Durante a viagem, sua mochila é sua casa. Se ela se rasgar, a segurança está comprometida. Se a alça se romper, você não terá como carregar confortavelmente. Se você não cuidar, pode ser furtado ou roubado.

Em qualquer situação terá uma dor de cabeça desnecessária com certeza.

Então, como proteger mochila durante a viagem?

Quando estávamos planejando o mochilão na Ásia, encontramos esse tópico no site mochileiros.com, testamos algumas idéias e durante a viagem chegamos a algumas conclusões.

Cadeado com cabo extensivo

Os bolsos externos das mochilas têm zíper, mas o compartimento principal na maioria das vezes é apenas uma cordinha que ‘enforca’ a extremidade interna da mochila.

Para fechá-la com segurança, é possível trocar a cordinha por um cadeado com cabo extensível, normalmente com código de segurança, dificultando o acesso interno.

Prós: muito mais seguro do que as cordinhas originais das mochilas.

Contra: protege apenas contra quem tenta abrir a mochila, permitindo ainda cortar o tecido.

[Foto de pacsafe.com]

 

Corrente de bicicleta

Para prender a mochila em bagageiros de ônibus e trens, e em albergues sem locker, uma simples corrente de bicicleta pode ser suficiente para que não roubem sua mochila.

É só passar a corrente entre as alças e prendê-la em alguma estrutura fixa dos bagageiros ou da cama do albergue.

Prós: simples e barato.

Contra: protege contra o roubo da mochila, mas não contra furto dos objetos guardados.

 

Rede de proteção

Feito de material metálico resistente, as redes de proteção são melhores para garantir a segurança das mochilas, pois protegem o conteúdo e também possibilitam prender a mochila, assim como a corrente de bicicleta.

Possuem cadeado com chave e capa para guardar quando não é usada.

Prós: realmente protege os objetos guardados e também contra o roubo da mochila.

Contra: é caro, mais pesado e pode dar a impressão de que há objetos de valor na mochila, chamando mais atenção.

[Foto de pacsafe.com]

 

Capa de despacho de bagagem

É uma capa mais grossa e resistente, que possui zíper para ser fechada com cadeado e possui alça para carregar e colar etiqueta de bagagem.

Custam normalmente entre 50 e 100 reais, mas é possível fazê-la com auxílio de uma costureira, com tecido de nylon grosso, zíper e fita de alça.

Prós: protege melhor a mochila e o conteúdo.

Contra: ocupa mais espaço para guardar do que a capa de chuva.

 

Capa de chuva

A capa de chuva, como o nome diz, é para proteger da chuva. Para a segurança da mochila, pode até quebrar um galho, mas não garante nada.

Pode ser usada para proteger a mochila de arranhões, de sujeira e de prender e estragar as alças na hora de despachar no avião ou colocar no bagageiro de trens e ônibus.

Nada mais do que isso. E ainda assim pode rasgar.

Prós: barato, leve e não ocupa espaço.

Contra: frágil e não protege o conteúdo.

[Foto de Macpac.com.au]

 

Como nós fazemos?

Nós mesclamos as formas de segurança.

Na hora de despachar a bagagem, usamos a capa de chuva para proteger contra sujeira e rasgos, mas ainda faremos uma capa resistente para despachar a mochila, pois 2 capas de chuva já se rasgaram.

Escolhemos mochilas com zíper duplo nos bolsos externos ou com um ponto fixo na mochila para fixar os cadeados. No compartimento principal trocamos as cordinhas pelos cadeados com cabo extensível. Dessa forma, a não ser que cortem o tecido, o conteúdo está protegido.

Usamos também a corrente de bicicleta, para poder dormir tranqüilo ao invés de ficar cuidando as mochilas.

A rede de proteção que nós usamos é o Pacsafe, e usamos só em uma das mochila de ataque, onde normalmente levamos os itens de maior valor, como eletrônicos e documentos.

Só usamos nos deslocamentos noturnos e durante a noite no hostel. Decidimos não usar nas mochilas cargueiras para não chamar muita atenção.

Até hoje sempre deu muito certo dessa forma, nunca tivemos problema algum.

E você, como faz para ter mais segurança com a mochila?

Douglas e Julia

Bio de casal? Como assim? É que alguns textos foram escritos juntos, então aqui estamos nós. Julia é gaúcha que solta uns 'ô meu' e Douglas é paulista que manda uns 'bah tchê'. São formados em Turismo e Hotelaria com especialização em Marketing, amam viajar e criaram esse blog em 2005. Já viu, né, viagem é o assunto principal deles.

PROGRAME A SUA VIAGEM AQUI

Escolha e reserve: Hotel | Airbnb

  Compare preços e planos e contrate o seu seguro de viagem

Compre antecipado e online entradas de atrativos e passeios: No Brasil | No exterior

Compare as empresas de aluguel de carros e viaje no seu tempo. Pagamento parcelado.

Os links acima são de nossos parceiros e nós recebemos uma pequena comissão por cada venda, o que nos ajuda a manter o blog. É como se você estivesse nos 'pagando um café' pelas dicas que damos.

27 comentários em “5 dicas de segurança para a mochila em um mochilão

  1. A minha mochila ja veio com a capa de chuva e com a capa mais grossa para despachar no aviao. Como ela eh daquele modelo que abre estilo mala, ficava sempre trancada. E na de ataque, tambem colocava um cadeado e ela ficava sempre no locker e sempre com um cadeado meu. E, quando eu viajava de trem ou onibus, a mochila de ataque ficava sempre comigo.

    1. Oi Fernanda Souza, já veio com 2 capas? que legal! Qual é a marca e modelo da sua mochila? A nossa também tem o ziper que abre a frente inteira, que fica sempre com cadeado, e tem também a cordinha na parte de cima. A sua não tem a cordinha?
      Nós somos muito preocupados, nunca deixamos a mochila de ataque no locker ou as coisas de valor. Sempre pensamos ser mais seguro levar tudo junto durante os passeios, inclusive o notebook.

    2. Uma marca australiana (comprei la) chamada Caribee. Procurei na net, mas nao encontrei a foto, so 1 modelo parecido. Paguei 130 dolares australianos (sao 2 mochilas e veio as 2 capas sim, facilitou bastante minha vida). To fazendo 1 post sobre mochilao e vou postar a foto e te mando o link. Olha, eu passei meses com essa neura de me roubarem nos hostels. Mas, depois de ver o que os gringos faziam (deixar money belt em cima da cama) e nao ter nada roubado, passei a relaxar. Nos passeios diarios, eu deixava meu netbook no locker mesmo, mas sempre com meu cadeado. Minha mochila eh relativamente parecida com essa. http://www.caribee.com/product.php?prd=413

    3. Nós também vimos os gringos bem desencanados com a bagagem, mas sempre pensamos que se tivesse um, só um mal intencionado, poderia estragar o restante da viagem, então cuidamos sempre. E nem era tão neura assim, isso nem interferia no dia-a-dia, era bem tranquilo. Vamos esperar o post então para saber mais sobre essa mochila 🙂

    1. Je, obrigado pelo comentário! Bolívia, que legal!!! Veja os outros posts sobre planejamento, tem bastante dicas para quem está começando a viajar de mochilão 🙂

  2. Adorei as dicas são bastante úteis, porém estou com uma certa dificuldade em encontrar o cadeado com cabo flexível aqui no Brasil, já procurei em diversos sites e só encontrei em um site de Portugal. Existe esses cadeados para vender aqui no Brasil?
    beijos Paula

  3. Muito bom esse post! Vo comprar um desse cadeado com cabo pra passar no lugar da cordinha do mochilão. Valeu!!

  4. olá, gostei muito das dicas de vcs, estou programando uma viagem para a alemanha, e como vou passar vinte dias viajando, vou com uma mochilona nas costas mesmo. estou mto preocupada com o despacho dessa mochila, e por isso tenho pesquisado capas para despacho. vcs conhecem alguma marca que venda esse tipo de capa? porque não tenho achado em nenhuma das grandes lojas de artigos relacionados…

    muito obrigada!!!

    1. Olá Raissa!! Obrigado pelo comentário!!

      A Deuter possui 2 modelos, Transport Cover e Flight Cover. A marca não vende direto no site dela, mas indica onde comprar.

      Abraço!

  5. Olá! Para despachar, será que embalar com filme plástico, esses de casa mesmo, ficaria feio? Eles usam um material parecido, só que bem mais resistente, claro, para embalar. Mas é caro, não compensa.

    1. Alan, o plástico filme não protege a mochila porque é bem fino. Precisa passar bastante fita adesiva.

      Ele serve mais para saber se alguém abriu a mochila, mas não garante a segurança.

      Abraço!!!

  6. Olá Douglas e Júlia,
    Obrigada pelas ótimas dicas deste post!
    Fiquei com uma dúvida quanto ao cadeado com cabo extensível, ele tem extenção suficiente para abranger toda a boca da mochila? eu vi no site mas não localizei a informação sobre o comprimento e como é um pouco caro achei melhor perguntar antes de comprar.
    Valeu pessoal, aguardo sua resposta.
    Abs

  7. Olá Douglase Júlia muito obrigada pela dica, creio que este cadeado sugerido será perfeito, apesar de um pouco caro vale a pena o investimento pois além da segurança é um item não descartável 🙂 Valeu pessoal

    1. Oi Leide, disponha, estamos aqui pra ajudar no que for possível. Depois conte se deu certo na sua mochila. Abraço,

      Douglas

  8. Minha mochila é uma mala/mochila conversível que tem lugar certinho para o cadeado, então não tem problema. E o pano dela é mais rígido, não tem como rasgar. Super recomendo a quem tá comprando mochila de não comprar uma mochila tradicional. Elas são pensadas para quem vai fazer trilha, não para o viajante moderno. Tem algumas mochilas pensadas para quem viaja de avião que tem tamanho para levar como mala de mão, fecham direitinho, tem compartimento para líquidos e laptop, etc. Tipo tortuga, minaal, Kelty flyway e redwing (que também tem modelos femininos).

Deixe seu comentário