Dia 17 – Rumo às Ilhas Gili, como chegar da forma mais econômica

Pé na estrada novamente, agora com destino às Ilhas Gili. Esse post é um relato desse dia, mas também serve para quem quer saber como chegar as ilhas.

Nossa empreitada para chegar lá começou bem cedo, às 6:00 nós acordamos e às 6:10 o motorista da van já estava batendo na porta do quarto. A mulher que vendeu o bilhete disse que a saída era entre 6:30 e 7:00, mas melhor assim do que atrasado né.

Corremos e às 6:20 estávamos prontos. Sorte que compramos o café da manhã um dia antes e fomos comendo no caminho. Já sabíamos que não ia dar para tomar o café no hotel.

Veja aqui onde se hospedar em Gili Trawangan ou reserve pelo Airbnb e ganhe crédito de R$100,00.

De Kuta às Ilhas Gili

Foram quase uma hora e meia até Padangbai, local de onde sai o ferry boat para Lombok. Eu dormi a maior parte do tempo, claro.

A van chegou perto do porto e logo uns ajudantes do motorista colocaram a bagagem dentro de uma lanchonete. Depois o cara falou que o barco saía às 9 horas e perguntou se a gente queria tomar café da manhã. Hummmm daí as coisas se encaixaram.

Os caras saem cedo de Kuta, antes do horário do café dos hotéis e levam a gente direto para uma lanchonete uma hora antes da saída do barco. Será paranóia nossa?!?

Às 9 horas andamos até o local de embarque, esperamos um pouco mais até todos embarcarem pois o cara da empresa Wannen Wisata deixou para comprar os bilhetes do ferry de seus clientes por último. Ele podia ter comprado enquanto a gente estava esperando das 8:00 até às 9:00, mas não.

Conclusão: só sobrou lugar no sol!!! Arrumamos um cantinho na sombra perto da cabine do comandante e sentamos no chão mesmo…

O Ferry Boat de Bali para Lombok

O ferry saiu às 10 horas e a viagem demorou 5 horas. A Jú deu uma volta e viu um chinelo Havaianas com nossa bandeira. Seria brasileira?? A guria estava dormindo e a Jú não quis acordá-la para saber.

Um tiozinho misterioso parou do nosso lado e ficava olhando para nós, tentando disfarçar, mas muito mal disfarçado. Ele ficava apontando o dedo e mexia para cima e para baixo. Parecia que estava contando, sei lá.

Depois ele começou a passar essência de hortelã no pescoço. E continuava a mexer os dedos… O cheiro de hortelã tomou conta do lugar.

A Jú já bolou outra teoria…
O cara estava de olho na nossa bagagem, ele imaginava o que tinha dentro e ficava somando o lucro que teria. A essência de hortelã era um sonífero para eu e a Jú dormir. Mas esse sonífero não faz efeito no povo nativo porque eles tem uma proteção natural. Depois ele ia roubar nossas mochilas e esconder dentro de algum caminhão que estava dentro do ferry boat.

Logo que a Jú me falou isso, o cara foi embora. Daí ela disse que ele viu que ela descobriu o plano malígno e fugiu… huahuahuahu Isso que dá não ter o que fazer…

Trajeto de Lembar a Bangsal

Quando o ferry chegou em Lombok um cara da empresa estava esperando e logo pegamos um micro-ônibus, agora de Lembar para Bangsal.

O micro-ônibus era muito velho e apertado, os bancos pareciam para criança. A bagagem ficou toda amontoada no último banco e as duas portas ficaram abertas.

O busão parou em Mataram não sei pra quê e ficou meia hora parado. O motorista disse que era a parada para o lanche. Sim, sim, faz parte do esquema, pensamos…

Pegamos a estrada de novo e depois de um tempo o motorista parou numa lanchonete/hotel e falou que já estava tarde e que a gente podia dormir ali. Todo mundo chiou, foi um coro de WHAT???…

Depois o cara desconversou e falou que o pier estava logo alí e que dava para ir a pé. De novo, todo mundo: WHAT???

Ele desistiu de nos enganar e nos levou até o pier.

Depois ele falou que na volta a gente tinha que ir até a lanchonete pois era dali que o ônibus saía. Todo mundo reclamou, mas ele falou que não dava para o micro-ônibus chegar mais perto. Como não dava se ele levou a gente até lá?!?

De Bangsal a Gili Trawangan

Pegamos um barquinho para Gili Trawangan e uma hora depois chegamos lá. O barquinho era bem pequeno e estreito, para umas 10 pessoas.

No início a todo momento pensamos que o barquinho ia virar, mas depois de um tempo nos acostumamos com o balanço e passamos a curtir o visual do trajeto.

Vimos o sol se por de dentro do barquinho, no meio do mar. Foi lindo demais!!! A água é incrivelmente cristalina.

Em Gili Trawangan, o único hotel que encontramos disponível era feio, sujo, não tinha água quente e ainda custava o dobro do que em Kuta-Bali. Mas fazer o que né, ficamos nesse mesmo. Amanhã vamos procurar outro com mais calma.

Para planejar a sua viagem a Gili Trawangan, veja aqui as opções de hospedagem da ilha. E também tem esse post que ensina certinho como chegar as ilhas Gili de ferry e de speed boat, além de como ir de uma ilha a outra. Para planejar a sua viagem em Bali, leia os outros posts da Indonésia aqui. As atividades e tours em Gili você encontra aqui.

Veja mais sobre o assunto navegando pela categoria

Douglas e Julia

Douglas e Julia

Bio de casal? Como assim? É que alguns textos foram escritos juntos, então aqui estamos nós. Julia é gaúcha que solta uns 'ô meu' e Douglas é paulista que manda uns 'bah tchê'. São formados em Turismo e Hotelaria com especialização em Marketing, amam viajar e criaram esse blog em 2005. Já viu, né, viagem é o assunto principal deles.

6 comentários em “Dia 17 – Rumo às Ilhas Gili, como chegar da forma mais econômica

  • Avatar
    03/08/2007 em 01:51
    Permalink

    ola meu nome é eric, e achei fantastica a sua viagem kra!, muito foda!,
    um dia tb estarei fazendo minha trip pela asia, e gostaria d saber c vc
    já foi a india, e se foi quais as dicas q vc poderia me passar ,me passe
    pelo meu orkut: Eric Vinaud, blz , abraçaum e ótima trip pela asia para
    vcs dois!

    Resposta
  • Avatar
    03/08/2007 em 04:01
    Permalink

    Que locura… ehueheuh vão ter que começar a aprender as línguas nativas
    aí hein!! 😛E se cuidem hein, vai que a teoria da Jú não tava certa!!

    Resposta
  • Avatar
    03/08/2007 em 06:32
    Permalink

    hahaha é claro que estamos aqui diariamente e achando graça dos relatos
    alem do que ficando muito bem informados com todas as dicas e artimanhas
    locais….Quero que saiba que estou viajando com vocês viu… e nem
    pense em deixar para trás alguma coisa porque essas informações são
    preciosas para nós todos. Os que estão viajando e aqueles que ainda irão
    viajar….
    Aproveitem, aproveitem o quanto puderem!!!!!!!! hehhehehDete

    Resposta
  • Avatar
    03/08/2007 em 17:28
    Permalink

    Olá pessoal..estou meio sem tempo, mas sempre que dá eu veio postar..
    estou achando o máximo essa viagem…ainda bem que vcs nos levam de carona…rsrssrsrsrsrrsrssFico muito Feliz por vcs estarem nessa rota….
    bjs

    Resposta
  • Avatar
    09/08/2007 em 13:45
    Permalink

    Oi,meu povo… cuidem ao atravessar a rua, não aceitem balas de estranhos,
    rsrsrsrsrssrs,esta sendo muito bom acompanhar vcs.
    abraçossssssss

    Resposta
  • Avatar
    09/08/2007 em 21:51
    Permalink

    Eai Douglas Aki é o Dario cara , rcebi seu email e resolvi aconpanhar essa
    viagem de vcs !!!Nossa muito Show de bola !!!Espero que curtao muito e
    naum deixem de mostrar tudo que podem ehin kkk Um abraço pra vcs 2 E uma
    otmia TRip !!!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *