Algumas coisas nessa vida não precisam ser deixadas para depois.

Se você é viciado em viajar, ter o Certificado Internacional de Vacinação contra a Febre Amarela é uma delas.

A vacina serve para você não pegar a Febre Amarela em outro país, mas também para você não levar a doença para lá, caso já esteja com ela.

Lá vou eu então tomar mais uma vez a vacina. Tomei a primeira vez em 1998 e ela tem validade de 10 anos. Por isso já passou da hora.

Certificado Internacional de Vacinação contra Febre Amarela

Alguns lugares dão a vacina e já emitem o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia – CIVP (esse é o nome formal).

Postos de saúde comuns apenas aplicam a vacina e depois é preciso emitir o certificado internacional em um dos Centros de Orientação de Viajantes.

A diferença é que o certificado internacional é trilingue: em português, inglês e francês, para que seja compreendida mundo afora.

Mas não basta tomar a vacina. Isso precisa ser feito pelo menos 10 dias antes de embarcar para garantir o efeito. Importante saber que com menos tempo, há risco de você ser impedido de entrar nos países que exigem a vacina.

A vacina

A vacina pode ser tomada em qualquer posto de saúde estadual ou municipal.

Basta levar um documento, não precisa agendar e é gratuito.

Ao ser vacinado, você receberá um certificado de vacinação comum.

Guarde bem, pois ele será necessário para emitir o certificado internacional.

Na cidade de São Paulo, essa lista (aqui) mostra os locais de vacinação.

Emissão do Certificado Internacional de Vacinação contra a Febre Amarela

Com o comprovante de vacinação e um documento pessoal, vá em um dos Centros de Orientação de Viajantes da ANVISA (lista aqui) para receber o seu Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia.

Note que esses locais também aplicam a vacina, por isso se você ainda não a tomou, pode ir direto em um desses pontos.

Lembre-se de verificar o dia e horário em que é possível tomar a vacina e emitir o certificado logo em seguida.

Caso você tenha perdido o certificado, basta pedir a segunda vi.

Aviso importante

Algumas pessoas não podem tomar a vacina.

São elas: mulheres grávidas, bebês com idade inferior a 6 meses, pessoas em tratamento com corticoides, quimioterapia ou radioterapia, pessoas alérgicas a componentes da vacina e portadores do vírus HIV.

Mas ainda assim podem viajar com um Certificado de Isenção de Vacinação. Também pode ser solicitado nos Centros de Orientação de Viajantes da ANVISA.

Consulte a ANVISA e seu médico para obter os documentos necessários para a isenção (obrigado VnV por essa informação).

Países que exigem o certificado

Essa lista (aqui) da Organização Mundial da Saúde mostra o países que correm o risco de transmitir a Febre Amarela e os que exigem a vacinação.

Note o ‘yes’ no Brasil na coluna da esquerda. Então se você vai viajar para algum país que tem ‘yes’ na coluna do meio e da direita, você precisa tomar a vacina.

Note também que alguns países exigem o certificado mesmo se você só fez/vai fazer escala em um país com risco de transmissão.

Detalhe final: Lembre-se que nenhum site ou blog pode substituir a fonte de informação oficial. Visite o site oficial da ANVISA para mais informações (aqui) e veja também o guia de bolso Saúde do Viajante da ANVISA (aqui).

Douglas e Julia

Bio de casal? Como assim? É que alguns textos foram escritos juntos, então aqui estamos nós. Julia é gaúcha que solta uns 'ô meu' e Douglas é paulista que manda uns 'bah tchê'. São formados em Turismo e Hotelaria com especialização em Marketing, amam viajar e criaram esse blog em 2005. Já viu, né, viagem é o assunto principal deles.

PROGRAME A SUA VIAGEM AQUI

Escolha e reserve: Hotel | Airbnb

  Compare preços e planos e contrate o seu seguro de viagem

Compre antecipado e online entradas de atrativos e passeios: No Brasil | No exterior

Compare as empresas de aluguel de carros e viaje no seu tempo. Pagamento parcelado.

Compartilhe com seus amigos:

5 comentários em “Certificado internacional de vacinação contra a Febre Amarela

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *