As cores do El Caminito e a paixão por futebol na La Bombonera

El Caminito tem o colorido que encanta os olhos, a música que alegra o coração e a agitação típica de famosos atrativos turísticos. Já o estádio da Bombonera é paixão e emoção, é energia pulsante que contagia até quem não entende muito de futebol.

Eles estão muito próximos um do outro, no bairro La Boca. São quatro quarteirões de distância, que nos levam das cores portenhas à paixão por futebol, duas amostras bem marcantes de Buenos Aires.

Escolha e reserve hotel em Buenos Aires ou Airbnb. Aqui você pode comparar as locadoras para aluguel de carro e aqui você encontra comparação de todos os seguros viagem internacional com 5% de desconto.

El Caminito Buenos Aires

Nós já visitamos esses dois lugares antes, isso já faz uns sete anos, mas agora tudo parecia diferente. O Caminito e a Bombonera agora aparentam estar mais jovens, o tempo fez bem a eles.

Deram uma embelezada, ficaram ainda mais populares, um pouco mais exibidos e, para alguns (que se dizem viajantes e não turistas), talvez até menos simpáticos.

A história do El Caminito

A Rua Caminito e o estádio La Bombonera, do time Boca Juniors, estão no bairro La Boca. Desde 1536 essa área era utilizada pelos espanhóis para consertar seus navios, já que era um porto natural e muitos imigrantes chegavam por ali.

El Caminito Buenos Aires

A maioria dessas pessoas que ali chegavam eram italianos, não tinham muitas condições financeiras e acabavam ficando neste local.

Mesmo sendo uma área degradada e com frequentes inundações, o Caminito oferecia para essas pessoas uma oportunidade de trabalho na indústria de navios.

Leia também: Onde comer em Buenos Aires, Passeio pela história do Tango, Tour guiado na Casa Rosada, Principais pontos turísticos de Buenos Aires e Onde ficar em Buenos Aires – Hotel Esplendor.

El Caminito Buenos Aires
Foto do arquivo histórico

E ali na rua Caminito, por ser próximo das oficinas de navios, esses trabalhadores construíram suas moradias com madeiras e chapas de aço que sobravam dos navios. Pintavam suas casas também com o resto das tintas, é por isso que as casas eram pintadas com várias cores. Essa característica foi mantida até hoje.

Vê-se pelas fotos históricas exibidas em alguns pontos do Caminito que as condições de vida não eram as mais apropriadas. Mas aos poucos o bairro La Boca foi ganhando a forma como conhecemos hoje, com clubes esportivos e culturais.

E assim também surgiram músicos, políticos, poetas e outros tantos que influenciaram na história e cultura portenha.

El Caminito Buenos Aires

Um dos artistas foi muito importante para o bairro e principalmente para a rua Caminito, o pintor Benedito Quinquela Martín. Foi ele o responsável por transformar El Caminito (que era um local feio, sujo e considerado hostil) em atrativo turístico, que hoje é visitado por pessoas do mundo todo.

Então Quinquela, com a ajuda de outros artistas, acrescentou ainda mais cores, mosaicos e murais nessas casas, transformando essa rua em o que muitos chamam de museu a céu aberto.

El Caminito

O nome da rua Caminito, é uma homenagem ao nome de uma canção de tango, composta em 1926 por Juan de Dios Filiberto.

O Caminito é um lugar muito colorido, com artistas pelas ruas que dançam tango, pintam seus quadros e tocam suas músicas. Tudo claramente muito turístico, mas ainda assim muito interessante.

Também tem vários restaurantes, cafés, lojas de souvenires, casacos de couro, chapéus, alfajores, vinhos e tantas outras opões que lugares turísticos oferecem aos seus visitantes.

O comércio turístico também se espalha pelas ruas do entorno, e lá fala-se também português sem sotaque nem enrolación. Há muitos brasileiros trabalhando no comércio.

Além de fazer compras, você pode visitar algumas casas típicas bem coloridas que são conhecidas também como conventillos.

Essas casas foram transformadas em lojas de souvenirs e atelier de artistas locais. É uma explosão de cores!

El Caminito Buenos Aires

Apesar de ser um local turístico, não é completamente seguro andar pelo bairro La Boca.

A rua Caminito e o trajeto até a Bombonera são considerados seguros durante o dia, pois têm policiamento reforçado. Mas fora dessa rota, dizem que é perigoso, ainda mais a noite.

La Bombonera

La Bombonera é o nome do estádio de futebol do Boca Juniors. Esse estádio foi inaugurado em 1940 e é destaque pela sua arquitetura, que tem o formato de uma caixa de bombom. Por isso o nome bombonera.

La Bombonera

O seu formato mais vertical permite que os torcedores fiquem muito próximos ao campo e dos jogadores, e como a sua capacidade é de 49 mil torcedores, a pressão que a torcida faz no time adversário é impressionante. A torcida joga junto com o time.

La Bombonera

Mesmo se não for dia de jogo você ainda pode sentir um pouco da emoção dos jogos na Bombonera, visitando o Museu de la Pasión Boquense, que é o museu do Boca Juniors. Ele fica anexo ao estádio e a entrada fica do lado direito da bilheteria.

La Bombonera

Também tem a opção de fazer um combinado, visitar o museu e uma visita rápida ao estádio, ou ainda, visitar o museu e fazer um tour mais demorado pelo estádio. Cada opção tem um preço diferente e as visitas ao estádio são de hora em hora, das 11h às 17h. Porém, em dia de jogo as visitas são suspensas.

Vale a pena visitar?

Vale a pena essa experiência, tanto no El Caminito quanto no estádio La Bombonera. Se o seu tempo for curto, pelo menos visite El Caminito.

El Caminito Buenos Aires

Muita gente diz que El Caminito não é um atrativo imperdível de Buenos Aires, que não tem nada de mais e é melhor usar o tempo para visitar outros pontos turísticos da cidade. Mas convenhamos, o lugar é simpático e colorido, então, por que não visitar?

Por ser visitado por muitos turistas, há bastante artistas de rua, principalmente dançarinos de tango e sósias do Maradona, abordando você para tirar uma foto (e cobrar pelo clique).

E também garçons te chamando para o restaurante, entregando panfletos com promoções. Alguns chegam a ser chatos, mas é só relaxar e não deixar que isso estrague o seu passeio. Tirando isso, não vemos nada negativo nesse lugar.

Se você não gosta de muvuca, evite os finais de semana e feriados. Mas se não tiver jeito, programe-se para ir no primeiro horário do dia, já que geralmente é mais tranquilo.

El Caminito

Onde: Rua Caminito, La Boca – Buenos Aires
Quando: Todos os dias, das 11h às 18h no inverno e das 11h às 20h no verão.
Como chegar: De ônibus, linhas 20, 29, 33, 53 e 64.
Duração: aproximadamente 1 hora.
Ingressos: Gratuito.
Mais informações: www.turismo.buenosaires.gob.ar

La Bombonera

Onde: Rua Brandsen, 805, La Boca – Buenos Aires
Quando: Todos os dias, das 10h às 18h.
Como chegar: De ônibus: linhas 22, 24, 25, 29, 39, 46, 53, 64, 70, 86, 152 e 168 (em negrito as linhas que param na frente do estádio).
Duração: aproximadamente 1h30.
Ingressos: Museu: 140 pesos. Visita ao estádio e museu: 160 pesos. Tour completo pelo estádio e museu: 180 pesos.
Onde comprar os ingressos: Na entrada do museu junto ao estádio.
Mais informações: www.museoboquense.com

Para planejar o seu roteiro na Argentina, leia os outros posts aqui e veja aqui o nosso roteiro de 7 dias em Buenos Aires. Para saber onde ficar, veja as opções de onde se hospedar em Buenos Aires. Os passeios, as atividades imperdíveis na cidade e os transfers do/para o aeroporto você encontra aqui.

Veja mais sobre o assunto navegando pela categoria

Julia Flores

Julia Flores

Formada em Turismo e Hotelaria, com pós-graduação em Marketing Estratégico e experiência com marketing de destinos turísticos. Amo viajar, não pelos carimbos no passaporte ou pelas selfies, mas pelo o que as viagens me proporcionam. Gosto de praticar esportes, mas também adoro ficar de preguiça no sofá em dias frios ou chuvosos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *