Gili Meno, um rústico paraíso da Indonésia

Sabe aquele pequeno paraíso, que quando você descobre fica na dúvida se conta para todo mundo? Aquele que faz pensar se não é melhor guardar em segredo para que os turistas não invadam o lugar?

Então, assim é Gili Meno.

Gili Meno, um rústico paraíso da Indonésia

Não que seja um paraíso secreto, pois desde os anos 1980 já faz parte do ‘banana pancake trail’, uma rota no sudeste asiático que atrai muitos backpackers estrangeiros. Mas pelo menos era desconhecida dos brasileiros quando nós fomos em 2007.

Veja aqui onde se hospedar em Gili Meno ou reserve pelo Airbnb e ganhe crédito de R$100,00.

Gili Meno, um rústico paraíso da Indonésia

Ilhas Gili (Meno, Air e Trawangan)

Gili Meno é uma pequena ilha que com Gili Trawangan e Gili Air forma o arquipélago de Gili (Gili Islands). Se localiza a noroeste de Lombok, na Indonésia.

Enquanto Gili Trawangan possui mais hotéis, pousadas e restaurantes e tem vida noturna agitada, Gili Meno é bem mais tranquila.

Compare aqui seguro viagem internacional com 5% de desconto.

Gili Meno, um rústico paraíso da Indonésia

Gili Meno

A população de Gili Meno é de menos de 500 pessoas e vive no vilarejo localizado ao centro da ilha.

Por causa da extensão da ilha, as plantações não suprem nem a necessidade básica dos moradores e a comida também vem de fora, o que as tornam mais caras do que em Bali.

A economia é baseada no turismo, na pesca e na plantação de cocos.  Não é difícil imaginar que praticamente todos os adultos direta ou indiretamente trabalham em algo relacionado ao turismo.

Leia também: Como chegar nas ilhas Gili | Roteiro de viagem pelo Sudeste Asiático | Quais são os principais templos de Bali

Gili Meno, um rústico paraíso da Indonésia

Para ter uma ideia da rusticidade, a fonte de energia elétrica da ilha é um gerador à combustão, que não funciona 24 horas por dia.

E não há fonte de água potável na ilha. A água para consumo é engarrafada e vem de barco de Lombok.

Além disso, a maioria das torneiras e chuveiros não possuem água doce.  É estranho, mas no segundo dia já nos acostumamos a escovar os dentes e tomar banho com água salgada, bombeada do mar.

Não há ruas asfaltadas, muito menos carros ou qualquer veículo motorizado. Por isso o local é ideal para quem busca distância da vida urbana. Se não quiser caminhar, a solução é alugar uma bicicleta ou pegar um ‘taxi’, que é um cavalo puxando uma pequena carreta.

Gili Meno, um rústico paraíso da Indonésia

É possível ‘ouvir’ o silêncio, que é quase total se não fosse quebrado por pássaros cantando.

Bali está na linha do horizonte, distante 35 km, e o Monte Rinjani, o segundo maior vulcão da Indonésia, domina a cena quando se olha para Lombok, no lado contrário.

Gili Meno, um rústico paraíso da Indonésia

Como são as praias de Gili Meno

Em menos de uma hora é possível dar a volta toda na ilha, que tem cerca de 2 km de extensão. Mas acredite, você vai demorar mais. É impossível não andar devagar, admirando a belíssima paisagem.

Gili Meno, um rústico paraíso da Indonésia

As praias são de areia branca e fina, como cenário de filmes. A água do mar nos faz imaginar que já inventaram um photoshop automático, que fica na retina e imediatamente faz tudo parecer incrível.

Gili Meno, um rústico paraíso da Indonésia

Por causa da água quente e da transparência, a ilha é ótima para mergulho e snorkeling.

A dona da pousada onde ficamos ficou inconformada que uma febre nos impossibilitou de mergulhar. Se ela ficou assim, imagina nós, que tivemos que só ouvir ela descrever como são os pontos de mergulho da ilha.

Você olha para as pequenas construções, algumas bem rústicas, e a decoração te remete ao fundo do mar com desenhos e mosaicos de tartarugas marinhas, conchas e estrelas do mar.

Quando o sol nasce, a silhueta do vulcão encanta. Quando o sol se põe, é a vez da lua fazer dueto com o Monte Rinjani. É simples, maravilhoso e inspirador.

Gili Meno, um rústico paraíso da Indonésia

As qualidades são inúmeras, por isso Gili Meno é um lugar perfeito para se desconectar do mundo.

Gili Meno, um rústico paraíso da Indonésia

Para planejar a sua viagem a Gili Meno, veja aqui onde ficar hospedado na ilha. E também tem esse post aqui que ensina certinho como chegar as ilhas Gili de ferry e de speed boat, além de como ir de uma ilha a outra. Para planejar a sua viagem em Bali, leia os outros posts da Indonésia aqui. As atividades e tours em Gili você encontra aqui.

Veja mais sobre o assunto navegando pela categoria

Douglas e Julia

Douglas e Julia

Bio de casal? Como assim? É que alguns textos foram escritos juntos, então aqui estamos nós. Julia é gaúcha que solta uns 'ô meu' e Douglas é paulista que manda uns 'bah tchê'. São formados em Turismo e Hotelaria com especialização em Marketing, amam viajar e criaram esse blog em 2005. Já viu, né, viagem é o assunto principal deles.

12 comentários em “Gili Meno, um rústico paraíso da Indonésia

    • Douglas e Júlia Sawaki
      06/06/2013 em 17:41
      Permalink

      Listinha?! ‘inha’ mesmo?? sei, sei 🙂 Abraço Rafa!

      Resposta
    • Douglas e Júlia Sawaki
      10/06/2013 em 11:15
      Permalink

      Oi Natalie! Tudo bem sim, melhor agora!
      Vou lá ver 🙂 Obrigado!!!

      Resposta
  • Avatar
    29/07/2013 em 05:53
    Permalink

    Tava pesquisando sobre a indonesia pq vou lá surfar e encontrei o site de vocês. Irado!! Vou incluir Gili Meno para descansar uns dias! Aloha!! Daniel

    Resposta
    • Douglas e Júlia Sawaki
      29/07/2013 em 09:29
      Permalink

      Surf trip na Indonésia, que irado!! Desejamos ótimas ondas para você! Aproveite a Indo e Gili Meno!
      Abraço!!

      Resposta
  • Avatar
    04/01/2014 em 21:24
    Permalink

    Fiquei apaixonada…. vcs acham que vale a pena ficar em Bali fazendo trabalho temporário por 2 meses e depois sai de michilão para conhecer outros lugares?

    Resposta
  • Avatar
    23/03/2015 em 22:26
    Permalink

    Muito boa as dicas,já fui para bali em fevereiro de 2015,mas não fui nas ilhas de Gili,vou ir em 2016 novamente.EXELENTE

    Resposta
    • Douglas e Júlia Sawaki
      19/10/2015 em 19:39
      Permalink

      Legal Marina, obrigadão pela recomendação!!

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *