No terceiro dia da nossa viagem para Gramado, nós visitamos o Mini Mundo e ficamos encantados. Muitos pensam que são ‘apenas maquetes’, mas o lugar é impressionante! Vale muito a pena colocar o Mini mundo no seu roteiro em Gramado.

A História da família Höppner

Antes de falarmos das atrações do Mini Mundo, vamos contar como ele surgiu, e isso remete à história da família Höppner.

Em 1952, o sr. Otto Höppner, sua esposa Ritta (brasileira) e seu filho Heino saíram da Alemanha, que estava devastada pela guerra, em busca de um recomeço no Brasil.

Veja aqui
 Onde ficar em Gramado | Opções de Airbnb (ganhe crédito de R$100,00).
O que ver e fazer em Gramado

Hotel Ritta Höppner

Em 1958 o sr. Otto inaugurou o Hotel Ritta Höppner e, procurando trazer um pouco de seu país natal, construiu os chalés em arquitetura bávara.

O sr. Otto sonhava com um mundo melhor e por isso cada chalé recebeu o nome de um personagem de contos infantis.

Os apartamentos dos chalés são muito charmosos e refletem cuidado especial que a família tem com o conforto dos hóspedes.

As suítes possuem uma sala de estar com lareira e também uma piscina térmica privativa.

Onde ficar hospedado em Gramado

Suíte do Hotel Rita Hoppner – Gramado

Encontramos na recepção do hotel a sra. Jussara, nora do sr. Otto, que sorridente nos recebeu muito bem.

Conversamos um pouco e entendemos o porquê do sucesso do sonho da família.

Onde ficar em Gramado e Canela

Jussara Höppner

O parque não está pronto e nunca estará. A construção não pode ter fim, precisa ser eterna, pois a magia dos sonhos é que eles sempre podem ser melhorados
Veja aqui
Comparação de locadoras para encontrar o melhor aluguel de carro para viajar para Gramado.

A história de um sonho

Com intenção de minimizar a saudade de sua terra natal e se manter ocupado, ele que era marceneiro começou a se dedicar a construir réplicas de construções da Alemanha. Elas eram de tamanho 24 vezes menor e passaram a fazer parte da área de lazer.

No início era apenas um lugar para os netos se divertirem com os amiguinhos. Com o tempo o lugar passou a ser uma extensão do hotel, um lugar que podia ser visitado pelos hóspedes.

Lugares imperdíveis em Gramado

Casa de boneca – origem do Mini Mundo

O sonho do sr. Otto contagiou toda a família e assim a busca de um mundo melhor, através da fantasia, tomou forma e ganhou força.

Os amigos começaram a visitar para ver as novidades, trazendo outros amigos, que contavam para outros amigos.

Atrativos imperdíveis em Gramado

Ferrorama – origem do Mini Mundo

E assim, em dezembro de 1983, o Parque Mini Mundo ganha sua emancipação do hotel e vira um atrativo turístico de Gramado.

 

Parque Mini Mundo

A magia começa logo na entrada do Parque Mini Mundo, com formato de um castelo.

Principais atrativos de Gramado

Entrada do Mini Mundo com o guia Cleverson

Passando pela entrada você é recebido pelo Limpador de Chaminés, que muito simpático está pronto para receber os visitantes.

Se você tiver dúvidas pode perguntar e ele poderá guiá-lo no parque, se assim preferir.

Atrativos que não podem faltar em Gramado

Limpador de chaminés

Hoje são mais de 200 réplicas, na escala 1:24, e aproximadamente 2500 Mini-Habitantes.

O parque conta ainda com quatro personagens que representam os 2 netos, a nora e o filho do sr. Otto: os ursinhos Gui e Ana (netos), a Bruxinha Jú (nora) e o Limpador de Chaminés (filho).

Ursinhos foram escolhidos para simbolizar os netos, pois eles representam o encantamento das crianças.

Na Alemanha a lenda diz que a bruxa é protetora da família, um símbolo de bem estar da casa, e o limpador de chaminés representa a sorte.

Diz à lenda que ele traz muita sorte e alegria a quem se deixa fotografar ao seu lado.

Com a sorte que o limpador de chaminés vai nos dar e o pedido feito na fonte dos desejos, 2013 promete ser muito bom!

Roteiro em Gramado

Poço dos desejos – Mini Mundo

Sim, lá tem um poço dos desejos! É só pegar uma moeda, virar de costas para o poço, fazer o pedido e jogar por cima do ombro direito.

Mini Cotidiano

O parque foi planejado para ser realmente um mundo em miniatura, inclusive retratando cenas cotidianas comuns do mundo real.

Lugares imperdíveis em Gramado

Mini Julia

O dinheiro é o Mini, que vale 24 vezes menos do que 1 real. Com ele você pode comprar o jornal Notícias do Mini Mundo, que na edição 9, destacou as eleições para prefeitura do Mini Mundo.

As notícias do jornal possuem um marcador (o desenho de uma mãozinha com um número) e você encontrará o mesmo marcador ao andar no parque, em algumas miniaturas.

Lendo o jornal, você pode conhecer o fato relacionado com cada miniatura marcada.

No jornal, vimos uma notícia de uma Mini-Habitante de 89 anos que incendiou acidentalmente a residência enquanto estava sonâmbula.

E não é que a cena do jornal estava lá, em miniatura?

O que ver em Gramado

Mãozinha indicadora

Outra coisa bem legal é que as estações do ano e as datas festivas também influenciam a vida dos Mini-Habitantes.

Nós fomos em janeiro, por isso havia decoração de Natal e alguns Mini-Habitantes de biquini e bermuda na praia e nas piscinas.

No Inverno, eles vão para a praia de roupa…

Fábrica de sonhos

Para manter este sonho vivo, o parque conta com uma equipe grande, coordenada pelos netos do sr. Otto.

Só na oficina, onde é realizada a produção e manutenção, são sete pessoas.

Para ter uma ideia, a miniatura do Museu do Ipiranga da cidade de São Paulo levou cerca de dois anos para ser construído.

Passeios imperdíveis em Gramado

Museu do Ipiranga

Além disso, algumas construções não podem ser feitas sem uma autorização especial, como no caso do Castelo de Neuschwanstein, que só foi autorizado depois de provado que a réplica seria perfeita.

A invasão dos Gigantes

O parque funciona todos os dias do ano, por isso fazer a manutenção das réplicas às vezes é muito complicado.

Precisa ser feita de dia, enquanto há visitantes.

É por isso que algumas vezes você vai se deparar com algumas réplicas precisando de alguns reparos.

Até nisso o parque faz tudo parecer real.

O navio cargueiro, por exemplo, foi levado pelo vento e teve a lateral amassada.

Até que seja consertada, foram colocados 2 Mini-Habitantes lá, para analisar os danos.

Principais atrativos de Gramado

Navio sendo analisado por Mini-Habitantes

Atenção especial

Hoje 90% do trajeto entre as miniaturas estão aptos para receber cadeirantes e o objetivo é chegar a 100% em breve.

Os visitantes com deficiência visual podem contar com um guia do parque, que os acompanham.

Nesse caso o visitante pode tocar nas réplicas para sentir o sonho da família Höppner.

Mas a atenção especial não se resume aos visitantes especiais.

Quando o parque recebe alunos das escolas que ligam informando a visita, eles programam um atendimento especial com sorteio de brindes, brincadeiras e charadas com relação às miniaturas.

O guia Cleverson (que na verdade não é exclusivamente um guia, é um dos que fabricam as réplicas) foi muito atencioso e percebendo a paixão pelo trabalho, perguntamos o que o motiva a trabalhar lá.

Parque Mini Mundo de Gramado

Manutenção – Gigante no Mini Mundo

Não sei dizer, o trabalho é muito livre. Não sou obrigado a ficar, mas eu chego mais cedo e saio mais tarde por causa do propósito de encantar, de tirar o visitante do mundo dele e colocar no nosso. Não vejo como um trabalho, criei um vínculo com a história da família e o projeto de encantar as pessoas. Sou uma peça da engrenagem e o encanto depende do funcionamento de toda a máquina

Além disso há a preocupação social. Quando os vidros dos carrinhos ficam amarelados, devido à exposição ao tempo de sol e chuva, eles são doados para instituições de caridades.

Em setembro o Mini Mundo realiza a campanha do alimento, quando ao invés de pagar o valor do ingresso as pessoas levam alimentos perecíveis.

Dentro do parque tem o Café Mini Mundo, um lugar muito aconchegante que serve bebidas como cappuccinos, chocolates quente, tortas e outras opções, e também uma lojinha de lembranças com mini souvenirs muito bonitos!

Ritta Höpnner Residenz

Em 2007 foi inaugurado o Hotel Ritta Höppner Residenz, bem em frente aos chalés, mantendo a arquitetura em estilo bávaro e decoração em madeira esculpida.

Onde ficar hospedado em Gramado

Ritta Höppner Residenz

Os flats têm cozinha equipada, banheira de hidromassagem e ambiente muito acolhedor.

Onde ficar em Gramado Hotel Ritta Hoppner

Suíte do Ritta Höppner Residenz

Anexo ao hotel está o Otto Restaurante que serve almoço, jantar e, todos os dias às 16h, o tradicional chá da tarde da cultura inglesa.

Ótima oportunidade para provar doces alemães como os waffles e a famosa apfelstrudel (torta de maçã).

Onde comer em Gramado comida tipica alemã

O Parque Mini Mundo foi uma das atrações que visitamos em Gramado.

Os nossos ingressos foram cortesia do parque.

Parque Mini Mundo

Onde: Rua Horácio Cardoso, 291, Gramado-RS, Brasil.
Quando: todos os dias do ano das 10h às 18h.
Quanto: R$ 36,00 / R$ 18,00 (idosos e crianças a partir de 2 anos com até 1,20m de altura).
Telefone: 54 3286-4055
Email: minimundo@minimundo.com.br
Site: www.minimundo.com.br

Hotel Ritta Höppner & Ritta Höppner Residenz

Onde: Rua Pedro Candiago, 305, Gramado-RS, Brasil.
Telefone: 54 32861334
Confira os valores das diárias e faça sua reserva aqui.


Em novembro de 2016 nós voltamos ao Mini Mundo e fizemos esse vídeo. Assine nosso canal aqui e assista:

Para planejar o seu roteiro em Gramado, leia os outros posts aqui. E para saber onde ficar, veja as opções de onde se hospedar em Gramado. Os passeios, as atividades imperdíveis e os transfers você encontra aqui.

Posts relacionados

Douglas e Julia

Bio de casal? Como assim? É que alguns textos foram escritos juntos, então aqui estamos nós. Julia é gaúcha que solta uns 'ô meu' e Douglas é paulista que manda uns 'bah tchê'. São formados em Turismo e Hotelaria com especialização em Marketing, amam viajar e criaram esse blog em 2005. Já viu, né, viagem é o assunto principal deles.

14 comentários em “Mini Mundo, Gramado: miniaturas de um grande sonho

  1. Ótima matéria! Eu que já sonhava em ir a Gramado não conhecia esse lugar! Já ta no meu roteiro de viagem!

    1. Obrigado pelo comentário, Ester!! Que legal que incluiu no seu roteiro, você vai gostar muito de lá 🙂 Não esqueça de tirar foto com o limpador de chaminés 🙂 Boa viagem!!

  2. Olhem no Google
    Miniaturwunderland Hamburg

    É o maior do mundo em Miniaturas..tem varios paises representado la

    1. Olá Konrad,
      Achamos o site oficial no google e ficamos encantados, precisamos ir para lá 🙂
      Muito obrigada pela dica. Abraço!
      Júlia e Douglas

  3. no jornal tem tipo uma missaozinha, pelo menos quando eu fui tinha. compre antes de td o jornal e veja, talvez tera algo para encontrar no passeio pelo parque, e depois trocar por uma lembrancinha.

    1. Oi Alan! Obrigado pelo comentário!

      No jornal que recebemos não tinha nenhuma missão, só tinha as notícias do mini mundo. O que tinha era uma notícia nos ‘classificados’ do jornal, dizendo que um morador estava desaparecido. Tinha a foto dele e dizia para avisar o limpador de chaminés caso encontrasse. Agora que você falou isso, vi que devia ter algum brinde mesmo 🙁 Perdemos…

  4. oi pessoal tudo bem . Algumas vezes nos inventamos sim umas misao para os visitantantes, encontrarem coisa espalhadas pela mini cidade, com um brinde como premio, mas não é sempre que isso acontece, normalmente em datas comemorativas , dia da criança e outros. . . E quanto ao jornal ele funciona como um guia para o visitante não perder nenhum pequeno detalhe. E o morador desaparecido não tem brinde não pra que o encontra, heheheh mas vale a busca porque ele esta muito bem escondido…..Até mais

    1. Cleverson,

      Muito obrigado! Ninguém melhor do que você para tirar as dúvidas e dar dicas sobre o Mini Mundo.

      Abraço,
      Júlia e Douglas

  5. Li a dica aqui mês passado e fui no parque com minha família. Foi muito legal, minhas crianças se divertiram muito. Obrigado por essa dica de viagem 🙂

Deixe seu comentário