Visita guiada à Casa Rosada em Buenos Aires

A Casa Rosada com certeza é um dos principais pontos turísticos de Buenos Aires. Dá pra perceber pela quantidade de turistas que vão lá na frente para tirar fotos.

Mas você sabia que também é possível visitar a parte interna aos finais de semana? Sim, e nesse post vamos te contar o que você precisa fazer para visitar a Casa Rosada e também como foi a nossa experiência.

Escolha e reserve hotel em Buenos Aires ou Airbnb. Aqui você pode comparar as locadoras para aluguel de carro e aqui você encontra comparação de todos os seguros viagem internacional com 5% de desconto.

Visita guiada à Casa Rosada em Buenos Aires

Mas antes, deixa eu te contar o que é esse lugar e um pouco da sua história.

O que é a Casa Rosada?

A Casa Rosada é a sede do Poder Executivo do governo nacional da Argentina. Ou seja, é de onde o presidente em exercício administra o país.

Instalada na capital, Buenos Aires, fica bem em frente a famosa Plaza de Mayo.

Casa Rosada em Buenos Aires

Seu destaque mundial deu-se principalmente pelas grandes manifestações políticas que ali ocorreram. E também por ser cenário de alguns filmes como “Evita”, que teve no elenco a cantora Madonna interpretando Eva Perón, a personagem principal.

A história da Casa Rosada

O forte

A sua história começa em 1580 quando Juan de Garay, aqui mesmo, declarou a fundação da cidade de Buenos Aires. Então este local recebeu sua primeira construção, que foi um forte para proteger a cidade.

Primeiro foi construída a base do forte e mais tarde uma nova construção, com torres e ambiente propício para melhor observação.

Visita guiada à Casa Rosada

A aduana

Aproximadamente 300 anos depois foi construída uma área para a aduana.

Para aproveitar as paredes de trás do forte, o prédio da aduana foi construído em formato de semicírculo.

E este era o lugar onde se fazia o carregamento e descarregamento de mercadorias.

Depois de quase 40 anos o prédio da aduana foi destruído, menos a sua base, que ficou enterrada na área que hoje é a Plaza Colón.

A sede do governo nacional

Em 1862 o espaço foi ocupado como sede do governo nacional. E em 1873, foi construída ao lado do forte, uma sede para o correio.

Mas o prédio do correio ficou muito bonito e chamava mais atenção que o prédio do governo. Então o presidente mandou destruir o forte e construir outro prédio nos mesmos moldes da sede do correio.

Alguns anos depois, por questões de necessidade de espaço e por questões de aparência, o governo decidiu ocupar a área que era a sede do correio e unir os dois prédios.

Leia também: Onde comer em Buenos Aires, Passeio pela história do Tango, Jardim Japonês de Buenos Aires,  Principais pontos turísticos de Buenos Aires e Onde ficar em Buenos Aires – Hotel Esplendor.

Visita guiada em Buenos Aires

Para isso, foi construído no meio um grande arco para ser a entrada principal e acima um ambiente que conecta as duas construções.

Essa estrutura atual foi finalizada em 1898. O então presidente Sarmiento decidiu deixar o lugar mais agradável, para isso pediu que fossem feitos jardins. Por fim, para ficar mais bonita, a casa foi pintada na cor rosada.

E a partir de então, a casa do governo passou a ser conhecida como Casa Rosada.

Muitas versões sobre a história da cor escolhida são contadas, mas nunca foram comprovadas.

Visita guiada na Casa Rosada

A visita guiada na Casa Rosada é realizada somente aos finais de semana e feriados. Todas as visitas são guiadas por um funcionário do governo e é obrigatório fazer o agendamento pelo site da Casa Rosada, nesse link aqui.

Visita guiada à Casa Rosada

No site diz que a reserva deve ser feita com até 15 dias de antecedência, mas você consegue até um dia antes se tiver horário disponível no site.

Então mesmo que já tenha passado esse prazo, não desista, tente fazer o agendamento na data que você deseja e aguarde a confirmação por e-mail. Não custa tentar, não é mesmo.

Visita guiada à Casa Rosada em Buenos Aires

Para nós deu certo, fizemos o agendamento uma semana antes, tivemos que preencher um cadastro e depois recebemos a confirmação por e-mail.

Como é a visita guiada na Casa Rosada

No dia da visita, chegamos 20 minutos antes, conforme solicitado.

Esperamos em uma pequena fila e na hora de entrar, foi preciso apresentar o comprovante que recebemos por e-mail e o passaporte. Tivemos que passar por equipamentos de raio-x, igualzinho do aeroporto.

Visita guiada à Casa Rosada

E então recebemos cordões de crachá na cor laranja, para a guia identificar que fazíamos parte do grupo dessa cor. Nosso grupo tinha umas 20 pessoas.

Casa Rosada em Buenos Aires

Andamos por quase todas as áreas da Casa Rosada, as que são permitidas é claro, enquanto a guia nos contava as histórias de cada cantinho.

Em alguns momentos tivemos que esperar o grupo que estava na nossa frente passar para seguirmos adiante. Tem grupos a cada 15 minutos.

São várias salas com muita história e uma mais linda que a outra.

Visita guiada à Casa Rosada

Para quem assistiu o filme “Evita”, o grande momento é passar pelo balcão que fica de frente para a Plaza de Mayo.

Mas nossa guia nos disse que depende muito do clima, se estiver um dia chuvoso, os balcões não são abertos para os visitantes.

E também nos disse que o balcão famoso, é o central, em cima do arco da entrada principal, mas esse não é permitido visitar.

Leia também: Onde ficar em Buenos Aires – Vista Sol, RH Luxor, Dazzler San Telmo, Esplendor Palermo Soho.

O único permitido é o da lateral. Para nossa sorte, no dia em que visitamos os balcões estavam abertos e pudemos dar um tchauzinho para os turistas que estavam em frente a Casa Rosada.

Casa Rosada em Buenos Aires

Todas as explicações são em espanhol, apenas o grupo das 14h30 é em inglês. E tem duração aproximada de uma hora.

Vale a pena fazer o tour guiado da Casa Rosada?

Vale sim a pena fazer o tour, não só pelo seu valor histórico e político, mas também pela beleza do lugar.

A Casa Rosada é um ícone da Argentina e você tem a oportunidade de visitar gratuitamente e ainda por cima com explicações de um guia.

Casa Rosada em Buenos Aires

Casa Rosada

Onde: Rua Balcarce, 50 – Plaza de Mayo – Buenos Aires – Argentina.
Quando: Sábados, domingos e feriados das 10h às 18h
Como chegar:
De ônibus: linhas 7, 8, 28, 61, 64, 86, 93, 105, 126, 130, 143, 152, 159 e 195.
De metrô: Linha azul A –  estação Plaza de Mayo, Linha verde D – estação Catedral ou Linha roxa E – estação Bolívar.
Duração: aproximadamente 1 hora.
Ingressos: gratuito.
Onde agendar a visita: somente pelo site oficial.
Mais informações: www.visitas.casarosada.gob.ar

Para planejar o seu roteiro na Argentina, leia os outros posts aqui e veja aqui o nosso roteiro de 7 dias em Buenos Aires. Para saber onde ficar, veja as opções de onde se hospedar em Buenos Aires. Os passeios, as atividades imperdíveis na cidade e os transfers do/para o aeroporto você encontra aqui.

Compartilhe
Julia Flores

Julia Flores

Formada em Turismo e Hotelaria, com pós-graduação em Marketing Estratégico e experiência com marketing de destinos turísticos. Amo viajar, não pelos carimbos no passaporte ou pelas selfies, mas pelo o que as viagens me proporcionam. Gosto de praticar esportes, mas também adoro ficar de preguiça no sofá em dias frios ou chuvosos.

Deixe seu comentário