fizemos passeios. Os outros dois ‘dias’ foram na chegada e na saída de San Pedro.

Se você está indo de mochilão, você pode tranquilamente viajar com roupas para 3 ou 4 dias. Tem bastante lavanderias na rua Caracoles.

O difícil é combinar a bagagem do Atacama com a bagagem para Santiago, para quem vai também aproveitar a capital.

Confira abaixo nosso check list para mala do Atacama.

Kit de ‘sobrevivência’ no deserto

Esse é o nome que demos para alguns itens essenciais para que o clima do deserto não estrague o seu bem-estar e a sua viagem. São essenciais para o clima seco e para a altitude do deserto do Atacama.

Veja aqui onde ficar em todo o mundo ou reserve pelo Airbnb.

Protetor Solar

É item obrigatório! Importantíssimo passar o protetor solar no corpo e no rosto e ainda reforçar ao longo do dia. Durante o dia o sol é de rachar a pele e como o vento é forte, você acaba nem sentindo o sol queimando. Só vai perceber a noite ou na hora do banho. Aí já é tarde, né.

Protetor labial

Também é fundamental, pois os lábios sofrem demais com o calor e o frio. E aí, se rachar… dói e vai incomodar pelo resto da viagem.

Creme hidratante para o corpo

É essencial, pois a pele resseca muito, fica toda branquinha com rachaduras. Principalmente a canela, os pés, os braços e os cotovelos. Todos os dias tomamos praticamente um banho de creme, depois do banho de chuveiro.

Creme hidratante para o rosto

Esse creme é bom carregar junto sempre, principalmente nos passeios em que você entra na água, pois quando você sai a sensação no rosto é de que está tudo ressecado e rachando.

Creme hidratante para as mãos

As mãos ficam muito secas, então leve uma embalagem pequena, aquelas de bolsa mesmo.

Óculos de sol

Não precisa nem explicar né. Se você usa óculos de grau, considere fazer um óculos escuro com grau. É muito complicado viajar sem proteger os olhos.

Até aqui o check-list foi normal, né. São coisas que você não esqueceria. Agora que vêm as dicas que podem fazer a diferença.

Chapéu ou boné

O sol é intenso, então, não se esqueça de proteger a cabeça. Chapéu é muito mais indicado do que boné, pois protege também a nuca e as orelhas.

Colírio

Os olhos ficam secos também, então um colírio vai ajudar a evitar o ardor e aquela sensação de que tem areia.

Pode usar lentes de contato no deserto? Pode sim, mas é muito aconselhado usar óculos, já que o clima é muito seco e sempre empoeirado.

Além disso, no meio dos passeios, você nunca estará com a mão limpa como deve para manusear as lentes se for preciso.

Solução nasal fluidificante

Para evitar o sangramento das narinas, é importante mantê-las úmidas, principalmente ao se deitar para dormir e em passeios de maior altitude. Nós aplicávamos a solução nasal sempre que possível e ajudava bastante.

Os itens como protetor solar, protetor labial, creme hidratante para as mãos, colírio e solução nasal estavam sempre na mochila dos passeios e usamos pelo menos duas vezes ao dia.

Valeu a pena carregar, pois ajudou muito a aliviar e prevenir de alguns efeitos do deserto.

Kit de remédios

Nós somos bem preocupados com a saúde e nunca viajamos sem kit de remédios. Um estojo maior fica na mala, guardado na hospedagem, e na mochila de passeio levamos um pouquinho de cada remédio. Quer saber quais remédios levar ao Atacama? Eis a nossa lista.

  • Remédio para dor de cabeça (Aspirina/Melhoral)
  • Remédio para enxaqueca (Neosaldina/ibuprofeno)
  • Remédio para dor de barriga (Repoflor)
  • Remédio para prisão de ventre (Tamarine)
  • Remédio para gases e estufamento (simeticona)
  • Remédio para má digestão (Digeplus)
  • Remédio para azia (Eno/Estomazil)
  • Remédio para enjoo (Dramin)
  • Remédio para febre e dor (paracetamol)
  • Remédio para lactose (LacLev)
  • Pomada para infecções, queimaduras e ferimentos da pele (Nebacetin)
  • Termômetro
  • Compressas de gaze
  • Esparadrapo
  • Curativo adesivo (Band-aid)
  • Pastilhas contra tosse e irritação na garganta (Benalet)
  • Creme pós sol de babosa (aloe vera)

Essa foi a nossa farmacinha para essa viagem (a mesma de todas as viagens). Tirando o remédio da lactose, que é só para quem tem intolerância, como o Douglas, a farmácia básica dá conta de praticamente tudo. E talvez você tenha que acrescentar os seus remédios de uso contínuo. Vale consultar seu médico antes de viajar.

Para ajudar com a altitude, nos mercadinhos e farmácias de San Pedro de Atacama são vendidos bala e folha de coca, que ajudam a amenizar os sintomas.

Compare aqui as locadoras para encontrar o melhor aluguel de carro para viajar pelo Atacama.

Kit higiene para o Atacama

Preferimos levar nossos itens de higiene, mesmo que o hotel ofereça kit de banho. Para não ocupar muito espaço e nem fazer muito peso, não levamos nas embalagens originais, colocamos os líquidos em potinhos menores para a viagem.

O que levamos foi:

  • Shampoo
  • Condicionador
  • Creme hidratante para o cabelo
  • Sabonete
  • Hastes flexíveis de algodão (cotonetes)
  • Pasta de dente
  • Escova de dente
  • Fio dental
  • Desodorante
  • Barbeador
  • Cortador e lixa de unha
  • Pinça

Aqui nessa lista não coloquei itens de make e perfume, pois cada pessoa tem o seu kit favorito, né.

Quais roupas levar para o Atacama?

O que levar para o Atacama? Ou melhor, que roupas levar? Como fazer uma mala boa para o Atacama e para Santiago? Aqui que o bicho pega.

Quebramos cabeça, lemos várias dicas na internet e quase piramos. Queríamos saber o que era melhor vestir em cada passeio, pois desconfiamos que cada passeio teria características próprias.

Então resolvemos organizar a mala separando dia por dia, assim ficou mais fácil organizar quais as roupas que levaríamos.

O nosso check list de roupas para o Atacama ficou assim:

Que roupas para usar no centro de San Pedro de Atacama

No primeiro dia tivemos uma tarde livre para nos adaptarmos a altitude, descansar e conhecer o centrinho da cidade.

Como os carros levantam muita poeira, resolvemos ir de calça, camiseta, bota de caminhada, chapéu/boné e óculos de sol. Levamos um casaco para usar a noite, pois a temperatura cai bem rápido quando escurece.

Por ser cidade, dá para usar qualquer roupa que você queira, porém, o calçado mais adequado é tênis e bota de caminha. Chinelo, sandália, sapatilhas, nada disso é uma boa ideia.

Onde ficar hospedado em san pedro de atacama chile - O que levar para o Atacama

Tirando o centro de San Pedro, os pontos turísticos têm características próprias e pedem roupas mais adequadas. Alguns lugares têm banho, vento, poeira, muito sol e frio intenso.

Decidir o que levar para o Atacama, em relação a roupas, seja mais fácil para quem não sente tanto frio ou sofre com o calor. Mas tenho certeza que essas dicas vão te ajudar a fazer a mala para o Atacama mais tranquilamente.

O que vestir nas Laguna Escondidas

Esse passeio fizemos pela manhã e durou até um pouco além do meio dia.

Saímos do hotel já usando roupas de banho por baixo da roupa, pois é um passeio onde é permitido entrar na água. Decidimos assim para facilitar, não perder tempo ao chegar lá e ter que talvez encarar uma fila só para trocar de roupa.

Eu fui de calça legging, camiseta, casaco fleece, meia, tênis de academia, levei chinelo (para sair da água), chapéu e óculos de sol.

E o Douglas foi de bermuda, camiseta, meia, tênis de academia, chinelo, boné e óculos de sol.

O que levar para o Atacama

Sem dúvida, foi uma boa ideia ter ido com a roupa de banho por baixo, pois os banheiros ficam um pouco afastados das lagoas.

Que roupas usar no passeio do Valle de la Luna e Muerte

Esse passeio foi a tarde até o fim do dia. Estava quente quando saímos, mas ao fim do passeio ficou friozinho.

Eu fui de calça legging, camiseta, meia, bota de caminhada, chapéu e óculos de sol. E levei um casaco fleece e um casaco corta vento.

O Douglas foi de calça jeans (dessas mais finas e tecido macio), camiseta, meia, bota, boné e óculos de sol. E levou um casaco fleece.

bagagem para deserto atacama

Aqui, por ser uma área aberta, venta muito. Por conta disso, com certeza não é uma boa ideia usar saia ou vestido.

Como se vestir nas Termas de Puritama

Esse passeio fizemos pela manhã até o meio dia. Como tem banho nas águas termais, saímos do hotel usando roupas de banho embaixo das roupas.

Eu fui de calça legging, meia, tênis de academia, chinelo, camiseta manga longa, colete, chapéu e óculos de sol. O Douglas foi de bermuda, camiseta, casaco fleece, meia, tênis de academia, chinelo, boné e óculos de sol.

Por ter vestiário e ser um local construído, dá para ir com roupas mais ajeitadas, não precisa ser tão prático.

Roupas para ir à Laguna Cejar e Tebinquiche

Esse passeio foi a tarde até o pôr do sol. Aqui também é permitido nadar na lagoa, então já fomos de roupa de banho por baixo da roupa. Se não quiser, tem vestiário lá.

Eu fui de calça legging, camiseta, meia, tênis de academia, óculos de sol e chapéu. Levei casaco fleece e casaco corta vento para usar a noite.

O Douglas foi de bermuda, camiseta, meia comum, tênis de academia, boné e óculos de sol. Levou uma calça e casaco corta vento para usar no fim do dia.

Roupas de frio para as Lagunas Altiplânicas

Esse passeio começamos bem cedo e terminamos no início da tarde. Estava bem frio quando saímos e até o fim do passeio ficou bem quente.

Por isso, nós nos vestimos em camadas. Eu usei uma camiseta, casaco fleece, casaco corta vento, casaco pesado, calça legging, meia térmica, bota de caminhada, gorro forrado, óculos e luvas. Aqui não tem como pensar em roupas para ‘desfilar’.

O Douglas foi de calça jeans, meia térmica, bota de caminhada, camiseta, camiseta manga longa, casaco fleece, casaco corta vento, cachecol, gorro forrado, luvas e óculos de sol.

Notaram que incluímos luvas e gorrinho? Pois é, usa-se poucas vezes, mas é bom levar. Ah, luva de lã não adianta nada, pois o vento frio entra.

Roupas apropriadas para o Salar de Tara

Esse passeio começa bem cedinho e termina no início da tarde. Foi o dia mais frio e mais quente, então, já dá para imaginar o que vestir, né.

Pegamos temperatura negativa e mais de 30ºC em algumas horas.

Eu usei as roupas em esquema de camada, assim, pude ir tirando as mais quentes conforme foi esquentando.

Nesse dia eu usei meia calça, calça legging, meia térmica, bota de caminhada, camiseta, camiseta manga longa, casaco fleece, moleton, casaco corta vento, luva grossa, cachecol, touca e óculos de sol.

O Douglas foi com calça jeans, meia térmica, bota de caminhada, camiseta, camiseta de manga longa, casaco fleece, casaco grosso corta vento, luva grossa, cachecol, gorro forrado e óculos de sol.

Tinha gente lá com roupas mais finas e eles penaram bastante.

Outras roupas para Atacama

Além dessas que listamos acima levamos pijamas e meias para dormir, pois a noite é fria.

Quanto a roupas íntimas, leve de preferência as mais confortáveis que você tiver.

A quantidade de cada peça, vai depender se você vai lavar as roupas em San Pedro (tem lavanderias lá) ou só vai lavar em casa.

Na nossa opinião, vale a pena levar quantidade menor e lavar, para diminuir o peso da mala.

Levei uma sapatilha, que só tive coragem de usar em Santiago.

Para o Atacama só leve roupas e calçados que você não tem pena de sujar. Se quiser levar sapatilha, pode ser que ela se estrague durante a viagem.

Nem adianta levar saias ou vestidos. Venta muito e não é nada confortável ter que ficar cuidando o tempo todo para a roupa não voar. Eu até levei, mas acabei usando só em Santiago.

E outra dica é não usar calçados com salto, pois as calçadas e ruas são irregulares.

O que mais levar para o Atacama?

Alguns outros itens que incluímos na nossa bagagem:

  • Lanterna de cabeça (pode ser necessário para andar nas ruas de San Pedro)
  • GoPro, baterias e acessórios
  • Celular e carregador
  • Notebook
  • Máquina fotográfica, bateria e carregador

Mais algumas dicas

Em San Pedro do Atacama você vai encontrar lavanderias, que lavam as sua roupas de um dia para o outro. Pagamos 1800 pesos por kg e achamos que valeu a pena.

Cuidado para não carregar muito peso na mala, por dois motivos. O primeiro é que você vai ter que pagar a bagagem despachada de Santiago para San Pedro. E o segundo é que as ruas de San Pedro são terríveis para mala de rodinha.

Portanto, ao fazer a mala pense na praticidade. Aqui entra o velho dilema mala ou mochilão. Acho que além de mais prático, viajar de mochilão é a cara de San Pedro.

Você está indo para o deserto mais árido do mundo, tem areia, poeira, ar seco, sol de rachar e frio de congelar. Você está indo para um destino extremamente de aventura. Por isso toda atenção é preciosa na hora de fazer a mala.

Se você ficou com alguma dúvida, comente aqui embaixo. E se você tem alguma outra dica, comente também 😉

Leia os outros posts sobre o Atacama aqui, para saber mais dicas.

Compre-nos um café 😉

Espero que você esteja curtindo e aproveitando muito as dicas. Para escrever esse post especialmente para você que está planejando uma viagem ao Atacama, consumimos bastante café. Sim, bastante.

Então que tal se você fizer as suas reservas pelos nossos links? Assim, nós podemos continuar tomando café e escrevendo ainda mais 😉

Bjs e até a próxima, Ju

 

Mais sobre o Atacama e o projeto De Leve na Rota no blog Tá Na Minha Rota. Siga também a tag #delevenarota no Instagram.

O que levar para o Atacama

Para salvar no Pinterest 😉

Posts relacionados

Julia Flores

Formada em Turismo e Hotelaria, com pós-graduação em Marketing Estratégico e experiência com marketing de destinos turísticos. Amo viajar, não pelos carimbos no passaporte ou pelas selfies, mas pelo o que as viagens me proporcionam. Gosto de praticar esportes, mas também adoro ficar de preguiça no sofá em dias frios ou chuvosos.

8 comentários em “O que levar para o Atacama – dicas para fazer a mala

  1. Ameeeeeiiii esse post!!!! Gente vai me ajudar muuiiiito!!! Tava ficando louca sem saber o que levar para o atacama.. Obrigada e vou pagar o café com o maior prazer <3 obrigada

    1. Olá, Fran!
      Hehehe que legal! Ficamos muito felizes em ajudar, pois sofremos muito pra fazer a mala pro Atacama.
      E tem várias outras dicas aqui no blog também. Boa viagem!
      Bjs, JU

  2. Adorei o post. Onde é melhor se hospedar no Atacama? Me ajudem por favor, não encontrei hotel bom e barato em San Pedro ainda. Tô preocupado pois sei que os melhores hotéis acabam rápido

Deixe seu comentário