Nesse último Domingo tivemos a oportunidade de visitar a Vila Oficial da Turma do Chaves, que está em exposição lá no Memorial da América Latina.

São apenas 25 minutos para visitar a vila, mas é tempo suficiente para trazer boas lembranças e curtir de perto um pouquinho da história que marcou gerações.

Ai que burro, dá zero pra ele

Logo que entramos na exposição vimos alguns painéis com a cronologia da série e de seus personagens.

Algumas coisas chamaram nossa atenção como a data do primeiro episódio, que foi em Fevereiro de 1973, e do último que foi em Janeiro de 1980. Nós nem eramos nascidos 😆

O que ver e fazer em São Paulo - Memorial da América Latina - Vila do Chaves

No México, país onde a série foi criada por Roberto Gómez Bolaños (o Chespirito), o nome da série é El Chavo del Ocho.

O próprio autor resume o resultado de tanto sucesso:

este personagem era o melhor exemplo de inocência e da ingenuidade próprias de um garoto, e o mais provável é que essas características tenham gerado o grande carinho que o público sentia por ele

Planeje a sua viagem pelos nossos links de afiliados: Hospedagem em Hotel ou Airbnb | Comparação de locadoras para aluguel de carro para viajar por aí | Seguro viagem internacional com 5% de desconto.

Foi sem querer querendo

No Brasil é exibido desde 1984 pelo SBT (há 32 anos) e em 2006 ganhou uma versão em desenho animado, sem a Chiquinha (Maria Antonieta de las Nieves) por questões de direitos autoriais.

Bolaños faleceu em Novembro de 2014, deixando como principal obra o Chaves, com seus 8 anos de duração, 292 capítulos e uma legião de fãs.

Depois de visitar essa sala, finalmente entramos na vila com o cenário oficial do seriado.

Quando ainda estávamos na fila para tirar a foto nas escadas, o Douglas falou “eu tiro uma foto sua e depois você tira uma minha” e foi aí que uma das organizadoras muito irritada disse bem assim, “não, não pode tirar individual, é uma foto por grupo, tem muita gente aqui, não dá”.

Cheguei a pensar que era a Bruxa do 71 que estava nos recebendo 😯

Tá bom, mas não se irrite

Nós nos olhamos e o Douglas disse “tá bom, mas não se irrite” 😛 , as pessoas ao redor deram risada.

A coordenadora tentou se explicar dizendo que era impossível, muita gente e bla bla bla.

Então pra acalma-la dissemos que tudo bem, entendíamos a situação e que não tinha problema e ainda pedimos se ela podia tirar a nossa foto 😀  E aí está o resultado:

O que ver e fazer em São Paulo Memorial da América Latina

Uma pessoa mal humorada só poderia tirar uma foto ruim assim.

Não tem como alguém tirar sua alegria se você não permitir. Estávamos lá pois gostamos muito do Chaves e era nosso momento de diversão, então Me Leva de Leve 😉

Leia também: Roteiro de viagem em São Paulo | O que fazer no Bairro da Liberdade

O que ver e fazer em São Paulo - Memorial da América Latina - Vila do Chaves

Era muita gente em um espaço muito pequeno, devia ter umas 100 pessoas. Alguns funcionários até tentavam organizar, mas foi praticamente impossível.

Eram três filas, uma para tirar foto nas escadas, a outra é para tirar foto no Barril e a última para visitar a casa do Seu Madruga.

O que ver e fazer em São Paulo - Memorial da América Latina - Vila do Chaves

Como tem muitas pessoas nos finais de semana, eles pedem que a foto nas escadas sejam tiradas em grupo, ou seja, você mais as pessoas que estão te acompanhando.

No Barril tem uma fotógrafa exclusiva e depois você pega a foto na fanpage do Memorial da América Latina.

O que ver e fazer em São Paulo - Memorial da América Latina - Vila do Chaves

E dentro da casa também devem ser fotos em grupo. Então fica a dica, se puder vá durante a semana para aproveitar melhor.

O que ver e fazer em São Paulo - Memorial da América Latina - Vila do Chaves

Na saída tinha uma lojinha que vendia camisetas, chaveiros, canecas, mochilas infantis e outros produtos do Chaves.

O que ver e fazer em São Paulo - Memorial da América Latina - Vila do Chaves

Ninguém tem paciência comigo

Ao lado da Vila do Chaves visitamos a mostra gratuita de cerca de 90 caricaturas do Chaves, do Chapolim e do próprio Chespirito.

Os desenhos foram feitos por artistas latino-americanos e o curador é José Alberto Lovetro.

O que ver e fazer em São Paulo - Memorial da América Latina - Vila do Chaves

A mostra conta também com um espaço para projeção de alguns episódios do Chaves. Aqui as visitações são apenas de Terça a Domingo, das 9h00 às 18h00.

Na saída ainda tivemos uma grata surpresa, encontramos o ‘Chaves e sua turma’.

O que ver e fazer em São Paulo - Memorial da América Latina - Vila do Chaves

Foi um passeio muito divertido, vale muito a pena. Mas tenha cuidado, pois você corre um sério risco de sair de lá com um sorriso bobo no rosto que pode durar o dia todo 😀

O que ver e fazer em São Paulo - Memorial da América Latina - Vila do Chaves

Uma dica muito importante, compre seu ingresso logo pois alguns dias já estão com as seções esgotadas. Corre…

🙂 Estamos editando o vídeo e assim que estiver pronto vamos publicar lá no nosso canal do YouTube. Então se inscreva para ficar sabendo 😉

A Turma do Chaves – Vila Oficial

Endereço: São Paulo no Memorial da America Latina (Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Barra Funda).
Data e horário: 20/02 até 27/03 – De Segunda a Sexta das 9h00 às 18h00 e Sábado e Domingo das 09h00 às 22h00.
Entrada: R$ 10,00 (estudante R$ 5,00). No site www.ingressorapido.com.br ou na bilheteria do Memorial (na recepção do prédio da Administração, todos os dias das 9h00 às 17h00).
Você pode ter mais informações no site oficial www.memorial.org.br

Para planejar o seu roteiro em São Paulo, leia os outros posts aqui. E para saber onde ficar, veja as opções de onde ficar em São Paulo. Os passeios, as atividades imperdíveis e os transfers você encontra aqui.

Julia Flores

Formada em Turismo e Hotelaria, com pós-graduação em Marketing Estratégico e experiência com marketing de destinos turísticos. Amo viajar, não pelos carimbos no passaporte ou pelas selfies, mas pelo o que as viagens me proporcionam. Gosto de praticar esportes, mas também adoro ficar de preguiça no sofá em dias frios ou chuvosos.

Deixe seu comentário