Dia 34 – Feira de rua Chow Kit, Kuala Lumpur

Ontem o dia foi de visita ao Batu Caves, o principal templo Hindu de Kuala Lumpur, além de viajar na gastronomia da cidade. Foi cada comida boa…

Hoje vamos encarar mais experiências locais, o roteiro de viagem está bem legal.

Acordamos às 7 horas e às 8:30 saímos, fomos a pé até o Lake Garden Park para visitar o parque das borboletas.

No caminho nos perdemos pois o mapa não está na escala certa, faltam a pequenas ruas e além disso ele parece estar esticado na direção norte-sul. Mas tudo bem, andar a mais faz parte, pois só se conhece uma cidade se perdendo nela.

Veja aqui onde se hospedar em Kuala Lumpur ou reserve pelo Airbnb e ganhe crédito de R$100,00.

Lake Garden Park

O parque das borboletas é muito bonito e interessante, pois além das borboletas voando por toda parte entre nós, o parque tem muitas flores.

Lake Garden Park Kuala Lumpur

Tem ainda diversas espécies de borboletas e de outros insetos empalhados, por isso é bastante visitado por grupos de escola.

Depois pegamos um trenzinho que circula pelo Lake Garden Park e leva até os outros atrativos. Foi mais para dar uma voltinha mesmo, não tem nada de óóó que imperdível.

Lake Garden Park Kuala Lumpur

Saímos do parque e andamos um bocado até a estação de trem e seguimos para a feira de rua Chow Kit.

Chow Kit

Chow Kit é muito interessante porque em uma feira popular a gente pode conhecer um pouco sobre o povo local.

Provamos a fruta Duku. Não, não façam piadinhas com o nome da fruta…

Ela tem casca marrom e parece uma batatinha por fora. Ficam várias presas em um galho como um cacho de uva. Por dentro ela é branca, um pouco mais dura do que uva e bem doce.

Malasia Kuala Lumpur Chow Kit Market

Andar por Chow Kit é um choque cultural. As barraquinha ficam todas amontoadas e os corredores são muito estreitos. Lá vende-se frutas, verduras e legumes, assim como no Brasil, mas o Chow Kit tem algumas diferenças.

Malasia Kuala Lumpur Chow Kit Market

A higiene não é o ponto forte do lugar e pelo chão fica escorrendo água suja o tempo todo. Tem barraquinhas que são açougues, porém sem refrigeração e as carnes ficam expostas penduradas ou em um balcão aberto.

Malasia Kuala Lumpur Chow Kit Market

Outras vendem frangos inteiros quase assados. O cara espeta um ferro no frango e fica girando ele no fogo, que fica em uma vasilha de ferro no meio da barraquinha. Quando a pele do frango fica amarelada de queimada, o cara joga o frango no balcão e já espeta outro para continuar. Não é assado, mas também não é cru, é na verdade cru com a pele tostada…

Os feirantes são muito simpáticos e todos para quem perguntei me deixaram fotografar a vontade. Alguns até pediram para eu tirar fotos deles.

Provamos um doce de coco chamado Pirin, que é coco ralado com um pão de arroz e um recheio de doce de coco. Muito bom!!! A vendedora ficou toda envergonhada porque eu fiquei filmando enquanto o Douglas comprou e comeu.

O pessoal todo em volta ficou olhando curioso para ver a reação da gente depois de provar o doce. Foi muito engraçado…

Andando por Kuala Lumpur

Depois andamos até o Suria KLCC, que é um shopping ao lado do Petronas Towers, para procurar livros sobre a cultura do país e viagens.

Os livros aqui na Malásia são baratos comparados com o Brasil, então aproveitamos e compramos três que achamos interessantes.

Voltamos a pé e na chuva até o hostel, e chegamos ensopados.

Fazemos quase tudo a pé para economizar e conhecer melhor a cidade e o povo. Acho que é por isso que a gente se diverte. Se nós usássemos táxi, não aconteceria nada de interessante…

Malasia Kuala Lumpur

Na janta comemos um x-burger de rua igual ao do Brasil, ou melhor, um pouco diferente, esse tinha muito molho de pimenta. Mas estava muuuuuito bom e deu para matar a saudade dos X`s do Brasil…

Para planejar a sua viagem a Kuala Lumpur, leia os outros posts da Malásia aqui e para saber onde ficar, veja as opções de hospedagem. Os passeios, as atividades imperdíveis na cidade e os transfers você encontra aqui.

Veja mais sobre o assunto navegando pela categoria

Douglas e Julia

Douglas e Julia

Bio de casal? Como assim? É que alguns textos foram escritos juntos, então aqui estamos nós. Julia é gaúcha que solta uns 'ô meu' e Douglas é paulista que manda uns 'bah tchê'. São formados em Turismo e Hotelaria com especialização em Marketing, amam viajar e criaram esse blog em 2005. Já viu, né, viagem é o assunto principal deles.

3 comentários em “Dia 34 – Feira de rua Chow Kit, Kuala Lumpur

  • Avatar
    14/08/2007 em 02:04
    Permalink

    Oi Jú! Nossa que show isso tudo que acabei de ler…
    tô conhecendo um pouquinho dessa cultura tão distante e linda,
    através de vcs… obrigado por estarem repartindo com todos que acessam o blog.
    Tô sempre aqui olhando… Beijo… Fran

    Resposta
  • Avatar
    14/08/2007 em 18:00
    Permalink

    Oi Fran.
    Que saudades de vc. Legal saber q vc esta acompanhando.
    Ainda mais de saber q estamos conseguindo passar um pouco sobre
    o q estamos aprendendo.Bjooo

    Resposta
  • Avatar
    16/08/2007 em 13:57
    Permalink

    Oi Ju e Douglas esta sendo muito bom ler o blog de vcs….
    aproveitem o máximo….isso é cultura mesmo.
    SAUDADES…Abraçosssss

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *