O post mais completo sobre seguro viagem

Dia 124 – Museu de Arqueologia de Alta Montanha e Museu Güemes

{Quarta-feira, 26 de junho de 2019} No nosso último dia aqui não poderíamos deixar de visitar o Museu de Arqueologia de Alta Montanha de Salta. Também visitamos o Museu Güemes, mas antes de começar o dia, reabastecemos a casinha no mercado.

Aproveitamos que Salta é uma cidade grande e tem opções de mercado atacadistas com preços mais baratos. Nas outras cidades grandes fomos no Diarco, mas como dessa vez estava fechado fomos em um ao lado que chama Vital e gostamos bastante. Vale a pena comprar aqui.

Como já estava próximo ao horário do almoço e queríamos otimizar o tempo para dar tempo de fazer os passeios, comemos hambúrgueres na lanchonete do mercado mesmo.

A ideia era fazer uma refeição rápida para aproveitarmos a tarde em Salta e quem sabe ainda pegar a estrada até San Salvador de Jujuy, que fica a uns 125 km de distância, em torno de 1h30 de carro.

Salta

Museu de Arqueologia de Alta Montanha

O MAAM, Museu de Arqueologia de Alta Montanha de Salta estava na nossa lista de lugares para visitar na Argentina desde o começo da viagem.

É um lugar inacreditável e único no mundo. Às vezes a gente escuta por aí que tal lugar é único, e a palavra meio que perdeu seu impacto. Mas acredite, não há lugar como o MAAM.

Se você gosta de conhecer a cultura pré-colombiana e de montanhas, com certeza precisa visitar esse museu.

Museu de Arqueologia de Alta Montanha

Nesse museu é proibido tirar foto e filmar, mas nós conseguimos uma autorização especial da diretora do museu. Uhú!!

Salta está muito próxima de montanhas altíssimas e nessa região vivia a civilização Inca, antes da chegada dos espanhóis.

E os Incas realizavam uma cerimônia, muito raramente, em que escolhiam crianças que eles consideravam especiais para caminhar montanha acima levando oferendas até um ponto onde eles acreditavam estar os deuses.

Essas oferendas eram feitas para agradecer ou pedir alguma ajuda ou proteção aos deuses.

Salta - Museu de Arqueologia de Alta Montanha

As crianças levavam itens em miniatura que representavam a sua cultura: bolsas de couro, chinelos, lhamas, cerâmica, etc.

É obrigatório ter seguro viagem para viajar pra Argentina? Não é, mas já pensou se você precisa de atendimento médico lá? Você que é um viajante experiente não vai viajar sem seguro viagem, né. Veja aqui as opções de planos e seguradoras e com o nosso link, ganhe 5% de desconto. Se você ainda não sabe muito sobre o assunto, leia aqui Tudo sobre seguro viagem.

Museu de Arqueologia de Alta Montanha Salta

E nesse museu, além de contar toda essa história com mais detalhes, também estão três dessas crianças que foram encontradas congeladas a mais de 6.700 metros de altitude.

Essas crianças ficaram conhecidas como La Doncella, El Niño e La Niña del Rayo. Elas morreram nessa caminhada até o local sagrado e a neve manteve os corpos bem preservados.

MAAM Salta

Mais de 500 anos depois, alguns montanhistas descobriram essas crianças. E foi aí que o Museu de Arqueologia de Alta Montanha foi criado, para preservar a memória da cultura Inca na região.

E no museu foi recriado o ambiente de alta montanha onde os corpos dessas crianças estavam, para conservá-las. Mesma temperatura, mesma composição do ar, de forma permanente.

Mas não é possível ver as três crianças ao mesmo tempo, somente uma, pois enquanto uma fica em exposição, as outras ficam guardadas para preservação.

La Doncella

Quando fomos, estava lá a La Doncella, que tinha 15 anos de idade quando morreu congelada. E o estado de conservação é incrível, parece que ela vai acordar a qualquer momento, como se estivesse apenas tirando um cochilo.

Museu de Arqueologia de Alta Montanha La Doncella

Se você não se sentir confortável para ver as crianças, não se preocupe. Elas ficam em uma área mais reservada e para ver você precisa acender uma luz. Caso não queira ver é só não entrar nessa área.

La Doncella Museu de Arqueologia de Alta Montanha

Ah! E não se arrisque querendo tirar fotos e filmar escondido. Eles tem câmeras e seguranças por todas as partes. Então respeite as regras.

Museu Güemes

Pertinho do Museu de Arqueologia de Alta Montanha está o Museu Güemes, que conta a história do general Güemes, foi fundamental no processo de independência da Argentina.

Güemes Museum

Mesmo que você não se interesse muito pela história da Argentina, vale a pena visitar o Museu Güemes, pois ele é interativo e conta com recursos tecnológicos bem legais para mostrar a vida do General Güemes.

Por exemplo, você entra em uma sala com um quadro e ao pisar em um circulo amarelo no chão, o quadro ganha vida.

Museo Güemes Salta

Cada ambiente conta uma etapa da vida dele, desde a infância (ele viveu nessa casa) até as lutas pela independência.

No pátio tem alguns personagens feitos de barro, que se movem também. Brincadeira, não se movem não.

Mas veja se não parece que eles vão começar a batalhar.

Museu Guemes Salta

Essa casa onde está o museu, é a casa onde o General Güemes mudou-se aos 4 anos de idade e onde morreu. Com certeza vale a pena fazer uma visita.

Alugue um carro em Salta para explorar toda a região. Veja aqui um comparativo entre modelos de veículos e locadoras.

San Salvador de Jujuy

Hora de dizer tchau para Salta e seguir para San Salvador de Jujuy. Já era final de tarde quando terminamos de visitar os museus, mas como a distância era pequena, decidimos pegar a estrada.

Fomos pela Ruta 9, depois Ruta 34 e Ruta 66 até chegar na cidade a noite. Paramos em um posto YPF para decidir onde dormiríamos na cidade.

Como precisávamos lavar roupas e de internet para trabalhar, resolvemos reservar um Airbnb.

Conseguimos encontrar um bom, bonito e barato, mas entrada só para o dia seguinte. Então o jeito foi jantar por aqui e dormir no carro. Esperar o dia clarear para conhecer a cidade de San Salvador de Jujuy.

Se você não viaja de campervan, veja aqui onde ficar hospedado em Salta.

Números do dia:

Distância percorrida: 128 km em 2 horas.
Alimentação: $ 3300 pesos argentino (aprox. R$ 330,00)
Combustível (gasolina): $ 420 pesos argentino (aprox. R$ 42,00)
Entrada MAAM: $ 200 pesos argentino por pessoa (aprox. R$ 20,00). Cortesia da Secretaria de Turismo de Salta.
Entrada Museu Güemes: $ 150 pesos argentinos por pessoa (aprox. R$ 15,00)

Programe a sua viagem

Está gostando da nossa viagem de carro pela América do Sul? Então use nossos links para reservar as suas viagens. O valor não muda para você e a comissão que ganhamos é bem pequena, o preço de um cafezinho que você toma enquanto está lendo e se divertindo com o diário da viagem e as nossas dicas.

Hospedagem: Booking.com ou Airbnb (Airbnb com desconto de R$ 130,00 na primeira hospedagem e R$ 49,00 em uma experiência)
Seguro Viagem: Seguros Promo (com 5% de desconto)
Passagens Aéreas: Passagens Promo
Aluguel de carro: Rentcars
Transfers: Viator
Passeios: ViatorTiqetsTourOn e Get Your Guide

Agradecimentos aos nossos apoiadores dessa viagem:

  

Compartilhe
O post mais completo sobre seguro viagem
Julia Flores

Julia Flores

Formada em Turismo e Hotelaria, com pós-graduação em Marketing Estratégico e experiência com marketing de destinos turísticos. Amo viajar, não pelos carimbos no passaporte ou pelas selfies, mas pelo o que as viagens me proporcionam. Gosto de praticar esportes, mas também adoro ficar de preguiça no sofá em dias frios ou chuvosos.

Deixe seu comentário