Doblò Home à venda (Doblò Motorhome - Doblò Campervan - Doblò Camper)

A história do tango em Buenos Aires em uma visita guiada

Difícil não falar sobre o tango quando falamos de Buenos Aires, não é mesmo? Afinal de contas, ele nasceu nos subúrbios de Buenos Aires e é um clássico dos atrativos da cidade.

Por isso, assistir a um show de tango ‘para turistas’ ou então tirar uma foto com algum dos vários artistas que ficam no Caminito, não pareceram ser o suficiente para nós.

Escolha e reserve hotel em Buenos Aires ou Airbnb. Aqui você pode comparar as locadoras para aluguel de carro e aqui você encontra comparação de todos os seguros viagem internacional com 5% de desconto.

Fomos atrás de uma visita guiada para conhecer mais sobre a história da música e dança que representa Buenos Aires mundo afora.

A história do tango em Buenos Aires em uma visita guiada

A história do tango

Sabe-se que o tango surgiu em meados de 1880, nos subúrbios de Buenos Aires. É uma mistura de vários ritmos de culturas distintas encontradas na região do Mar del Plata, entre eles africanos, europeus, latino americanos e indígenas.

A história do tango em Buenos Aires

A principio a dança era considerada vulgar, por ser muito sensual, e somente era realizada nos bordéis. Alguns anos mais tarde, Carlos Gardel introduziu canções no tango, que até então era apenas instrumental. E o tango foi sofrendo algumas modificações até o que conhecemos hoje.

Aos poucos o tango foi sendo aceito nas festas da alta sociedade portenha, mas lá pelos anos de 1960, o tango perdeu sua força para outros ritmos músicas.

Buenos Aires em uma visita guiada

Ficou alguns anos com menos holofotes e em 1980 ganhou força novamente por causa de um espetáculo chamado Tango Argentino, que foi apresentado em Paris e depois na Broadway, Nova York. Isso gerou uma febre mundial de procura por academias e casas de dança para aprender a dança.

A história do tango em Buenos Aires   A história do tango em uma visita guiada

O governo de Buenos Aires aproveitou o momento e investiu na promoção turística da cidade como a Capital do Tango. E com isso, foram resgatados diversos atrativos, cafés, restaurantes e outros estabelecimentos relacionados ao ritmo.

A visita guiada

Chegamos 10 minutos antes de começar a visita, conforme solicitado no site oficial. E lá no ponto de encontro já estava o guia, com o casaco amarelo do governo de turismo de Buenos Aires e devidamente identificado com o crachá, assim como na visita guiada da Plaza de Mayo.

Buenos Aires em uma visita guiada

Aguardamos alguns minutos antes de começar, para dar tempo dos atrasadinhos chegarem e  não perderem a explicação. Enquanto isso ele foi perguntando de onde era cada um do grupo, para nossa surpresa tinha gente de todos canto, mas a maioria do Brasil.

O nosso guia se chamava Juan e começou explicando um pouco sobre o antigo mercado abasto, que agora é um shopping.

Leia também: Onde comer em Buenos Aires, Tour guiado na Casa Rosada, Principais pontos turísticos de Buenos Aires e Onde ficar em Buenos Aires – Hotel Esplendor.

A história do tango  A história do tango em Buenos Aires

Fomos andando pela Pasaje Carlos Gardel, onde tem alguns monumentos em homenagem aos grandes nomes do tango argentino. Fomos passando pelos monumentos e descobrindo a importância de cada um para  a história do tango.

E então para encerrar, fomos até a casa que foi de Carlos Gardel, onde hoje funciona um museu que conta toda sua história.

A história do tango em Buenos Aires em uma visita guiada

Pagamos 5 pesos para entrar. Depois de um tour guiado pela casa, ficamos livres para continuar no museu e acompanhar uma aula de tango.

A história do tango em Buenos Aires

Essa visita ao museu não é obrigatória no roteiro da história do tango, mas é a “cereja do bolo”.

Como fazer a visita Guiada

Para fazer essa visita, não precisa pré-agendar. Basta aparacer no dia e horário indicado no site oficial e procurar pelo guia do governo de Buenos Aires, que vai estar com um casaco ou camiseta amarela.

Buenos Aires em uma visita guiada

Confira mais informações no final deste artigo.

Vale a pena?

Vale a pena se você gosta de tango ou tem interesse pela história de Buenos Aires. Se você não gosta de ficar ouvindo explicações e histórias sobre lugares, se você prefere algo mais interativo, então talvez você não vá gostar desse passeio.

Importante saber:

Onde: Esquina da rua Dr. Tomás Manuel de Anchorena e Pasaje Carlos Gardel, Balvanera – Buenos Aires – Argentina.
Quando: Todos os sábados, as  11h00 (em inglês) e as 15h00 (em espanhol).
Como chegar:
De ônibus: linhas 24, 26, 71, 124, 146, 168 e 180.
De metro: Linha vermelha B –  estação Carlos Gardel (andar 2 quarterões).
Duração: aproximadamente 1h30.
Ingressos: Gratuito. Não precisa fazer inscrição prévia.
Nome da visita guiada: Tango y Abasto.
Mais informações: www.turismo.buenosaires.gob.ar

Para planejar o seu roteiro na Argentina, leia os outros posts aqui e veja aqui o nosso roteiro de 7 dias em Buenos Aires. Para saber onde ficar, veja as opções de onde ficar em Buenos Aires. Os passeios, as atividades imperdíveis na cidade e os transfers do/para o aeroporto você encontra aqui.

Compartilhe
Doblò Home à venda (Doblò Motorhome - Doblò Campervan - Doblò Camper)
Julia Flores

Julia Flores

Formada em Turismo e Hotelaria, com pós-graduação em Marketing Estratégico e experiência com marketing de destinos turísticos. Amo viajar, não pelos carimbos no passaporte ou pelas selfies, mas pelo o que as viagens me proporcionam. Gosto de praticar esportes, mas também adoro ficar de preguiça no sofá em dias frios ou chuvosos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *