Hoje foi o último dia em Chiang Mai. O roteiro de viagem pela Tailândia agora volta a Bangkok e de lá seguimos ao próximo país do mochilão pela Ásia.

Remédio contra Malária

Tomamos um café da manhã bem reforçado, pois hoje começamos a tomar o remédio contra malária e ele é bem forte. Voltamos ao quarto e tentamos escrever o diário.

O remédio deixou a gente meio grog, por isso desistimos de escrever e resolvemos sair e tomar um ar fresco.

Veja aqui onde ficar em Chiang Mai ou reserve pelo Airbnb e ganhe crédito de R$100,00.

New Zealand Guesthouse

Compramos por 350 Baht cada as passagens para Bangkok com o ônibus para os turistas. Depois almoçamos no New Zealand Guesthouse, o mesmo lugar do café da manhã.

Os preços do arroz frito e do suco batido estavam acima da média, mas pedimos mesmo assim. Para nossa surpresa, o tamanho do suco e o sabor da comida valem todos os 3 dólares gastos.

De bicicleta em Chiang Mai

Em Chiang Mai é muito fácil se locomover de bicicleta, pois não há subidas. O único problema é cruzar as avenidas que beiram os canais, tanto por fora como por dentro. Algumas vezes ficamos mais de 10 minutos esperando uma alma caridosa frear para deixar a gente atravessar.

Viaje tranquilo para a Tailândia com seguro viagem internacional, ganhando 5% de desconto.

Saímos para dar uma volta de bicicleta e no meio do caminho o pneu da Jú furou. Voltamos pedalando com o pneu furado mesmo, para trocar de bicicleta e continuar. Achamos que a dona das bicicletas iria cobrar o conserto, mas ela nem ligou.

Ônibus de Chiang Mai a Bangkok

Voltamos, terminamos de arrumar a bagagem e ficamos na internet até a hora do ônibus. Um minibus levou a gente até a rodovia e lá pegamos o ônibus para Bangkok.

O banco do ônibus deita bastante. Isso é bom né? Na verdade depende…

O ônibus veio já meio cheio e sentamos atrás de um cara que deitou o banco todo. Ficamos sem espaço nenhum para nos mexermos. O cara ainda por cima estava sozinho em 2 bancos. Ele percebeu, mas nem se importou.

Mas não, ele não iria assim de Chiang Mai até Bangkok… A Jú colocou os pés por cima do banco dele só de raiva e eu fiquei batendo o joelho.

Escrevendo esse diário no ônibus

Na parada, o cara desceu para comer e eu levantei um pouco o banco dele. Eu tinha tentado baixar o meu, mas o cara de trás pediu para levantar um pouco. Tá, tá certo, ele era enorme.

Quando o cara da frente voltou, ele percebeu que a gente levantou o banco, deu uma olhada pra gente, mas não disse nada. E fala pra ver… gringo espaçoso…

Para planejar o seu roteiro na Tailândia, leia os outros posts aqui. E para saber onde ficar, veja onde se hospedar em Chiang Mai. Na cidade tem muita coisa para ver e fazer, veja as opções aqui.

Posts relacionados

Douglas e Julia

Bio de casal? Como assim? É que alguns textos foram escritos juntos, então aqui estamos nós. Julia é gaúcha que solta uns 'ô meu' e Douglas é paulista que manda uns 'bah tchê'. São formados em Turismo e Hotelaria com especialização em Marketing, amam viajar e criaram esse blog em 2005. Já viu, né, viagem é o assunto principal deles.

4 comentários em “Dia 59 – Gringo espaçoso, de Chiang Mai a Bangkok

  1. “A Ju colocou os pes por cima do banco dele so de raiva e eu fiquei batendo o joelho.
    Na parada, o cara desceu para comer e eu levantei um pouco o banco dele.Eu
    tinha tentado baixar o meu, mas o cara de tras pediu para levantar um pouco.Ta,
    ta certo, ele era enorme…Quando o cara da frente voltou, ele percebeu que a
    gente levantou o banco, deu uma olhada pra gente, mas nao disse nada.E fala pra
    ver…gringo espacoso…”hauahuahuaoooooooooooo guueeeeeeeeerrrrra!!!
    … vai faaaaaaaala gringo, fala!!!toma um soooooooco!!!Dete

Deixe seu comentário