Conhecer o deserto do Atacama é o sonho de muitos e para realizar esse sonho é preciso planejamento. Não é só saber quanto custa viajar para o Atacama e o que tem para visitar, mas também saber o que levar na mala e os cuidados que você precisa ter com o corpo, a saúde.

Aqui nesse post você vai saber os gastos para viajar ao Atacama, mas leia também as outras dicas que escrevemos sobre essa viagem, para ficar bem preparado para encarar o mais alto e mais seco deserto do mundo.

Mas calma, não desanime. É só ler todas as nossas dicas para saber o que vai encontrar por lá. Assim a sua viagem vai ser tão incrível e sem imprevistos como foi a nossa.

E para começar bem o planejamento, leia esse post: Onde se hospedar em San Pedro de Atacama. Lá tem dicas valiosas para escolher o melhor hotel para você.

Quanto custa viajar para o Atacama

Não é barato viajar para San Pedro de Atacama, portanto prepare o seu bolso. Claro que você consegue fazer uma viagem econômica se ficar em hotéis mais simples e comer em restaurantes fora do centrinho, da rua caracoles.

Mas mesmo viajando barato, lembre que o Chile é um dos países mais caros da América do Sul, por isso você vai acabar gastando mais do que gastaria em outros destinos.

Apesar de estar no deserto, o destino também oferece conforto e luxo. Você vai encontrar opções de hotéis renomados e restaurantes conceituados.

Ou seja, tem opções para todos os gostos e bolsos.

A única coisa que, na nossa opinião, não vale economizar lá no Atacama são nos passeios. Cuidado com os muito baratos, você pode estar colocando a sua segurança em risco.

Quanto custa viajar para o Atacama

San Pedro não é um destino para ficar sem fazer nada, descansando. O ponto alto são os passeios, a grande atração dessa viagem é explorar o deserto do Atacama e ver as paisagens mais incríveis que talvez você já tenha visto.

Para saber quanto custa viajar para o Atacama, você precisa levar em consideração quanto custa para chegar em San Pedro de Atacama, que é a cidade base para os passeios, o seguro viagem, a hospedagem, a alimentação e os passeios. E lembre de levar um dinheiro extra para as lembrancinhas e outras despesas pessoais.

Quanto custa ir até San Pedro de Atacama

Tirando o caso de quem vai de carro ou moto, para chegar em San Pedro você tem as opções de avião, de ônibus ou de alugar carro em Santiago.

Do Brasil à San Pedro de Atacama de avião

O voo de São Paulo para Santiago custa em torno de R$ 800,00, com taxas (para saber o valor exato para a sua data de viagem, consulte aqui).

Com a Latam você consegue comprar o voo de São Paulo para Calama, com escala em Santiago. Não existe voo direto.

Se você já tem viagem para Santiago e quer esticar até o Atacama, o voo Santiago-Calama é com a Latam ou com a Sky Airline. Nós optamos pela segunda.

Esse voo custa em torno de R$ 250,00, com as taxas.

Em Calama você precisa pegar um transporte para chegar em San Pedro de Atacama. Nós pegamos o transfer coletivo que custou 20.000 pesos chilenos, ida e volta.

Você pode optar por alugar um carro, mas só vale a pena se você for fazer os passeio por conta e tiver mais pessoas para dividir as despesas. O aluguel vai sair em torno de R$ 200,00 por dia (confira o valor certinho da sua viagem e o tipo de carro que você prefere aqui).

De Santiago a San Pedro de carro

Uma outra opção, para quem tem mais tempo e quer aproveitar as paisagens pelo caminho, é alugar um carro no aeroporto de Santigo para ir até San Pedro de Atacama. Essa opção é para quem gosta de explorar e tem bastante tempo, pois a distância é de uns 1.600 km.

Nos disseram que o caminho é muito bonito, com algumas cidades bem legais pelo trajeto.

Para alugar um carro no aeroporto de Santiago, o custo é em torno de R$150,00 por dia mais o custo de combustível e pedágios. Dependendo do tipo de carro pode ser que o valor fique mais baixo ou bem mais caro.

Para calcular certinho o valor que você vai gastar com a diária do carro, consulte aqui com a data da sua viagem.

A gasolina custa em torno de 875 pesos chilenos por litro. E de pedágio, pelo que tínhamos pesquisado, dá em torno de 35.000 pesos chilenos.

De Santiago a San Pedro de ônibus

Encontramos apenas uma empresa de ônibus que faz o trajeto de Santiago a San Pedro de Atacama. Ela se chama Turbus e os preços variam de 54.200 a 129.600 pesos chilenos, dependendo do tipo de ônibus e do assento escolhido.

Tem outras empresas que fazem o trajeto de Santiago até Calama e então de Calama para San Pedro você terá que pegar outro ônibus ou um transfer.

Quanto custa o seguro viagem para o Atacama

Se você leu os outros posts que escrevemos sobre o Atacama, já sabe o quanto é importante fazer um seguro viagem para essa viagem.

Em San Pedro de Atacama não tem hospital, apenas postinhos de saúde. Então se você precisar de atendimento, talvez tenha que desembolsar uma bela grana, fora todo o transtorno. Por isso sempre contrate um seguro viagem.

2 dias de seguro custam a partir de R$ 22,00 e 6 dias fica a partir de R$ 80,00. Confira abaixo os tipos e preços de planos.

Quanto custa a hospedagem em San Pedro

Já escrevemos aqui no blog sobre onde ficar em San Pedro de Atacama, com dicas de melhor localização e hospedagens desde as mais econômicas até as mais luxuosas.

Nós visitamos o Atacama em março, então nessa época as opções de hospedagem custavam entre R$ 55,00 a R$ 5.800,00 a diária. Não ajudou muito né…

Para saber o valor da diária e reservar a sua hospedagem, consulte abaixo. É muito importante reservar rapidamente, pois as boas opções acabam rapidinho.



Booking.com

Quanto custa a alimentação em San Pedro de Atacama

O gasto com restaurante em San Pedro vai depender bastante de onde você vai ficar hospedado. Tem hotéis all inclusive, com ou sem café da manhã e meia pensão. Além disso, algumas agências incluem no passeio o café da manhã, almoço ou coquetel.

Café da manhã

No café da manhã você pode ir a uma cafeteria ou comprar os produtos num mercadinho. Nós testamos as duas formas.

Na cafeteria custou em torno de 5.000 pesos chilenos para cada. Comprando pão, geleia, manteiga e café no mercadinho, gastamos em torno de 2.000 pesos chilenos para dois. Baita diferença né.

Quanto custa viajar para o Atacama - Qual o preço dos restaurantes no Atacama

Almoço/Jantar

E para o almoço ou jantar tem opções baratas, com entrada e prato principal, por 3.000 pesos chilenos. Também tem opções de restaurantes bons com prato do dia em torno de 9.000 pesos chilenos. E os restaurantes mais requintados com opções de menu por 17.500.

Veja nesse post onde comer em San Pedro. Falamos sobre 10 opções de restaurantes.

Quanto custam os passeios no Atacama

As opções de passeios são praticamente as mesmas em todas as agências receptivas de San Pedro. Pelo menos os passeios clássicos do deserto todas elas oferecem.

O que vai mudar é a forma como você fará o passeio, que pode ser em grupos de 10 a 18 pessoas ou em carro privativo. E isso, claro, impacta diretamente no preço que você vai pagar.

Além do tamanho do grupo, o que pode deixar o passeio mais caro são o tipo de carro, se tem guias mais experientes e se os serviços são diferenciados, como roupões para visita nas lagoas e termas, ou coquetéis e almoços durante os passeios.

Vale conferir se a agência inclui ou não a taxa de entrada das atrações.

Quanto custa viajar para o Atacama - Quanto custam os passeios para o Atacama

Quanto custa cada passeio no Atacama

Nós fechamos todos os passeios com a Araya Atacama. Abaixo listamos os passeios clássicos do deserto, que foram os que escolhemos fazer. Os preços são por pessoa em pesos chilenos, em tour regular com até 10 pessoas.

Valle de la Luna e Valle de la Muerte = Passeio 25.000 + Entrada 4.000.

Lagunas Escondidas de Baltinache = Passeio 30.000 + Entrada 5.000.

Termas de Puritama = Passeio 35.000 + Entrada 15.000.

Laguna Cejar, Ojos del Salar e Laguna Tebinquiche = Passeio 30.000 + Entrada 17.000.

Lagunas Altiplânicas = Passeio 65.000 + Entrada 3.000.

Salar de Tara = Passeio 65.000 + Entrada gratuita.

Se você fizer todos esses passeios custará em torno de 250.000 pesos (mais ou menos R$ 1.430,00) + as entradas 44.000 pesos (em torno de R$ 252,00). Um total de R$ 1.682,00.

Se você optar por fazer em carro privativo, vai sair em torno de R$ 1.600,00 + as entradas em torno de R$ 252,00.

Para você escolher os passeios visite o site da Araya Atacama (www.arayaatacama.com). E para solicitar orçamento, entre em contato pelo e-mail contato@arayaatacama.com.

Então, quanto custa uma viagem para o deserto do Atacama?

Considerando uma viagem de 6 dias para o Atacama, sendo dois de deslocamento, você vai gastar em média (por pessoa) o seguinte:

Transporte (avião + transfer): R$ 1.050,00 + 20.000 pesos (R$ 115,00).

Seguro viagem:  R$ 80,00.

Hospedagem: R$ 1.200,00.

Alimentação: 120.000 pesos ( R$ 690,00)

Passeios e entradas: Passeios 250.000 pesos (R$ 1.430,00) + Entradas 44.000 pesos (R$ 253,00).

Somando tudo, essa viagem custaria em torno de R$ 4.818,00 por pessoa.

Claro que você pode gastar bem menos ou bem mais. Isso vai depender do tipo de viagem que você vai fazer, as escolhas de transporte, de seguro viagem, de hospedagem, de alimentação, de passeios e sem contar as comprinhas, sorvetes, bebidas e etc.

Então para calcular o valor aproximado, use os nossos links acima. E para saber se a sua forma de viajar é de gastos como os nossos, leia todos os posts que escrevemos.

Agradeça-nos com um café 😉

Curtiu e está aproveitando as nossas dicas? Para escrever esse post para você que está planejando uma viagem ao Atacama, consumimos bastante café. Sim, bastante.

Então te faço um convite para fazer as suas reservas pelos nossos links. Assim, nós podemos continuar tomando café e escrevendo ainda mais 😉

Bjs e até a próxima,
Ju

 

Mais sobre o Atacama e o projeto De Leve na Rota no blog Tá Na Minha Rota. Siga também a tag #delevenarota no Instagram.

 

Para salvar no Pinterest 😉

Posts relacionados

Julia Flores

Formada em Turismo e Hotelaria, com pós-graduação em Marketing Estratégico e experiência com marketing de destinos turísticos. Amo viajar, não pelos carimbos no passaporte ou pelas selfies, mas pelo o que as viagens me proporcionam. Gosto de praticar esportes, mas também adoro ficar de preguiça no sofá em dias frios ou chuvosos.

Deixe seu comentário