Quer uma sugestão de roteiro de 6 dias no Atacama? Então continue lendo.

Esse foi nosso roteiro dia a dia da viagem para San Pedro, desde o embarque em Santiago para Calama até o retorno.

No início foi difícil escolher os principais atrativos do deserto do Atacama, pois dá vontade de fazer tudo e precisávamos de mais tempo. Todas as paisagens parecem lindas e todos os passeios parecem interessante.

Mas infelizmente tínhamos que escolher o que colocar no roteiro. Pra isso, levamos em conta que precisávamos organizar os passeios em um roteiro de 4 dias, pois o primeiro dia era para ir de Santiago para San Pedro de Atacama e o último dia para voltar de San Pedro para Santiago.

Então acabamos escolhendo os passeios clássicos e imperdíveis do Atacama e contratamos a agência Araya Atacama que nos ajudou a organizar um roteiro visitando os atrativos por ordem de altitude.

Tudo isso você já sabe se acompanhou as dicas de o que fazer no Atacama onde falamos quantos dias é o ideal para conhecer o deserto do Atacama, se leu os posts como ir para o Atacama e onde comer em San Pedro e os outros posts com outras tantas dicas que já publicamos aqui no blog.

Se você chegou agora no blog e ainda não os leu, confira todas as dicas para planejar uma viagem para o deserto do Atacama.

Roteiro de 6 dias no Atacama

Nós visitamos o Atacama na última semana de março, fez bastante calor e pegamos um pouco de frio. Se você visitar em outra época, talvez tenha que adaptar algum passeio por conta das chuvas ou da neve.

Se eu pudesse te dar apenas um conselho seria para você fazer apenas um passeio por dia, pois é bem cansativo. Não pelos passeios em si, mas por conta da altitude e do calor. Lembre-se que você está indo para o deserto mais alto e mais seco do mundo.

Bora desvendar esse roteiro no Atacama?

Antes, dá uma olhada no post Onde se hospedar em San Pedro, onde explicamos quais são os melhores lugares para ficar na cidade.

Dia 1

Manhã

A manhã começou cedo para nós, beeeem cedo. Às 6h35 decolamos de Santiago em direção a Calama, o aeroporto mais próximo de San Pedro de Atacama, cidade base para os passeios pelo deserto. O voo foi tranquilo e durou aproximadamente 2 horas.

 Leia aqui Como é voar com a Sky Airlines para o Atacama.

No aeroporto de Calama o desembarque foi tranquilo, nossas malas estavam lá inteirinhas. Então fomos procurar pelo balcão da empresa Transfer Pampa que contratamos para ir de Calama para San Pedro de Atacama. Pagamos 20.000 pesos cada um pelo serviço de ida e volta, pois assim fica mais barato do que comprar cada trecho separado. Embarcamos na van e levamos aproximadamente 1h30 para percorrer 100 km.

 Leia aqui as opções de Como ir de Calama para San Pedro de Atacama.

Roteiro de 6 dias no Atacama - como chegar em San Pedro de Atacama

Chegamos na cidade e a cada parada da van achávamos que era o nosso hotel, mas claro que fomos os últimos né… Esse é o inconveniente de pegar o transporte compartilhado. Mas por outro lado, você economiza. Chegamos lá pelas 10h30 no nosso hotel.

 Leia aqui as melhores dicas para escolher Onde ficar em San Pedro de Atacama.

A fome estava grande, pois tomamos café da manhã mega cedo no hotel em Santiago. Então resolvemos sair para um brunch e fomos em uma cafeteria indicada pela proprietária do hotel.

Brunch

Ainda meio perdidos com os mapas, ruas de terra, sono e altitude, saímos para a direção errada. Andamos uns 50 metros e depois encontramos o caminho certo. Era pertinho, mas sabe como é, né. Sem se perder não te graça.

Ao chegar achamos o lugar bem rústico, mas a fome era tanta e o calor não ajudava muito, então fomos entrando. E aí a nossa surpresa, por dentro era um lugar muito bonito e aconchegante. Um cheiro gostoso de café, pão, suco e croissant.

Roteiro de 6 dias no Atacama - onde tomar café em San Pedro de Atacama

Era tudo o que precisávamos. Essa é a Franchuteria, onde você vai tomar seu melhor café da manhã em San Pedro de Atacama. Pão quentinho, suco e café preparados na hora. É um afago ao estômago.

 Leia aqui Onde comer em San Pedro de Atacama.

Tarde

Depois do nosso brunch voltamos ao hotel para descansar. Sentíamos dificuldade para respirar e cansávamos rapidamente.

Tem gente que começa o roteiro no Atacama já no dia em que chega, mas nós não achamos uma boa ideia.

Fazia muito calor e ainda não tínhamos nos adaptado a altitude de San Pedro. Então ficamos organizando nossas coisas e descansamos um pouco. Saímos do hotel lá pelas 16h30, quando o dia já não estava tão quente e fomos conhecer a famosa rua Caracoles.

Rua Caracoles em San Pedro de Atacama

Resolvemos fazer um lanche, afinal almoçamos bem cedo. Difícil escolher onde comer, tem várias opções, mas optamos por um lugar muito bonitinho, a cafeteria O2 Salon de Té.

Depois continuamos andado pelas ruas. Vimos muitas agências de passeios para o deserto do Atacama e para o Salar do Uyuni. Assim como tinham vários restaurantes, lojinhas de lembrancinhas, lavanderias. Ou seja, tudo está nessa rua ou ao redor dela, então é melhor ficar hospedado perto dessa rua.

Noite

Como já estávamos na rua quando anoiteceu, resolvemos procurar um lugar para jantar e comemorar nossa chegada ao deserto do Atacama.

Escolhemos o restaurante Adobe. Ambiente bonito, comida boa e o preço na média dos restaurantes do Atacama. Só o atendimento que deixou a desejar.

Roteiro de 6 dias no Atacama - onde comer em San Pedro de Atacama

A volta para o hotel foi no escuro, acompanhados pela poeira que levantava depois que os carros passavam. Não é fácil, por isso repetidos, a melhor localização de San Pedro é perto da rua Caracoles. Usamos a luz dos celulares em alguns trechos para iluminar o caminho.

Fomos dormir ansiosos com os passeios que iríamos fazer no dia seguinte. Felizes de estar em um lugar que já queríamos conhecer a muitos anos.

Dia 2

Manhã

Nesse dia começou realmente o roteiro de viagem no Atacama. Começamos o dia super empolgados com passeio para as Lagunas Escondidas. Tomamos café da manhã no hotel e saímos às 8h00.

Roteiro de 6 dias no Atacama - passeio Lagunas Escondidas

No caminho paramos para tirar fotos em um ônibus abandonado. Se você ama tirar fotos, vale a pena parar aqui também. E depois passamos a manhã nas Lagunas Escondidas. Fizemos uma pequena caminhada para conhecer as 7 lagoas e tomamos banho na primeira.

 Para saber mais detalhes sobre esse passeio click nesse link Lagunas Escondidas de Baltinache.

Almoço

Nesse passeio a Araya Atacama serviu um coquetel, comidas e bebidas no fim do passeio. Então quando voltamos para San Pedro, não estávamos com muita fome e por causa do calorão decidimos não sair para procurar restaurante.

Roteiro de 6 dias no Atacama - onde comer barato em San Pedro de Atacama

Então pegamos uns lanches na Franchuteria, que era uma opção leve, gostosa e pertinho do hotel, e comemos no hotel mesmo.

Tarde

Quando o dia estava menos quente, lá pelas 16h saímos para conhecer o Valle de la Luna e o Valle de la Muerte. Os dois lugares ficam próximos a San Pedro de Atacama e são vendidos como um único pacote, pois ficam praticamente ao lado um do outro.

Visitamos primeiro o Valle de la Luna, onde fizemos pequenas caminhadas para apreciar a paisagem que lembra a lua. Entramos em uma caverna de sal e subimos em um mirante.

Roteiro de 6 dias no Atacama - passeio Vale da Lua

Depois fomos para o Valle de la Muerte. Aqui paramos em um mirante onde admiramos a paisagem ao pôr do sol e aproveitamos um coquetel.

 Os detalhes desse passeio você pode ler aqui Valle de la Luna e o Valle de la Muerte.

Noite

Chegamos cansados no hotel, loucos por um banho e um descanso e por isso acabamos nem saindo para jantar. Os primeiros dias são mais cansativos mesmo, por isso o melhor é fazer apenas um passeio por dia.

Dia 3

Manhã

O dia 3 do roteiro no Atacama foi mais tranquilo. Acordamos mais dispostos, o corpo começa a se acostumar com a altitude e o ar seco. Depois de tomar café da manhã, lá pelas 8h30 seguimos para as Termas de Puritama. Estávamos ansiosos para conhecer esse lugar.

Roteiro de 6 dias no Atacama - passeio termas de puritama

As termas são de água doce com temperatura entre 28ºC e 38ºC e ficam no meio de um cânion. É espetacular. Vale o alto preço que se paga pela entrada.

 Aqui nesse post contamos mais detalhes e tem mais fotos sobre as Termas de Puritama.

Almoço

Voltamos relaxados das termas e morrendo de fome. Aproveitamos pra levar algumas roupas à lavanderia e encontramos um restaurante que chamou nossa atenção, o La Casona.

Roteiro de 6 dias no Atacama - onde comer bem e barato em San Pedro de Atacama

Por fora parecia bonito e o preço parecia bom. Entramos e gostamos mais ainda, estava fresquinho lá no pátio externo do restaurante.

Tarde

Todos os passeios que fizemos a tarde saíram depois das 15h30 do hotel, pois antes não tem como, é muito quente. E nesse dia fomos conhecer a Laguna Cejar, Ojos del Salar e a Laguna Tebinquiche.

Roteiro de 6 dias no Atacama - passeio Laguna Cejar em San Pedro de Atacama

Na Laguna Cejar experimentamos mais uma vez a flutuação na lagoa Piedras. No Ojos del Salar só tiramos foto, mas se você quiser pode tomar banho também. Já na Laguna Tebinquiche é apenas para contemplação e o coquetel ao por do sol. São belas paisagens.

 Todas as dicas e mais fotos você encontra nesse link Laguna Cejar, Ojos del Salar e Tebinquiche.

Noite

Como o dia foi cheio de passeios e encerramos com um coquetel ao por do sol, decidimos não sair para jantar. Ficamos direto no hotel para descansar e organizar a mochila para amanhã.

Dia 4

Manhã

Esse negócio de dormir até tarde nas férias não rola no Atacama, os passeios são bem cedo. É melhor deixar pra dar uma cochilada depois do almoço. Mais um dia que saímos cedinho de San Pedro de Atacama, lá pelas 6h30, e subimos mais um pouco a altitude, 4.200m.

Fomos conhecer as Lagunas Altiplânicas, um passeio de contemplação e um pouco de caminhada. Belas paisagens, como todas que visitamos até agora.

Roteiro de 6 dias no Atacama - passeio Lagunas Altiplânicas em San Pedro de Atacama

Mas antes de chegar nas duas lagunas, fizemos algumas paradas pelo caminho e tomamos café da manhã de frente para uma outra laguna, a Tuyaito.

E na volta paramos em uma placa no meio da estrada indicando o Trópico de Capricórnio. Uma placa dessas no meio da estrada do Atacama, não tem como não parar para tirar foto, né.

Roteiro de 6 dias no Atacama - o que fazer em San Pedro de Atacama

 Confira mais fotos e informações no post sobre As belíssimas Lagunas Altiplânicas.

Almoço

O almoço estava incluso no passeio e foi no restaurante Bendito Desierto em San Pedro de Atacama. Provamos algumas das delícias locais, acho que comemos demais até, pois no fim estávamos morrendo de sono.

Roteiro de 6 dias no Atacama - opções de restaurantes econômicos em San Pedro de Atacama

Tarde

O guia da Araya Atacama nos deixou no hotel e aproveitamos para descansar. Saímos somente no fim do dia para buscar as roupas na lavanderia e andar mais um pouquinho pelo centrinho da cidade.

Noite

Escolhemos um restaurante que servia hambúrgueres e pizzas, mas demorou muito para trazerem os pedidos. Além disso, o atendimento foi ruim e a comida nem tava boa. El Toconar é o nome do restaurante, o único que não gostamos, os outros estavam todos muito bons.

Dia 5

Manhã

E pra fechar os passeios com a agência Araya Atacama, o passeio de hoje foi para o Salar de Tara. Saímos de São pedra lá pelas 07h30.

Roteiro 6 dias no atacama passeio Salar de tara

Foto blog Tá na Minha Rota

Foi o dia que pegamos temperaturas negativas no caminho, frio de bater o queixo mesmo. Paramos para um café da manhã em um mirante que tinha sol, para ajudar a aquecer um pouco. Dentro do carro é quentinho, mas quando saíamos era muito frio.

Passamos pelos incríveis Monjes de la Pacana, que são pedaços de rocha imensos e um deles parece um índio.

 Leia todas as dicas e veja mais fotos nesse post aqui melevadeleve.com/salar-de-tara-atacama

Almoço

Como o almoço estava incluso no valor do passeio, almoçamos no restaurante escolhido pela agência, que foi o mesmo do dia anterior o Bendito Desierto. Provamos alguns pratos diferentes e a comida estava muito boa.

E aquele sono após o almoço pegou a gente de novo. Fomos para o hotel descansar até umas 16h, quando o sol começa a ficar mais baixo e o calor a diminuir.

Tarde

Na rua ao lado do nosso hotel estava acontecendo uma feirinha com produtos locais e resolvemos espiar.

Fiquei louco com o pacotão de pipoca doce de canjita, sou viciada e estava super baratinho. E compramos toalha de mesa com aqueles desenhos típicos, mesmo que as agencias usam para servir o coquetel.

O preço estava bem melhor que os das feirinhas de artesanato perto da Caracoles, afinal parecia ser uma feira para os locais. Tinha muita barraca com produtos usados, roupas, calçados, comida, nada turístico.

Depois fomos para o centrinho e entramos em umas três feirinhas de artesanato. Tinham coisas lindas, algumas bem turísticas que se repetiam em quase todas as barraquinhas. Umas de boa qualidade e outras peças que claramente foram feitas na China.

O preço não é do mais baratos, tem coisas caríssimas, mas se olhar bem e negociar você consegue trazer presente pra todo mundo.

Aproveitamos para comprar as lembrancinhas para a família e algumas coisinhas para nós também, né. Pena que tem limite de peso para mala no avião né.

Noite

Nossa última noite no deserto e resolvemos ir em um bom restaurante e comer algo mais saudável. Andando pela rua encontramos o Tierra Todo Natural, o melhor restaurante comida natural de San Pedro.

Roteiro de 6 dias no Atacama - opções de restaurantes vegetarianos em San Pedro de Atacama

Comida leve, saborosa e pratos bem servidos, com em toda San Pedro. São especialistas em comida vegetariana, tem opções integrais, mas servem carne também.

E no caminho passamos na Babalu Heladeria. Não poderíamos ir embora do deserto sem provar os sabores diferentões dos sorvetes do Atacama, né. Vale a pena pela experiência de provar sabores exóticos.

Dia 6

Manhã

Essa manhã nos demos o luxo de dormir até mais tarde. Tomamos um café da manhã demorado, terminamos de fechar as malas e gravar o último vídeo contando como foram os dias no Atacama.

Falando nisso, se inscreva no nosso canal e ative as notificações, assim você ficará sabendo quando publicarmos novos vídeos.

Antes do meio dia, no horário combinado, a van para o aeroporto de Calama passou para nos buscar. E no caminho já batia a saudade do Atacama, lembrando dos lugares incríveis que visitamos nos últimos dias.

No aeroporto uma baita fila no check in, aparentemente faltando atendentes para atender o voo. A cia não tinha reservado os assentos que pagamos antecipadamente e, por conta disso, acabamos ganhando um upgrade. No fim deu tudo certo.

Almoço

Almoçamos em um restaurante dentro do aeroporto. Acho que foi um dos almoços mais simples e mais caros da viagem. Dois lanches e uma bebida que custaram 20.100 pesos chilenos. Um roubo.

Roteiro de 6 dias no Atacama - quanto custa comer no aeroporto de Calama

Tarde

Embarcamos com a Sky Airlines para Santiago. Poucas horas depois estávamos no nosso hotel na capital do Chile.

Esses foram os nossos passeios, num roteiro de 4 dias visitando as atrações e outros 2 dias de chegada e partida da cidade. Tem outros passeios que são imperdíveis, mas foi preciso escolher. O ideal seria ter mais uns 2 ou 3 dias para fazer um roteiro completo pelo Atacama, mas se você tiver menos tempo, também dá para conhecer bastante coisa legal.

Fica a dica para uma viagem mais leve.

  • Leia todas as dicas nos links desse post, pois escrevemos mais informações sobre cada um desses lugares.
  • Ficar hospedado próximo a Rua Caracoles facilita para fazer as refeições. Confira dicas de onde ficar em San Pedro de Atacama.
  • Faça suas reservas com antecedência (hotelcarropasseios e o seguro viagem), pois a cidade é turística e está sempre cheia.
  • Para conhecer o Atacama com calma, o ideal é um roteiro com apenas um passeio por dia.
  • Em San Pedro de Atacama é falado o idioma espanhol, mas a maioria entende e/ou fala português.
  • Aqui você encontra todas as nossas dicas sobre o Atacama.

Compre-nos um café 😉

Espero que você tenha curtido e aproveitado muito as dicas. Para escrever esse post especialmente para você que está planejando uma viagem ao Atacama, consumimos bastante café. Sim, bastante.

Então que tal se você fizer as suas reservas pelos nossos links? Assim, nós podemos continuar tomando café e escrevendo ainda mais 😉

Bjs e até a próxima,
Ju

 

Mais sobre o Atacama e o projeto De Leve na Rota no blog Tá Na Minha Rota. Siga também a tag #delevenarota no Instagram.

Roteiro de 6 dias pelo deserto do Atacama

Para salvar no Pinterest 😉

Posts relacionados

Julia Flores

Formada em Turismo e Hotelaria, com pós-graduação em Marketing Estratégico e experiência com marketing de destinos turísticos. Amo viajar, não pelos carimbos no passaporte ou pelas selfies, mas pelo o que as viagens me proporcionam. Gosto de praticar esportes, mas também adoro ficar de preguiça no sofá em dias frios ou chuvosos.

Deixe seu comentário