Ilhabela – Diário da Viagem Surpresa 3

O último dia da viagem é sempre nostálgico. Eu já acordo com saudades do lugar 🙁  <3 ILHABELA <3

Corro pra janela pra ver se o meu amigo Sol estava lá, tão lindo quanto ontem, mas não, estava nublado de novo.

É, acho que ele só apareceu no dia do meu aniversário mesmo 😉 #MeAchandoABolachaMaisRecheadaDoPacote

Veja aqui onde se hospedar em Ilhabela. Aqui você pode comparar as locadoras para alugar de carro em 10x.

Tomamos nosso café da manhã com calma e fomos aproveitar nossas últimas horas em Ilhabela. O tempo começou a fechar, parecia que a chuva estava chegando.

Praia do Julião

Resolvemos então conhecer uma das praias que fica pertinho da Pousada Lacosta, a praia do Julião. Fomos a pé, procurando a placa que indicava a entrada para a praia.

Essa é mais uma das praias de Ilhabela que não dá para chegar de carro. Da rua dá para ver o caminho que é só para pedestres.

Uma calçada praticamente plana, que pode ser utilizada por quem tem alguma dificuldade de locomoção.

Leia também: Onde comer em Ilhabela | Viagem surpresa Ilhabela 1 | Viagem surpresa Ilhabela 2

Percorremos o caminho, uns 150 metros, e avistamos uma praia muito bonita, com areia fofa e dourada.

A água estava límpida, em um tom esverdeado. Várias árvores ajudam a fazer sombra em dias muito quentes.

Pena que o dia estava nublado. Imagina se tivesse sol o tom de verde que a água ficaria. Assim mesmo é linda demais, vale a pena visitar.

Se você for de carro, você pode colocar no estacionamento do outro lado da rua, que custa R$ 15,00 (estacionamento + ducha).

Bem na entrada do caminho que leva a Praia do Julião tem vaga somente para deficiente físico, com uso obrigatório de cartão. Ou então, estaciona no bolsão em frente a Praia Grande, que fica a uns 600 metros.

Como o tempo estava fechado em Ilhabela, resolvemos voltar para a pousada. Fizemos nosso check out, nos despedimos do sr. João e fomos dar uma última voltinha na Praia Grande.

Praia Grande

Paramos o carro no bolsão de estacionamento e fomos para a areia dar um tchauzinho para Ilhabela 🙁

Tiramos algumas fotos do lado de fora da igrejinha. Pena que estava fechada, queria ter visitado por dentro.

Até que tinha bastante gente na praia. O mar estava calmo e um ventinho frio batia se despedindo, como um amigo que diz “até logo”.

Sim, Ilhabela, até logo, voltaremos em breve 🙂

Travessia da balsa

E lá fomos nós em direção a balsa para voltar ao continente. É bem fácil chegar, tem bastante placa pela avenida. Quem agendou horário não pega fila, e tem um caminho diferente para chegar até a balsa.

A fila não estava grande, mas demoramos um pouco para pegar a balsa. Entre a cabine onde pagamos a taxa até São Sebastião, foram 45 minutos. Pagamos R$ 7,50, referente a uma taxa de preservação ambiental obrigatória. Na ida de São Sebastião para Ilhabela pagamos R$ 17,80.

Caminho de Ilhabela para São Paulo

O tempo parecia que estava melhorando, então resolvemos voltar para São Paulo pela rodovia Rio-Santos e depois Rodovia Imigrantes. Assim poderíamos ir parando nas praias que estão pelo caminho.

Praia Toque Toque Grande

Paramos na praia do Toque Toque Grande.

Estava ventando e bem frio, então a praia estava praticamente vazia. Nos pareceu bonita, com uma faixa larga de areia fofa e um mar calmo.

Deve ser bom para alugar uma casa e ir com a família passar uns dias. Parece ser um lugar bem pacato.

Para não perder a entrada, coloque no GPS o nome da praia, ou então, fique muito atento as placas, pois você corre o risco de passar direto.

Praia Toque Toque Pequeno

Seguimos para a próxima praia, Toque Toque Pequeno. Nessa praia você também vai precisar usar o GPS ou ficar de olho nas placas.

Já tinha passado um pouco da hora do almoço, então resolvemos parar para almoçar aqui.

Achamos um restaurante quase em frente a praia, o Pimenta de Cheiro.

Ambiente super agradável, atendimento muito bom e a comida é uma delícia.

Na frente do restaurante tem uma capelinha muito bonitinha. Dever ser lindo um casamento ali.

Fomos dar uma voltinha na praia. Aqui também a faixa de areia é larga e fofa. O mar parece um pouquinho mais agitado do que nas outras praias. Gostamos dessa praia, também interessante para alugar uma casa e passar uns dias.

Começou a ventar mais forte e a chover, então corremos para o carro e partimos para São Paulo, dessa vez sem mais paradas pelo caminho.

Ahhh, acabouuuu Ilhabela 🙁   Mas foi muito bom enquanto durou.

#Ficadica dê viagens de presente. Aproveite o findi. Troque objetos por experiências 😉

Para planejar o seu roteiro em Ilhabela, leia os outros posts, incluindo o diário da viagem surpresa, aqui. E para saber onde ficar, veja as opções de onde se hospedar em Ilhabela. Se preferir alugar carro para conhecer Ilhabela, compare preços aqui.

Compartilhe
Douglas e Julia

Douglas e Julia

Bio de casal? Como assim? É que alguns textos foram escritos juntos, então aqui estamos nós. Julia é gaúcha que solta uns 'ô meu' e Douglas é paulista que manda uns 'bah tchê'. São formados em Turismo e Hotelaria com especialização em Marketing, amam viajar e criaram esse blog em 2005. Já viu, né, viagem é o assunto principal deles.

Deixe seu comentário