O sagrado Rio Ganges, na sagrada Varanasi

Varanasi é a mais sagrada cidade da Índia. As lendas dos Hindus dizem que a cidade foi fundada por Shiva, o deus da destruição e da transformação.

Conhecida pelos indianos por Benares ou Kashi, Varanasi é a mais antiga cidade continuamente habitada do mundo.

São cerca de 3.200 anos da mesma civilização, no mesmo local! Deve ser por estarem lá há milênios que eles não se perdem nas estreitas e sinuosas ruas que fazem qualquer estrangeiro se sentir em um labirinto sem fim.

Veja aqui onde se hospedar em Varanasi ou reserve pelo Airbnb e ganhe crédito de R$100,00.

Vista como o coração do universo Hindu, Varanasi é o encontro do mundo físico e espiritual, e toda a religiosidade converge para o Rio Ganges, chamado por eles de Ganga.

Cidade mais sagrada da India Varanasi Rio Ganges

O Sagrado Rio Ganges

O Ganges nasce no Himalaya, em território indiano, limpo e puro. Conforme a água vai avançando no trajeto de mais de 2.500 quilômetros rumo à Baía de Bengala, entre cidades densamente povoadas, fica cada vez mais poluído.

Anos atrás, a quantidade de coliformes fecais na água do Ganges era mais de mil vezes maior do que a considerada apropriada (500 para cada 100 ml de água), mas hoje em dia, é apenas 120 vezes maior.

O que ver e fazer no Rio Ganges na India

Muitos indianos vão à cidade para… morrer.

Isso mesmo, eles acreditam que quem morre em Varanasi se liberta do Moksha, que é o ciclo infinito de morte e renascimento.

Cremação nos Ghats

E o melhor lugar da cidade para morrer é o Rio Ganges, o rio sagrado. Por isso na margem há diversos ghats, alguns exclusivos para cremação dos corpos.

Caminhando pela margem é fácil presenciar uma cerimônia de cremação.

O preço da cremação é calculado pelo peso e pelo tipo de madeira usada, sendo o sândalo o mais caro.

As cinzas dos cremados e os corpos dos que não tiveram dinheiro suficiente para a cerimônia são jogados no rio.

Cerimonia de cremação no Rio Ganges em Varanasi India

História e cultura

Varanasi é definitivamente um destino obrigatório de todas as viagens para a Índia.

A cidade não é linda, mas a cultura e os costumes que se pode observar lá são fascinantes, completamente diferentes.

Na margem, enormes e detalhadas construções que hoje servem de hotéis, foram palácios dos maharajás séculos atrás.

Principais atrativos da India Varanasi Rio Ganges

Um dos pontos altos é observar os homens santos (Sadhus), que se abdicaram do mundo material, e vivem rezando e meditando.

Há também alguns poucos falsos sadhus, que ‘abdicaram’ os bens materiais para pedir doações aos turistas.

Meditação no Rio Ganges India

Entre eles há também trabalhadores, que usam o Ganges como lavanderia e depois estendem os sáris e os lençóis (dos hotéis!) nas escadarias da margem.

Curiosidades sobre a Índia

Num momento ‘privativo’ (em meio a centenas de pessoas) os peregrinos se banham no rio para se purificarem.

Crianças brincam na água, estudantes desenham a paisagem, alguns pescam.

Como é o Rio Ganges em Varanasi na India

O Rio Ganges é o mais poluído do mundo, mas ainda assim é possível ver beleza nele.

Ao mesmo tempo que tem imagens ‘feias’, é um dos melhores lugares para quem gosta de fotografar.

Varanasi é um dos lugares mais peculiares do mundo, e quem o visita, nunca mais se mantém o mesmo.

Lugares imperdíveis na India Varanasi Rio Ganges

Para planejar o seu roteiro na Índia, leia os outros posts aqui e para saber onde ficar, veja as opções de onde se hospedar em Varanasi. Os passeios e as atividades imperdíveis em Varanasi você encontra aqui.

Veja mais sobre o assunto navegando pela categoria

Douglas e Julia

Douglas e Julia

Bio de casal? Como assim? É que alguns textos foram escritos juntos, então aqui estamos nós. Julia é gaúcha que solta uns 'ô meu' e Douglas é paulista que manda uns 'bah tchê'. São formados em Turismo e Hotelaria com especialização em Marketing, amam viajar e criaram esse blog em 2005. Já viu, né, viagem é o assunto principal deles.

5 comentários em “O sagrado Rio Ganges, na sagrada Varanasi

  • Avatar
    08/01/2013 em 16:36
    Permalink

    Sempre leio o blog, mas é a primeira vez que comento.
    Um dia eu vou lá.

    Muito obrigado pelas dicas. Feliz ano novo!

    Resposta
    • Douglas e Júlia Sawaki
      10/01/2013 em 09:01
      Permalink

      Olá Braga! Que legal saber que você sempre lê!

      Agora que comentou a primeira vez, esperamos que continue dando suas opiniões.

      Obrigado pelo comentário! Feliz ano novo!!!

      Resposta
  • Avatar
    26/09/2013 em 10:43
    Permalink

    Ótimo post! A Índia está no meu próximo roteiro e eu vou no Ganges também, não vou perder por nada esse choque cultural milenar. Abração proceis!

    Resposta
  • Avatar
    25/05/2018 em 20:48
    Permalink

    Que experiencia unica. deve ter sido marcante. um dia eu quero também viajar para esse lugar.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *