Dia 55 – Os templos de Ayutthaya

Hoje foi dia de visitar os templos de Ayutthaya, e gente, eles são impressionantes. Mas antes de falar deles, deixa eu falar um pouco sobre o hotel P.U. Guesthouse.

P.U. Guest House

Ele é cheio de regras exageradamente chatas. Se deixar a janela aberta ao sair, chover e molhar o quarto, tem que pagar multa. Se sujar demais o lençol tem que pagar multa. Se sair e esquecer o ventilador ligado ou a água da torneira correndo tem que pagar multa. Multa, multa, multa…

Como se locomover em Ayutthaya

Alugamos bicicletas e saímos para explorar a cidade de Ayutthaya, que é bem plana e de fácil locomoção.

Paramos em uma loja de conveniência para tomar café da manhã, pois no hotel era muito caro e a gente estava quase sem dinheiro.

O trânsito no centro da cidade de Ayutthaya é muito confuso, muito bagunçado. Demoramos um tempão para sair do centro, em toda esquina a gente ficava um tempão esperando a hora certa de atravessar a rua.

Veja aqui onde ficar em Ayutthaya ou reserve pelo Airbnb e ganhe crédito de R$100,00.

Começando a conhecer os templos de Ayutthaya

Ayutthaya foi fundada em 1350 pelo rei U-Thong e foi a capital do Siam durante o reinado de 33 reis. Na sua época de ouro, a cidade foi uma das mais prósperas da Ásia.

A sociedade de Ayutthaya teve grande influência no modo de vida dos tailandeses, assim como existe hoje.

Wat Phanan Choeng

Visitamos a Wat Phanan Choeng que fica do outro lado do rio Pa Sak. Esse templo foi construído há mais de 600 anos. O Grande Buda estava sendo restaurado e não conseguimos vê-lo.

Aliás, aqui na Tailândia parece que agosto é o mês das reformas nos atrativos. Visitamos uns 5 que estavam sendo restaurados.

Wat Phra Si Sanphet

Continuamos a pedalar e chegamos no Wat Phra Si Sanphet (que faz parte do Parque Arqueológico de Ayutthaya), um dos principais templos, entre os muitos da cidade reconhecidos como Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Viaje tranquilo para a Tailândia com seguro viagem internacional, ganhando 5% de desconto.

No mesmo complexo ficava o Grand Palace, que durante muitos anos foi um dos maiores de toda a Ásia.

Infelizmente o templo e o palácio foram incendiados quando o reino foi invadido e todas as imagens de Buda tiveram as cabeças cortadas.

Observando as ruínas é possível imaginar a grandiosidade que foi Ayutthaya em seu período de ouro.

Wat Mahathat

Pedalamos até as ruínas do Wat Mahathat, onde aconteciam os rituais reais. Chegamos na hora exata, quando um grupo de jovens monges estavam entrando no templo, perfeito para fotografar e filmar. parecia cena de filme.

Aqui, uma cabeça de Buda foi coberta pelas raízes de uma árvore muito antiga.

Pedala, pedala

Hoje é domingo e não encontramos nenhum lugar que troca traveller cheques aqui no centro. Por isso pedalamos muuuuuuuito até um shopping que fica na rodovia que vai a Bangkok.

A mulher do posto de informações turísticas disse que era pertinho e que de bicicleta seria fácil. Pelo menos trocamos, caso contrário, teríamos que economizar até amanhã.

Na volta vimos uma placa que dizia 7 km até o centro. Vixi, pedalamos 14km no total mais as pedaladas dos passeios.

Íamos ver o pôr-do-sol no Wat Chaiwatthanaram, mas a pedalada de hoje acabou com a gente… Vamos ter que ficar um dia a mais por aqui.

A pedalada até o shopping foi em vão, pois a gente podia ter visitado o templo no pôr-do-sol e deixado para trocar amanhã os traveller cheques se soubéssemos que eram 7 km até lá…

Para planejar o seu roteiro na Tailândia, leia os outros posts aqui e para saber onde ficar, veja onde se hospedar em Ayutthaya. Os passeios até o mercado flutuante pode ser feito desde Bangkok, veja aqui.

Compartilhe
Douglas e Julia

Douglas e Julia

Bio de casal? Como assim? É que alguns textos foram escritos juntos, então aqui estamos nós. Julia é gaúcha que solta uns 'ô meu' e Douglas é paulista que manda uns 'bah tchê'. São formados em Turismo e Hotelaria com especialização em Marketing, amam viajar e criaram esse blog em 2005. Já viu, né, viagem é o assunto principal deles.

4 comentários em “Dia 55 – Os templos de Ayutthaya

  • Avatar
    04/09/2007 em 16:58
    Permalink

    Ju e Douglas esta sendo muito bom acompanhar esta viagem com voces….bjssssssss

    Resposta
  • Avatar
    05/09/2007 em 07:30
    Permalink

    caraca, pedalaram td isso! vcs devem estar exaustos, mas falem a verdade! vale a
    pena!!! todo esse aprendizado!!! abraços

    Resposta

Deixe seu comentário