Dia 93 – Calcutá e a felicidade nas coisas simples da vida

Gente, vocês não tem ideia do que é Calcutá.

Ontem tomamos um baile total do cotidiano da cidade, sabe, não teve nenhum imprevisto de viagem, a cidade foi apenas ela mesma e nós apanhamos de jeito.

Sabe o conceito de choque cultural? Calcutá é o exemplo perfeito.

O bilhete mais difícil – parte 2

Hoje acordamos cedo e comemos no café da manhã os bolinhos que compramos ontem.

Depois saímos para comprar a passagem de trem para Varanasi. Ontem, como vocês viram, não deu certo.

Veja aqui onde ficar em Calcutá ou reserve pelo Airbnb e ganhe crédito de R$100,00.

Passamos em 2 agências para ver se tinha. A passagem custa 315 Rúpias, mas eles estavam cobrando o dobro, por isso resolvemos tentar de novo comprar na estação de trem.

Para facilitar, pegamos logo um táxi até a estação.

Roteiro de viagem em Calcutá India

Chegamos lá era meio dia. O inglês deles é difícil de entender, isso dificultou ainda mais.

Como andar de taxi na India

Eles falam inglês misturado com Hindi. O sotaque é incompreensível.

A peregrinação na estação de trem

Paramos em um guichê, entramos na fila e quando chegou nossa vez, o atendente disse que não era ali, era para o outro lado.

Andamos até o outro guichê e entramos na fila. Quando chegou a nossa vez, o atendente disse para entrarmos na sala dele. Outra pessoa nos atendeu, e disse que não era ali também.

Nos levou até outro lugar e entramos na fila. Quando chegou nossa vez, o atendente disse para entrarmos também na sala, de novo. Novamente disseram que também não era ali, era no prédio ao lado, no segundo andar.

Saímos dessa parte da estação e fomos até o outro prédio. Chegamos no segundo andar e entramos na fila.

Adivinhem… Também não era ali…

Nos mandaram para o terceiro andar. Também não era ali.

O atendente passou o endereço do escritório para venda de bilhetes aos estrangeiros. Era bem longe dali, do outro lado do rio.

Brincadeira viu.

Melhor não reparar

Almoçamos na estação de trem. Pedimos rolinho primavera e vegetarian burger. O cara pegou tudo com a mão para colocar no prato.

Não que isso seja um problema, sabemos que muitos pratos são feitos com as mãos. O problema era justamente as mãos dele…

Olhei para a Ju e disse:

– Essa é a Índia.
– Vai se acostumando…

Sem taxímetro

Saímos da estação e os taxistas cobravam um absurdo. Entramos em um e pedimos para ligar o taxímetro. Ele disse que além da tarifa tinha umas taxas que não conseguimos entender o que eram.

Desistimos… Perguntamos para uns 10 taxistas. Ou era um preço absurdo ou se recusavam a levar com o taxímetro ligado…

Acabamos pegando um mais ou menos com preço bom até a rua Fairlie Place, onde fica o escritório para estrangeiros.

Lá estava bem calmo e vazio, muuuuito ao contrário da tumultuada estação de trem…

Sentamos (sim, o atendimento é sentado), escolhemos o trem e a classe, pagamos e saímos sorrindo.

Como chegar na estação de trem de Calcuta

É incrível como coisas tão simples da vida podem nos fazer tão felizes.

Conseguir comprar essas passagens para Varanasi nos deixou infinitamente felizes!!!!

Tentamos ontem e não conseguimos. Hoje demoramos 5 horas para conseguir…

Essa peregrinação quebrou todo o nosso roteiro em Calcutá, era para termos visitado algumas atrações da cidade.

Principais atrativos de Calcuta

24 horas?!

Voltamos de táxi para a Sudder Street fomos direto para o hotel para aproveitar o pouco tempo da água quente 24 horas.

O que ver e fazer em Calcuta

Eu tomei banho frio, mas depois, na vez do Douglas a água esquentou e o Tico também tomou na água quente. Sacanagem né?

Jantamos em um restaurante, na Sudder Street mesmo, onde vimos uns estrangeiros comendo no almoço e pareceu bom.

Estilo indiano

Passamos num mercadão e a Ju comprou 2 camisas indianas para usar na viagem, pois aqui as mulheres não usam camisetas justas como no ocidente.

Achamos isso importante, tentar se adequar a cultura local para que o turismo não cause impactos negativos. Tentamos ser viajantes responsáveis.

Voltamos ao hotel, pedimos licença para as baratas e entramos no nosso quarto…

Mexendo nas coisas do dia, encontramos um “Welcome to Kolkata” escrito.

O que ver e fazer em Kolkata

Thanks Kolkata, for everything…

Para planejar o seu roteiro na Índia, leia os outros posts aqui e para saber onde ficar, veja as opções de onde se hospedar em Calcutá. Os passeios, as atividades imperdíveis em Calcutá e os transfers você encontra aqui.

Veja mais sobre o assunto navegando pela categoria

Douglas e Julia

Douglas e Julia

Bio de casal? Como assim? É que alguns textos foram escritos juntos, então aqui estamos nós. Julia é gaúcha que solta uns 'ô meu' e Douglas é paulista que manda uns 'bah tchê'. São formados em Turismo e Hotelaria com especialização em Marketing, amam viajar e criaram esse blog em 2005. Já viu, né, viagem é o assunto principal deles.

22 comentários em “Dia 93 – Calcutá e a felicidade nas coisas simples da vida

  • Avatar
    11/10/2007 em 10:16
    Permalink

    Taxi super extra tarifado para a estacao de trem – Rs160 (na real custa Rs60)
    bilhete de trem
    na agencia turistica pagando um absurdo – Rs565 (na real custa Rs315)
    conseguir comprar uma passagem de trem na india – NAO TEM PRECO !!!

    Resposta
  • Avatar
    11/10/2007 em 10:31
    Permalink

    post acima escrito por TICO, que acompanha mais que de perto as aventuras dos
    mochileiros por alguns pontos da asia, ora servindo de guia, como em bali,
    ora andando de camburao na madrugada da india, como em calcuta, abraco aos
    que acompanham essa trip !!!TICO

    Resposta
  • Avatar
    11/10/2007 em 16:24
    Permalink

    Douglas e Julia,Adorei que acharam meu blog porque dessa forma cheguei até aqui.
    Nossa era para ficar feliz mesmo com a passagem. Me pareceu aquelas vezes que você
    pensa que não precisa de despachante e se mete a conseguir fazer determinada coisa no
    Detran de SP. Horas e horas e empurra de balcão para balcão…..de prédio pra prédio
    e nem sempre consegue o que foi fazer.Bom! Adorei e estou linkando o blog lá no
    A Janela Laranja.Hoje estou no norte da Suécia, se pintar algum trabalho pelo
    caminho de vocês a gente se encontra.
    Abração!Marcio

    Resposta
  • Avatar
    11/10/2007 em 17:11
    Permalink

    Caramba!.. nao tinha nocao da muvuca que eh a India… e parabens por terem conseguido
    comprar os bilhetes!!… rs..e parabens tb pelo 3 meses de viagem , realizado com
    sucesso!!…Omedetou!!Abs,Marina M.

    Resposta
  • Avatar
    11/10/2007 em 18:47
    Permalink

    Mas esta questão de comprar passagens por outro preço é complicado no exterior mesmo
    para extrangeiros…..pena que é assim….. E o pior que não vendem pela internet….
    Jonas Schwertner

    Resposta
  • Avatar
    11/10/2007 em 19:02
    Permalink

    huhhuh estou fazendo umtrabalho de escola sobre a índia e graças a deus achei esse blogger
    de vcs!!!obrigado por ele exixtir1parece mais rela do q aqulas infosmações de livrois!!
    o mais incrivel: india !nação multi … tudo!super cheia de coisas q não são nem
    um pouco parecidas com nossa cultura1boa viagem!

    Resposta
  • Avatar
    11/10/2007 em 20:04
    Permalink

    “Resolvemos tentar de novo comprar na estação de trem.Para facilitar, pegamos logo um
    táxi até a estação.”Mochilando na Índia versão Angélica: “Vou de táxi!!!!!!!”
    hahahahauahuaha… “também não era ali, também não era ali, tambem não era ali!!!”
    uahauhauaha“Era bem longe dali, do outro lado do rio.” Kkkkkkkkkk“Olhei
    para a Jú e disse:– Essa é a Índia.– Vai se acostumando…” imagino a cara
    da Ju!!!!!! BUáaaAÁAAAAAAeee TICO essa de “conseguir comprar uma passagem de
    trem na india – NAO TEM PRECO !!!“foi ótima!!!

    Resposta
  • Avatar
    11/10/2007 em 22:31
    Permalink

    Gente…não era essa a India que eu imaginava…nem na escola aprendemos sobre esses
    detalhes…vcs estão sendo bons professores…Doutores em história, sociologia..
    psicologia…Parabéns!!!!bjs e boa viagem!

    Resposta
  • Avatar
    12/10/2007 em 00:01
    Permalink

    Só agora descobri a vossa aventura que vou continuar a acompanhar!No fim espero que
    façam um post com um slide para as milhares de fotos que já devem ter!A vossa viagem
    dá um livro!!!Boa continuação!!!!

    Resposta
  • Avatar
    12/10/2007 em 03:35
    Permalink

    quantas tentativas ;ainda bem que conseguiram e nao desanimaram. está otima essa
    aventura de voces. beijos..

    Resposta
  • Avatar
    12/10/2007 em 15:16
    Permalink

    Oi mae!A gente tinha uma nocao do que era, mas nao imaginavamos q fosse assim…E muuuuuuito mais complexo do que parece…Tudo e diferente do que sabemos sobre o pais…E um grande impacto!!!Obrigadao pela forca!!!bjoooooooooo

    Resposta
  • Avatar
    12/10/2007 em 15:18
    Permalink

    Ola Margarida Nobre.Seja bem vinda ao blog!Obrigado por nos acompanhar.Vamos pensar com carinho sobre a sua ideia dos slides…Tanta gente esta falando em livro…vamos ver depois que a viagem terminar…Muito obrigadoAbracos!!!

    Resposta
  • Avatar
    12/10/2007 em 19:24
    Permalink

    Oi!!!Ju e Douglas,são nas minimas coisas que encontramos a felicidade pq a felicidade é de pequenos momentos….bjsssssssss

    Resposta
  • Avatar
    12/10/2007 em 14:59
    Permalink

    Marcio Nel CimattiSeja bem vindo ao nosso blog.Mais ou menos isso, so faltou acrescentar
    a complexidade indiana…Legal! Vamos colocar um link do A Janela laranja aqui tambem.
    Tudo bem, esperamos que pinte. Nos encontramos por ai…Abracos!!

    Resposta
  • Avatar
    12/10/2007 em 15:03
    Permalink

    Marina Para voce ter uma ideia, a India vai passar em breve a populacao da China pois aqui
    nao ha o controle de natalidade.Muito obrigado. Foi uma batalha e tanto…Obrigado a
    voce que sempre nos acompanha aqui no blog!!!!Abracos!

    Resposta
  • Avatar
    12/10/2007 em 15:06
    Permalink

    Jonas, Ele passou o valor correto da passagem, mas acrescentou a comissao dele e outras
    taxas que nao entendemos do que era…Vendem pela net sim, mas nao queremos
    usar o cartao…Abracos!!

    Resposta
  • Avatar
    12/10/2007 em 15:09
    Permalink

    PollyannaSeja bem vinda ao blog!!Nao faca o trabalho baseado somente no nosso blog.
    Procure outras fontes de informacoes.Em todo caso, mostre antes o blog para sua
    professora pois as informacoes dela podem ser bem diferentes da nossa…A cultura por
    aqui e realmente muuuuuito distinta da nossa…Abracos!!!

    Resposta
  • Avatar
    12/10/2007 em 15:12
    Permalink

    Dete!Por aqui achamos que tem que ser taxi ou rickshaw.A pe ou de onibus nao vai dar nao.
    E tudo longe e os onibus sao superlotados!!!Ontem passou noticia de mortes por causa da
    superlotacao…Vc da risada ne?!?!!Valeu…Dete, o Tico e uma figura…Bjooooooooo

    Resposta
  • Avatar
    13/10/2007 em 06:22
    Permalink

    Douglas, Júlia,Obrigado pela visita ao GiraMundo.Adorei o blog de vocês. Vou linkar
    imediatamente. Não sei nada de Ásia. Estive uma vez em Tóquio apenas… Cada vez que
    leio algo sobre a Índia, vejo que não estou pronto ainda para ir até aí… Que loucura!
    Ainda assim, deve ser demais.Vou acompanhar a viagem de vocês e me atualizar por onde
    vocês já andaram, eu vi um monte de coisa: Vietnam, Malásia, Tailândia, etc.Nossa,
    isso é que é curso extra-curricular….

    Resposta
  • Avatar
    13/10/2007 em 15:36
    Permalink

    Jorge Bernardes.Obrigado pela visita e seja bem vindo.Vamos linkar o seu blog aqui
    tambem.Tokyo e outro mundo tambem. Poucos lugares do Japao sao como Tokyo…
    Nos lemos e vimos videos e mais videos, mas qdo chegamos aqui o impacto foi grande…
    Acho q agora sim estamos prontos…depois de uns dias…Da vontade de largar
    tudo e ir embora, mas ao mesmo tempo e encantador…So precisa ter disposicao..
    curso extra-curricular para aprender o q nao se deve fazer….abracos!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *