O post mais completo sobre seguro viagem

Dia 115 – Do Parque Provincial de Ischigualasto até Chilecito

{Segunda, 17 de junho de 2019} Dia de ir do Parque Provincial de Ischigualasto até Chilecito.

Hoje acordamos bem cedo. É que ontem não havia nada para fazer a noite, por causa do baita frio e por não ter internet. Então dormimos bem cedo.

Quando acordamos o para-brisa estava com uma fina camada de gelo e água do limpador de para-brisa estava congelada, então tivemos que esperar um pouco para conseguir limpá-lo e enxergar alguma coisa.

O frio estava cortante e foi difícil caminhar os poucos metros até o banheiro.

Tomamos o café da manhã no carro e logo nos aprontamos para seguir viagem. Dirigimos em direção à cidade de Chilecito, que apesar do nome, fica na Argentina.

Do Parque Provincial de Ischigualasto até Chilecito

O Parque Provincial Ischigualasto fica na província de San Juan e Chilecito, nosso próximo destino, fica na província de Rioja. A distância entre o parque e a cidade é de 240 km e fomos sem pressa. Nossa única preocupação era o combustível, mas dava pra chegar até Villa Union.

Do Parque Provincial de Ischigualasto até Chilecito

Do Parque Provincial Ischigualasto até Chilecito existem dois caminhos. Nós escolhemos o que vai pela Ruta 76 e mais adiante pela Ruta 40. Esse caminho passa por dentro do Parque Nacional Talampaya.

Do Parque Provincial de Ischigualasto até Chilecito

É obrigatório ter seguro viagem para viajar pra Argentina? Não é, mas já pensou se você precisa de atendimento médico lá? Deve ser caro demais! Você que é um viajante experiente não vai viajar sem seguro viagem, né. Veja aqui as opções de planos e seguradoras e com o nosso link, ganhe 5% de desconto.

Parque Nacional Talampaya

Sabe aquela dúvida que às vezes bate quando você está em um destino, se depara com uma atração muito legal, mas fica pensando se vai ou não? Então, assim foi o Parque Nacional Talampaya.

Do Parque Provincial de Ischigualasto até Chilecito - Parque Nacional Talampaya

Que ele é um lugar único no mundo não havia dúvida, apesar de terem nos dito que as paisagens mais ao norte eram de alguma forma semelhante e de graça.

O que gerou a dúvida foi o fato de ter de pagar a entrada do parque e além disso ser obrigado a pagar por uma excursão dentro dele. Não tem outro jeito.

Do Parque Provincial de Ischigualasto até Chilecito - Parque Nacional Talampaya

O problema é que apesar de não ser tão caro, tivemos que pesar o custo na decisão. Temos ainda meses de viagem pela frente.

Além disso, já tinha passado bastante a hora do almoço, nesse dia só havia vaga na última saída e por isso teríamos que dormir no camping do parque se não quiséssemos dirigir no escuro.

Isso implicava outros custos como a tarifa do camping para 2 pessoas mais o carro, alimentação no restaurante do parque, pois estávamos com poucos recursos.

Do Parque Provincial de Ischigualasto até Chilecito - Parque Nacional Talampaya

Decidimos não entrar, então só descansamos um pouco na entrada do parque para seguir viagem.

Para visitar o Parque Nacional Talampaya, as pessoas costumam ficar hospedadas em Villa Unión, distante 135 quilômetros do parque. Como nosso sentido foi ao contrário, decidimos somente abastecer o carro em Villa Unión e seguir até Chilecito, dirigindo por mais 110 km.

Esse trecho do caminho é de uma paisagem incrível, encontramos alguns guanacos e cactos gigantes.

Do Parque Provincial de Ischigualasto até Chilecito - Parque Nacional Talampaya

Depois pegamos uma reta sem fim, por vários quilômetros, mas com diversas paradas pelo caminho para apreciar a paisagem.

A terra aqui tem um tom avermelhado que dá um belo contraste com o céu azul. Não passa quase ninguém pela estrada, então dá pra parar para fotos o quanto quiser.

Do Parque Provincial de Ischigualasto até Chilecito - Parque Nacional Talampaya

Chilecito

Chegando em Chilecito percebemos várias pessoas vendendo lanches nas ruas, geralmente nas esquinas. A maioria tinha uma espécie de churrasqueira feita de tambor de ferro e preparavam um pão que parecia um chapati indiano.

Fomos primeiro procurar um lugar para dormir. A cidade é bem urbana, então não tem ponto com belas paisagens para escolhermos. Procuramos por um posto de combustível com estrutura de banheiro e wifi.

Rodamos por uns quatro lugares, inclusive fomos conferir a rodoviária, mas acabamos escolhendo um posto fora do centro que tinha espaço para estacionar e melhor estrutura e higiene.

Pronto, depois de escolher o lugar ainda na luz do dia, voltamos a andar pelas ruas e compramos o tal do pão.

Do Parque Provincial de Ischigualasto até Chilecito

Que estava quentinho dava pra saber, pois ele é feito na hora, mas devia estar também muito gostoso, pois as filas eram grandes.

Parece que é algo normal na cidade. Eles começam a assar lá pelas 17h30 e as filas vão se formando. É como passar na padaria voltando do trabalho.

Depois voltamos para o posto, colocamos o carro no modo casa e comemos uma pizza feita com essa massa do pão.

Do Parque Provincial de Ischigualasto até Chilecito

Descansamos, nos preparando para o último trecho até Cafayate.

Esse dia percorremos 248 km com belas paisagens e muitas retas.

Quer saber mais sobre essa viagem? Confira esse post aqui melevadeleve.com/viagem-de-carro-pela-america-do-sul

Você pode ir de avião à Mendoza ou Córdoba e explorar a região com carro alugado. Veja aqui um comparativo entre modelos de veículos e locadoras.

Números do dia:

Distância percorrida: 248 km
Alimentação: $ 145 pesos argentino (aprox. R$ 14,50)

Programe a sua viagem

Está gostando da nossa viagem de carro pela América do Sul? Então use nossos links para reservar as suas viagens. O valor não muda para você e a comissão que ganhamos é bem pequena, o preço de um cafezinho que você toma enquanto está lendo e se divertindo com o diário da viagem e as nossas dicas.

Hospedagem: Booking.com ou Airbnb (Airbnb com desconto de R$ 130,00 na primeira hospedagem e R$ 49,00 em uma experiência)
Seguro Viagem: Seguros Promo (com 5% de desconto)
Passagens Aéreas: Passagens Promo
Aluguel de carro: Rentcars
Transfers: Viator
Passeios: ViatorTiqetsTourOn e Get Your Guide

Agradecimentos aos nossos apoiadores dessa viagem:

  Como encontrar o melhor seguro viagem

Compartilhe
O post mais completo sobre seguro viagem
Douglas Sawaki

Douglas Sawaki

Formado em Turismo e Hotelaria, com experiência em vendas e marketing na área do Turismo. Paulista que aprendeu a curtir São Paulo depois que deixou de ser um cara estressado. Meio sedentário, meio esportista, se é que você me entende.

Deixe seu comentário