Neste último final de semana fomos assistir aqui em São Paulo o musical Wicked – A história não contada das bruxas de OZ.

É simplesmente excepcional, uma superprodução da Broadway baseada no best-seller do escritor Gregory Maguire.

Cenografia, música, figurino e efeitos especiais que não deixam nada a desejar para quem conhece os espetáculos exibidos em Nova York.

São vários os motivos para você ir assistir antes que acabe, mas vamos para os que consideramos principais:

1 – A história do Wicked

Quem já conhece o filme O Mágico de OZ, um clássico de 1939, deve se preparar para mudar de ideia sobre algumas coisas.

Musicais da Broadway Wicked em São Paulo

Quem não conhece, não ficará perdido, pois o musical conta o que aconteceu em OZ antes da Doroty chegar e um pouco depois de ela partir, como era antes e como se transformaram cada um dos personagens.

Como eles mesmo definem, é a história por trás da história.

Tudo gira entorno de duas garotas e uma amizade improvável: Elphaba e Glinda.

A Elphaba nasceu com a pele cor verde-esmeralda, inteligente, incompreendida e foi se tornando a bruxa “má”. A Glinda é loira, ambiciosa, popular e admirada pelos moradores da Cidade das Esmeraldas, todos a enxergam como a bruxa “boa”.

Uma muito diferente da outra, mas igualmente encantadoras.

Planeje a sua viagem pelos nossos links de afiliados: Hospedagem em Hotel ou Airbnb | Comparação de locadoras para aluguel de carro para viajar por aí | Seguro viagem internacional com 5% de desconto.

2 – A produção

Simplesmente fantástico o cuidado com os detalhes da cenografia, do figurino e dos efeitos especiais.

Musicais em São Paulo

 

A troca de cenários não acontece de forma abrupta quando acaba cada cena, vai acontecendo aos poucos, sutilmente, ao fundo, enquanto a cena vai chegando ao fim.

Os efeitos especiais são na medida para cada cena, sem exageros. E o figurino é incrivelmente variado e belo.

O musical conta com dois atos, o primeiro com 14 cenas e o segundo com 9 cenas e o final. A duração é de quase 3 horas.

Passagens aéreas
saindo de

 

3 – Os atores

O elenco é muito bom, com atores bem conhecidos entre os espectadores de musicais, como a Myra Ruiz interpretando a Elphaba, e a Fabi Bang como a Glinda.

Foto: Marcos Mesquita

Um dos atores é bem conhecido do grande público, Jonatas Faro, no papel de Fiyero.

4 – Você vai rir e chorar

O texto é tão bom que magicamente faz você se transportar para dentro de cada cena, te fazendo refletir e se sentir em vários momentos no lugar dos personagens.

Você vai rir muito, mas deixe levado seu lencinho, pois você também vai chorar.

É capaz de você deixar escapar um “Ah, mereceu!!” na cena que uma bruxa dá um tapa na cara da outra (sim, isso aconteceu bem atrás de nós).

Além disso, os diálogos são muito inteligentes, com um contexto bem atual, utilizando de bordões e uma linguagem adaptada à nossa cultura, ao nosso dia-a-dia.

Leia também: Roteiro de viagem em São Paulo | O que fazer no Bairro da Liberdade

5 – A mensagem

O musical, apesar de não deixar explicito, aborda diversos assuntos atuais como preconceito, bullying, ódio, inveja, amor, amizade, respeito, corrupção, ambição, manipulação.

A mensagem mais presente é como nos deixamos enganar pelas aparências e que ninguém é 100% bom ou mau. No fim, vemos que uma história pode ter vários pontos de vista.

6 – As músicas e as coreografias

As letras das músicas são tocantes e imagino que a adaptação para nosso idioma tenha sido um grande desafio. As vozes nos fazem ter certeza de que o elenco foi muito bem escolhido. As notas agudas são alcançadas com muita facilidade. É incrível. E as coreografias não deixam nada a desejar.

7 – O local

O teatro Renault é um atrativo por si só. Sua arquitetura impressiona logo de cara com sua fachada e lobby que foram tombados como patrimônio histórico.

Considerado o teatro mais importante de São Paulo, foi inaugurado em 1929. Tem espaço para acomodar 1530 pessoas.

Musicais em São Paulo o que ver e fazer

Não quero me aprofundar muito e acabar contado demais sobre a história, para não perder o encanto.

Mas garanto que você não vai se arrepender. É um dos melhores musicais que já assisti, e olha que já assisti alguns na Broadway.

Musical Wicked

Quando: De 4 de Março a 18 de Dezembro de 2016
Horários: Quinta e Sexta às 21h; Sábado às 16h e 21h; e Domingo às 15h e 20h.
Local: Teatro Renault, Av. Brigadeiro Luis Antônio, 411, São Paulo.
Ingressos: De R$ 25,00 a R$ 210,00. A venda na bilheteria do teatro e online no site Tickets for Fun
Classificação etária: Livre. Menores de 12 anos acompanhados dos responsáveis.

Para planejar o seu roteiro em São Paulo, leia os outros posts aqui. E para saber onde ficar, veja as opções de onde se hospedar em São Paulo. Os passeios, as atividades imperdíveis e os transfers você encontra aqui.

Posts relacionados

Douglas e Julia

Bio de casal? Como assim? É que alguns textos foram escritos juntos, então aqui estamos nós. Julia é gaúcha que solta uns 'ô meu' e Douglas é paulista que manda uns 'bah tchê'. São formados em Turismo e Hotelaria com especialização em Marketing, amam viajar e criaram esse blog em 2005. Já viu, né, viagem é o assunto principal deles.

Deixe seu comentário