Hoje queremos te contar sobre mais uma experiência que vivenciamos em Gramado, na Snowland, um dos principais pontos turísticos da cidade.

A Snowland é, como o nome sugere, um parque com neve 🙂 Ah! a neve… difícil quem não goste de se divertir com ela, e quem nunca viu, com certeza tem vontade de viver essa experiência, né?

O legal de ter um parque assim é que é possível visitar durante o ano todo, não só durante o inverno. Mesmo no calor dá para ver a neve, pegar, brincar, esquiar, patinar e praticar snowboard. Isso porque o parque é fechado e produz a sua própria neve.

Posso te garantir que a neve é igualzinha a neve natural e o frio, claro, é abaixo de zero. Senti até um friozinho agora brrrrr.

Escolha e reserve sua hospedagem em Gramado: Hotel ou Airbnb | Compare as locadoras e alugue seu carro para ir de Porto Alegre à Gramado.

O parque Snowland é dividido em quatro áreas: Vilarejo Alpino, Montanha de Neve, Mirante Bela Vista e Escola de Neve. Continue lendo porque vamos contar como foi a nossa experiência.

Vilarejo Alpino da Snowland

Depois de passar pela entrada e receber uma pulseirinha que serve de comanda, chegamos na área do Vilarejo Alpino. É tão bonita a decoração dessa área, a ambientação toda foi inspirada nos Alpes Suíços.

O clima de inverno começa a tomar conta de nós quando vemos os visitantes patinando no gelo. A pista fica bem no meio do Vilarejo Alpino e tem instrutores para auxiliar quem está aprendendo e também oferece, além dos patins, todo o equipamento de segurança necessário.

Ao redor da pista de patinação estão algumas lojas, como um centrinho comercial de vila, com opções para comprar chocolate, roupas e objetos de decoração.

Estávamos super curiosos para conhecer as outras áreas, então deixamos para patinar depois.

Antes de encarar a neve

Você não iria vestindo qualquer coisa para a neve, não é? Então, isso também se aplica ao Snowland. A diferença é que lá eles emprestam tudo. Então antes de entrar na área da Montanha de Neve, passamos por uma área de vestiário onde pegamos um kit para enfrentar o frio abaixo de zero.

Nesta parte do parque só é permitida a entrada com essas roupas especiais, afinal de contas é frio demais messsmo, são 4 graus negativos.

Pegamos blusa e calça especial, capacete, luvas e botas, tudo incluso no valor do ingresso. Cada item está separado por tamanho, então você vai pegando o kit e se precisar tem funcionários para auxiliar.

Nos vestimos, colocando as roupas de frio por cima da nossa roupa e ficamos tipo pinguins, andando meio balançando o corpo hahaha e partimos para a diversão.

Se você tiver com bolsas e outros volumes e quiser deixar no armário, tem que pagar uma taxa de uso, mas pelo menos você fica livre para aproveitar melhor, né. Nós carregamos as nossas pois nossos equipamentos e maquinas fotográficas estavam dentro.

Leia também: Onde ficar em Gramado, Roteiro de viagem em Gramado e Onde comer em Gramado gastando pouco.

Montanha de Neve

Então entramos na Montanha de Neve, ai que frioooo, deu pra sentir o rosto gelado. E ali na nossa frente estava uma montanha de 15 metros de altura e 120 metros de descida. Tudo tão bonito, cheirinho de neve, vontade de sair correndo e pular no montinho branco a nossa frente.

Aproveitamos o máximo que pudemos, tiramos foto com o Yeti.

Almoçamos na cabana ali ao lado da pista, ou melhor, do lado de fora dessa cabana. Bom, isso eu não recomendo, pois apesar de parecer legal é muito frio. Pedimos um creme de legumes dentro de um pão, daí tivemos que tirar as luvas para conseguir comer…

Aqui vale a pena tomar um chocolate quente e, para almoçar, sugerimos ir até o Mirante Bela Vista. #FicaDica

Quando estávamos terminando de almoçar, o personagem Flokus passou por nós e nos convidou para participar da apresentação “Flokus – Em Busca da Neve”. Claro que aceitamos o convite e lá fomos nós. Foi bem divertido. Acho que os adultos acabaram se divertindo mais que as crianças.

Então, depois da digestão né, fomos para aventura. Para quem não tem tempo de aprender a esquiar, fica a opção de escorregar de boia.

Descer a montanha é muito divertido, mas cansa ter que subir toda a montanha puxando a sua própria boia. Mesmo assim, vale a pena.

Escola de Neve

A escola de neve é um serviço pago a parte, não está incluído no ingresso. Nessa área a Snowland oferece aulas de ski e snowboard com instrutores qualificados. Mas para isso, vale a pena ir de manhã e passar o dia no parque.

Pulamos a parte do ski e snowboard, até porque teríamos que fazer aula e ainda estamos aprendendo a andar de patins, imagina as cenas engraçadas e os roxos que poderiam surgir né. Melhor deixar para a próxima.

Estávamos ficando com muito frio, então resolvemos tomar algo quente e fomos para o Mirante Bela Vista. Mas antes, precisamos sair pela área de vestiário e tirar toda a roupa especial de frio que o Snowland empresta.

Leia também: Tour o Quatrilho, De Ferrari em Gramado – Super Carros e 4 lugares em Gramado para realizar sonhos.

Mirante Bela Vista da Snowland

Essa área do Mirante Bela Vista fica bem no alto, no último andar do parque. Aqui tem uma praça de alimentação e também uma vista para a montanha de neve. Uma bela vista, como o próprio nome diz.

É um ótimo lugar para fazer uma pausa, repor as energias e depois continuar aproveitando o parque.

Aqui também tem um pequeno parque de diversões para as crianças, com brinquedos, vídeo games e outros jogos (sem passar frio hehehe).

Nós aproveitamos para descansar um pouco, nos aquecer e quando percebemos já estava na hora de voltar para o hotel. Infelizmente, pois era nosso último dia em Gramado e tínhamos que partir.

Vale a pena visitar a Snowland?

A Snowland é um parque com atrativos para crianças e adultos. Tem várias atividades que já estão inclusas no ingresso e poucas que você precisa pagar a parte. Como disse, o tempo passou super rápido, nos divertimos muito. Acabamos não patinando e nem fazendo as aulas, mas quem sabe no ano que vem.

Se vale a pena? Super vale a pena. Principalmente se você ainda não teve a oportunidade de conhecer a neve, ou então, ama se divertir nela.

Esse passeio foi uma cortesia do parque Snowland. Muito obrigada! O almoço e atividades extras foram por nossa conta.
Todas as informações aqui relatadas são referentes a nossa experiência e opinião, sem qualquer interferência do parque, respeitando assim o nosso compromisso com você leitor e com os princípios deste blog.

Importante Saber

Endereço: Rodovia RS 235, nº 9009 – Bairro Carazal – Gramado/RS. (Sentido pórtico Gramado/Nova Petrópolis)
Quando: Todos os dias (antes de ir confira no site se não está fechado para manutenção, pode ocorrer).
Horários: Das 10h às 17h. Julho e entre 1 de dezembro e 15 de Janeiro das 09h às 18h.
Ingressos: Em setembro/2017 – R$ 129,00 a partir de 12 anos. De 4 à 11 anos R$ 106,10. Maiores de 60 anos R$ 113,76,00. Compre aqui e parcele em até 6 vezes.
Atrações pagas a parte: Ice Games – R$ 3,00 cada ficha. Aula de Snowboard ou esqui (inclui equipamento): R$ 130,00. Locação de equipamento para esqui ou snowboard: R$ 60,00. Fotos nos cenários (fotografo): R$ 15,00 cada.
Dica extra: Leve seu gorrinho, cachecol, um casaco e meias extras. Vai fazer toda diferença para te manter aquecido, mesmo que esteja super calor do lado de fora, lá dentro a temperatura é abaixo de zero 😉

Compre seus ingressos aqui parcele em até 6 vezes.

Para planejar o seu roteiro em Gramado, leia os outros posts aqui. E para saber onde ficar, veja as opções de onde se hospedar em Gramado. Os passeios, as atividades imperdíveis e os transfers você encontra aqui.

Posts relacionados

Douglas e Julia

Bio de casal? Como assim? É que alguns textos foram escritos juntos, então aqui estamos nós. Julia é gaúcha que solta uns 'ô meu' e Douglas é paulista que manda uns 'bah tchê'. São formados em Turismo e Hotelaria com especialização em Marketing, amam viajar e criaram esse blog em 2005. Já viu, né, viagem é o assunto principal deles.

Deixe seu comentário