{Terça, 07 de maio de 2019} Acordamos às 8 horas, e ainda estava escuro em Bajo Caracoles.

Olhei pela janela e a mercearia não estava aberta ainda, então o posto de gasolina vintage também não deveria estar.

Se bem que nesse posto não tem isso de aberto ou fechado. A qualquer hora, é preciso chamar a dona, que mora na casa ao lado do hotel.

Tomamos café da manhã com a água que fervemos lá em El Chaltén, mas ela já estava morna. Não tem problema. A aveia ficou boa mesmo assim. Só o café que ficou bem sem graça.

O posto vintage de Bajo Caracoles

Antes de pegar a Ruta 40 novamente, tiramos fotos no posto vintage.

A distância entre Bajo Caracoles e Perito Moreno é de 130 km e pelos meus cálculos a gasolina dá até lá. Então nem precisamos abastecer aqui, ainda bem porque é beeem mais caro do que em outras cidades.

Em média estamos pagando 37 pesos no litro de gasolina, que em espanhol se chama nafta. O tipo de nafta que abastecemos é a mais barata, a Super 93. E aqui o preço dela está 47 pesos. Diria que é um roubo, mas é só a lógica de mercado, da oferta e da procura. Não, é roubo mesmo!

Ruta 40 até Perito Moreno

A Ruta 40 até Perito Moreno está em boas condições, com alguns trechos esburacados, mas bem sinalizados. Onde não há placas de “zona de bachas”, pode ir tranquilo.

No meio do caminho paramos para escovar os dentes e lavar a louça hehehe.

É que o banheiro ainda estava fechado lá em Bajo Caracoles e a louça da janta e do café da manhã ainda estava suja.

Estava um frio de lascar nos pés, mesmo com o sol aquecendo o corpo.

Na estrada a paisagem não teve muita novidade, nem locais que merecessem uma parada.

Continua a mesma coisa, retas enormes, pampa semi árida, rios secos, guanacos e ovelhas.

Almoço em Perito Moreno

Era quase meio dia quando chegamos na cidade de Perito Moreno. Procuramos um lugar aberto e afastado onde pudéssemos montar a cozinha e comer uma comidinha feita por nós mesmos.

E então teve sopa de capeletti com legumes. Uma delícia.

Onde dormir em Perito Moreno

Seguimos até o posto Axion, onde vamos passar a noite. Ele é 24 horas, a loja de conveniência fecha às 23h e os banheiros também, mas depois podemos pedir a chave pros frentistas.

Abastecemos o carro e fomos até o supermercado para abastecer os espaços vazios da campervan antes de entrar no Chile, que é mais caro do que a Argentina. Apesar de que nesse mercado as coisas estavam mais caras do que o normal.

Cuidando da casinha

Depois fomos trocar o óleo do carro.

Estamos prestes a completar 10 mil km de viagem, então aproveitamos para fazer a troca ainda na Argentina, porque… o Chile é mais caro.

Nós trouxemos o filtro e 3 litros de óleo do Brasil, pois não sabíamos se estaria mais caro ou não. Aqui o litro está em torno de 47 reais.

O serviço de troca e óleo deu 600 pesos, cerca de R$ 60.

Mudança na campervan

Voltamos ao posto, escolhemos um lugar em que a cama não fique inclinada e nos instalamos.

Hora de colocar a campervan no modo casa, e aproveitamos para fazer uma arrumação nova.

As comidas foram para os armários lateriais (onde antes ficavam as roupas e outras coisas), para que possamos enxergar melhor tudo o que temos.

Um armário para itens de café da manhã, um para itens de almoço e jantar, um para besteiras e o outro para estoque de coisas repetidas.

Os utensílios de cozinha saíram da parte da frente do armário e foram para a traseira (onde antes ficavam as comidas), para serem utilizados pela parte de trás do carro.

E algumas roupas ocuparam o armário da frente. Imagina o trabalho que deu tirar tudo do lugar e organizar novamente, amontoando tudo dentro da campervan.

Depois ficamos na loja de conveniência aproveitando a internet para trabalhar. Beliscamos uma empanada e ficamos até as 22:30.

O cansaço bateu, então fomos descansar em ‘casa’.

Quer saber mais sobre essa viagem? Confira esse post aqui melevadeleve.com/viagem-de-carro-pela-america-do-sul

Números do dia:

Distância percorrida: 135,2 km
Tempo: 2h dirigindo.
Combustível: $ 37,50/l pesos argentinos (aprox. R$ 3,75/l) em Perito Moreno.
Troca de óleo do carro: $ 600 pesos argentinos (aprox. R$ 60,00)
Mercado:  $ 1164,64 pesos argentinos (aprox. R$ 116,46)

Contribua para essa viagem

Está gostando da nossa viagem de carro pela América do Sul? Então use nossos links para reservar as suas viagens. O valor não muda para você e a comissão que ganhamos é bem pequena, o preço de um cafezinho que você toma enquanto está lendo e se divertindo com o diário da viagem e as nossas dicas.

Hospedagem: Booking.com ou Airbnb (Airbnb com desconto de R$ 130,00 na primeira hospedagem e R$ 49,00 em uma experiência)
Seguro Viagem: Seguros Promo (com 5% de desconto)
Passagens Aéreas: Passagens Promo
Aluguel de carro: Rentcars
Transfers: Viator
Passeios: ViatorTiqetsTourOn e Get Your Guide
Chip de celular para internet móvel e telefone: My Sim Travel
Transferência online de dinheiro para o exterior: Transfer Wise

Agradecimentos aos nossos apoiadores dessa viagem:

Julia Flores

Formada em Turismo e Hotelaria, com pós-graduação em Marketing Estratégico e experiência com marketing de destinos turísticos. Amo viajar, não pelos carimbos no passaporte ou pelas selfies, mas pelo o que as viagens me proporcionam. Gosto de praticar esportes, mas também adoro ficar de preguiça no sofá em dias frios ou chuvosos.

2 comentários em “Dia 74 – De Bajo Caracoles à Perito Moreno

    1. Marcelo, obrigado pela mensagem. Vamos publicar sim. Estamos agora no dia 90 e pouco da viagem, tem bastante material ainda para editar 🙂

Deixe seu comentário