Dias 19 a 22 – Doentes no paraíso de Gili Meno

Dá para acreditar? Com tanta coisa legal para fazer no paraíso de Gili Meno, fiquei doente!

Desde o dia que saímos de Bali eu não estava muito bem, mas hoje fiquei ruim de verdade. 38 graus de febre e dor de cabeça forte. Além disso uma virose das brabas, provavelmente daquele restaurante sujo de Bali…

Por isso o roteiro de viagem nas Ilhas Gili sofreu uma mudança repentina. Estava programado fazer snorkeling em Gili Meno para ver tartarugas marinhas em seu habitat natural, mas não fizemos nada nesses 4 dias.

Veja aqui onde se hospedar em Gili Meno ou reserve pelo Airbnb e ganhe crédito de R$100,00.

Descanso total no paraíso de Gili Meno

Então ficamos mais é deitados na cama, no sofá da varanda ou nos quiosques. O bom é que de qualquer lugar dava para ver o mar.

Jogamos muito Triominó, que é um dominó em forma de triângulo. Nunca vimos esse jogo e é bem mais desafiador.

Andamos um pouco ao redor da nossa pousada, até o centrinho da vila, mas não chegamos a dar outra volta na ilha.

Tudo parece que cansa mais nesse lugar. Dá uma preguiça…

‘Mini Dragão de Komodo’

No primeiro dia apareceu uma lagartixa gigante, gigante mesmo. A Jú pensou que era um lagarto, um filhote de Dragão de Komodo, sei lá. O bicho tinha uns 2 palmos de comprimento, andava igual a um jacaré e fazia um barulho muito alto. Depois disso a Jú passou a me acordar de madrugada pra eu verificar o banheiro antes de ela ir…

Não fizemos nada por causa da minha febre, mas aqui é um ótimo lugar para snorkeling. Tem muitos corais e um local cheio de tartarugas marinhas. A decoração de praticamente tudo remete à vida subaquática.

De noite ficávamos conversando com o Gede e a Jasmina, os donos dos bangalôs Biru Meno. O Gede é balinês e a Jasmina é austríaca de Viena. Ela conheceu o Gede quando viajava por aqui e resolveu largar a Europa para trás.

Mostramos algumas músicas do Brasil. Eles gostaram muito do ritmo e da nossa língua, e até deixaram tocando no restaurante da pousada.

O nascer do sol em Gili Meno é maravilhoso. Lindo demais, o mar transparente, com o céu colorido atrás de Lombok, os barquinhos passando lentamente, aquele ventinho gostoso…

Sim, sim, sim

Fui até o wartel para telefonar e marcar a data de volta com a empresa de traslados. Liguei na empresa, mas deu secretária eletrônica 2 vezes. O cara do wartel viu que eu não tinha conseguido e veio ajudar.

Ele ligou para o outro número, falou algo em Bahasa Indonesia e passou o telefone para mim.
– Alô
– Sim
– Eu gostaria de marcar a data de volta para Bali
– Sim
– Depois de amanhã. Está bem?
– Sim
– Saindo de Gili Meno
– Sim
– Duas pessoas
– Sim

Desconfiei que a mulher não estava me entendendo.

– Que horas sai o barco?
– Sim
– Qual é o seu nome?
– Sim
– Você está me entendendo?
– Sim

Desisti. Falei para o cara do Wartel que ela não estava me entendendo, ele falou com a mulher e depois me disse que aquele telefone era residencial e que a empresa já estava fechada hoje. Deixei pra ligar no outro dia…

Dormimos ao som das ondas. A lua iluminava tudo, tanto que nem tem iluminação fora dos bangalôs…

Descobrimos que a dor de cabeça era por culpa do reflexo do sol na areia branca. Ta doido, não posso nem ir para o paraíso que já fico ruim!!

E assim foram os nossos dias em Gili Meno.

Para planejar a sua viagem a Gili Meno, veja aqui as opções de hospedagem da ilha. Tem de pousadas a partir de USD 8,00! E também tem esse post aqui que ensina certinho como chegar as ilhas Gili de ferry e de speed boat, além de como ir de uma ilha a outra. Para planejar a sua viagem em Bali, leia os outros posts da Indonésia aqui. As atividades e tours em Gili você encontra aqui.

Veja mais sobre o assunto navegando pela categoria

Douglas e Julia

Douglas e Julia

Bio de casal? Como assim? É que alguns textos foram escritos juntos, então aqui estamos nós. Julia é gaúcha que solta uns 'ô meu' e Douglas é paulista que manda uns 'bah tchê'. São formados em Turismo e Hotelaria com especialização em Marketing, amam viajar e criaram esse blog em 2005. Já viu, né, viagem é o assunto principal deles.

10 comentários em “Dias 19 a 22 – Doentes no paraíso de Gili Meno

  • Avatar
    09/08/2007 em 13:59
    Permalink

    Oi, depois de tantos anos de trabalho duro,vai ver que o seu organismo esta
    estranhando mesmo rsrsrssr.Abraçosssss

    Resposta
  • Avatar
    07/09/2007 em 23:38
    Permalink

    Jú, essa foto me deixou toda arrepiada.… vou eleg^e-la a mais bela da viagem!bju
    Dete

    Resposta
  • Avatar
    13/09/2007 em 18:58
    Permalink

    Oie pai
    hahahahao organismo estranha mesmo…bjoooooooo

    Resposta
  • Avatar
    13/09/2007 em 18:59
    Permalink

    Oi Dete
    Nossa, esse dia foi inesquecivel…A foto nem esta mexida no computador
    hehehe nem precisa!!!bjoooooooo

    Resposta
  • Avatar
    19/08/2012 em 06:00
    Permalink

    Hahahahahahah essa largatixa gigante se chama tokek…eu tenho pavor dela…e por mto tempo ela entrava aqui em casa direto- nao gosto nem de lembrar… e eu perdia o sono, pq ela grita mto alto mesmo……mas sabe q no Camboja tem mta mais?? Fui num banheiro e qdo entrei a cabeca dela estava p baixo me olhando e eu sai correndo de desespero….ai q terror essa tokek as vezes ainda sonho com ela…

    Resposta
    • Avatar
      20/08/2012 em 16:17
      Permalink

      Torek, não sei porque mas é um nome bem apropriado para ele hahaha
      No Camboja a gente viu poucas vezes, mas lembro que tinha uns grandes também.
      Mas ele é bonzinho né? Será que precisa ter medo?

      Resposta
    • Avatar
      21/08/2012 em 05:46
      Permalink

      Olha eu tenho tanto pavor de tokek q na vdd eu nao gosto nem de ver em foto!! ainda mais pq entrava em casa direto…tenho medo mesmo…mas se eles sao bonzinhos eu nao sei…aqui eles dizem q morde…deve mesmo morder, eu nunca nem chego perto rsrsrs, uma vez meu marido pegou uma q morava no meios dos colchoes de nossa amiga, e era bravo q so …entao eu nao sei ne? melhor nao arriscar , vai saber….

      Resposta
  • Avatar
    05/06/2013 em 15:21
    Permalink

    Boa tarde.. Gstaria que pudessem ajudar numas questoes..
    Vu para bali em julho/agosto e queria saber como apanho o barco de kuta (ou la perto) para gili trawagan? Onde se apanha, quanto custa, se ha algum site? E como posso ir de trawangan para as outras ilhas gili? E o preco tb.. Podem ajudar?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *