O que você acha de uma cachoeira de cor verde esmeralda de longe e cristalina de perto? Demais né? E se ao invés de uma só, forem sete cachoeiras no mesmo lugar? Perfeito!

Erawan National Park

Assim é o Erawan National Park, um dos principais parques nacionais da Tailândia.

São sete cachoeiras, em sete níveis diferentes, espalhadas por uma trilha de uma hora e meia. São cerca de 2km que separam a primeira da sétima cachoeira.

Em meio à preservada natureza de mata fechada vimos muitas orquídeas, muitos bambus e alguns macaquinhos. Cada nível parece ter sido cuidadosamente colocado na trilha para aumentar gradativamente o grau de dificuldade de uma cachoeira para a outra.

Veja aqui onde se hospedar em Kanchanaburi ou reserve pelo Airbnb e ganhe crédito de R$100,00.

O que ver e fazer na Tailandia

O Erawan National Park possui 550km², fica a 70km da cidade de Kanchanaburi e a uns 50km ou 60km do Myanmar.

Almoçamos na entrada do parque, em um restaurante simples com comida local e o almoço estava incluído no preço do passeio.

As cachoeiras

Como o acesso à primeira cachoeira é mais fácil, ela fica cheia de turistas, estrangeiros e tailandeses.

Cachoeiras da Tailândia no Erawan National Park

Na segunda cachoeira ficamos impressionados, e nos perguntamos como poderia uma cachoeira ter uma cor tão incrível.

A terceira cachoeira tem um poço perfeito para nadar, é mais larga e mais funda.

Compare aqui as locadoras para encontrar o melhor aluguel de carro para viajar pela Tailândia.

Lugares incríveis na Tailândia

A cor e a transparência da água são muito mais visíveis do que a primeira e a segunda.

Já havíamos escolhido aonde iríamos nos refrescar, mas só na volta, ainda havia mais a caminhar.

Ouvimos dizer que o parque tem esse nome, porque a sétima cachoeira lembra o Deus Hindu chamado Erawan, um elefante de 3 cabeças. Como não fomos até lá, não sabemos se é verdade.

Por que não fomos? Porque a trilha fica cada vez mais difícil, estávamos muito cansados dos outros dias em Kanchanaburi e as outras cachoeiras já tinham nos convencido que o lugar é maravilhoso.

Resolvemos ficar no meio do caminho admirando, não precisávamos de mais provas de como a natureza da Tailândia é privilegiada.

Roteiro na Tailândia com lugares imperdíveis

Andamos até a quinta cachoeira e como a trilha começou a ficar difícil e o tour tinha hora para terminar, decidimos começar a voltar e parar na terceira cachoeira para um merecido banho.

Principais atrativos da Tailândia

Na beira da terceira cachoeira havia dezenas, centenas de peixes de todos os tamanhos. Fiquei preocupado a princípio, mas entrei na água mesmo assim.

Top lugares para conhecer na Tailândia

Ao entrar na água, os peixes começam a morder os pés para se alimentar das células mortas (eca). Além da limpeza de pele, eles fazem também uma massagem engraçada nos pés.

Pena que o tempo foi pouco e logo o tour terminou e voltamos para a cidade de Kanchanaburi.

o que vale a pena conhecer na Tailândia

Erawan National Park

Site: Parque Nacional de Erawan
Quanto: Em 2007 pagamos US$35,00 e o passeio incluía também um passeio de elefante, o rafting em jangada de bambu e uma refeição.
Onde: Kanchanaburi, Tailândia.
Como chegar: De carro: pela Highway 323, indo de Kanchanaburi. De ônibus: do terminal de Kanchanaburi há uma linha de ônibus até a entrada do parque, das 8h às 17:20h. O trajeto custa cerca de 40 Baht e leva 1:30h. Na volta, o último ônibus sai do parque às 16h.
Quando ir: As montanhas protegem o parque das monções, por isso chove pouco, com maior concentração entre maio e outubro. A estação fria é entre novembro e janeiro, mas não chega a ser muito frio. Entre fevereiro e abril o clima é bem quente.
Onde dormir no parque: É possível se hospedar no parque no camping (a partir de 125 Baht) ou nos bangalôs (diárias variam entre 800 e 5000 Baht).

Para planejar o seu roteiro na Tailândia, leia os outros posts aqui. E para saber onde ficar, veja as opções de onde ficar em Kanchanaburi. Os passeios e as atividades imperdíveis em Kanchanaburi você encontra aqui.

Douglas e Julia

Bio de casal? Como assim? É que alguns textos foram escritos juntos, então aqui estamos nós. Julia é gaúcha que solta uns 'ô meu' e Douglas é paulista que manda uns 'bah tchê'. São formados em Turismo e Hotelaria com especialização em Marketing, amam viajar e criaram esse blog em 2005. Já viu, né, viagem é o assunto principal deles.

12 comentários em “Erawan National Park e as 7 cachoeiras mais famosas da Tailândia

    1. Rafael, não sabemos bem das cachoeiras de Minas, mas essas da Tailândia são realmente impressionantes. Abraço!

  1. Putz que lindo, amei conhecer isso!! Já tô procurando se é perto de algum lugar que vou! É mais perto de Bangkok do que de Chiang Mai, porém ainda assim são 256Km, e 4:40h de distância segundo o google maps… ainda meio longe para um bate e volta! 🙁
    Qualquer distância pequena é grande em tempo na Tailãndia (#fato)

    1. Simone, o lugar é lindo mesmo, mas não é tão longe… Demoramos cerca de duas horas da rodoviária de Bangkok até Kanchanaburi.

      Ficamos 2 dias em Kanchanaburi. Bate e volta não dá.

      Se você puder, fique na cidade e conheça a ponte do rio Kwai, a ferrovia da morte e outros lugares relacionados com a 2ª Guerra. É muito interessante…

      Veja como foi nossos 2 dias lá, vale a pena ir…
      http://www.turismobackpacker.com/dia-51-308-kanchanaburi-ferrovia-da-morte-e-a-ponte-do-rio-kwai/
      http://www.turismobackpacker.com/dia-52-318-trekking-de-elefante-bamboo-rafting-cachoeiras-e-ferrovia-da-morte/

      1. Perai…será que não dá mesmo? (bate e volta) Pois se é quase no mesmo local onde tem a ponte do rio Kwai, já vi oferecerem tour da bangkok para lá!
        Li no seu outro post que só entraram no parque Erawan após o almoço, então se chegarmos lá umas 10h da manhã (saindo no onibus das 8h como vcs), não daria tempo de fazer as trilhas, dar um rolezinho fim do dia na cidade e voltar de onibus final do dia/noitinha??

        Tô com “1 dia de sobra” em BKK, pois não tô querendo fazer o passeio no mercado flutuante + tigres. Isso aí me pareceu mais bonito e genuíno!

        Me dá umas dicas…. vou cogitar e ver se dá, senão deixa pra uma próxima vez, fazer o que né…! 😉
        Thanks!!

        1. Simone, dependendo de como for o bate e volta até pode dar certo. Mas o parque fica a 70km depois de Kanchanaburi, então são 140km a mais do que o tour que ofereceram para você.

          De ônibus de BKK para Kanchanaburi leva cerca de 2 horas e depois de Kanchanaburi para o parque mais 1:30 com outro ônibus. Tem ainda o tempo de espera para o 2º ônibus sair de Kanchanaburi, que é imprevisível. E ainda tem toda a volta para BKK.

          Precisa ver também que Bangkok é uma cidade com problemas de congestionamento, o que pode fazer ficar mais demorado.

          Se você for com carro privativo e motorista pode dar certo, porque você poderá gerenciar melhor o tempo para poder conhecer a cidade também.

          Esperamos ter ajudado…

          1. Legal, ajudou a esclarecer bastante sim, obrigada!
            Acho que vai ser melhor deixar para uma outra vez, vai acabar ficando muita correria mesmo.

            Quem me citou o esquema da ponte do rio Kwai foi a Carina do Senzatia (e parece que foi no esquema carro particular mesmo, mas acabou não dando certo pois o motorista não entendeu)

  2. De nada Simone!

    Ir lá com calma e tempo vai ser melhor mesmo, porque tem bastante coisas interessantes em Kanchanaburi.

    Boa viagem pra você!

Deixe seu comentário