Dia 13 – Um dia comum em Kuta, Bali

Depois de ontem sem fazer nada, hoje foi mais um dia comum em Kuta, bem de férias mesmo.

Acordamos cedo para aproveitar o dia e às 9 horas fomos dar uma volta na praia aqui de Kuta mesmo.

Kuta Beach

A brisa do mar de Bali tem algo diferente, traz paz e calma. Muita calma.

Kuta tem areia macia e clara. De tantos em tantos metros tem uma árvore com boa sombra. É um local perfeito para descansar.

Hoje, de novo, ao olhar para a linha do horizonte, imaginamos o tsunami e se daria tempo de fugir se viesse aquela onda gigante.

Sem chance, aqui é tudo plano, teríamos que entrar correndo em algum prédio de pelo menos 3 andares. Isso é outra coisa difícil de achar. Difícil ver prédios por aqui.

Veja aqui onde se hospedar em Bali ou reserve pelo Airbnb e ganhe crédito de R$100,00.

Um dia comum em Kuta

Na volta passamos nas lojinhas e depois do almoço passamos de novo nas lojinhas. Ver as lojinhas de Bali é muito interessante. Percebe-se a cultura dos balineses, apesar de provavelmente ser um pouco modificada por causa das relações com os turistas.

Em todo lugar tem lojinhas, principalmente nas ruas Poppies I, Legian e Poppies II, mas os produtos são basicamente os mesmos. Cangas, camisetas, bermudas, vestidos, saias, artesanato em madeira, pinturas, cds, dvds, bijuterias e artigos de prata. Só muda o vendedor e o preço dependendo da cara do turista.

Eles costumam perguntar se é a primeira vez em Bali, quantos dias você está aqui, em qual hotel você está, de onde você é. E pelas respostas, eles estipulam os preços.

Todo dia me confundiram com balinês. Eles ficam falando na língua deles comigo e eu fico viajando. Depois eles perguntam de onde sou. Hahaha, é engraçado a cara de espanto deles ao saber que não sou daqui.

Quando a gente fala que é do Brasil eles ficam mais simpáticos, isso é automático… Estamos vendo na prática o que já ouvimos falar. Os estrangeiros gostam de brasileiros!

Acertamos o passeio de amanhã com o tiozão que só ouve blues o dia todo. A agência dele é bem pertinho do hotel e ele é um daqueles que vieram a Bali e nunca mais quiseram ir embora. Tem várias dessas pessoas aqui, pois dá vontade mesmo de ficar.

 

Curto circuito no hotel

Quando chegamos no hotel estava tudo escuro. O menino balinês do hotel falava e falava e gesticulava e a gente não entendia nada. Ele veio há pouco de Jakarta e não fala língua estrangeira.

Depois de uns 5 minutos conseguimos entender que parte do hotel tinha pego fogo. Pegamos a chave e corremos para ver como estava o nosso quarto, mas nem deu para ver porque estava muito escuro. O fogo foi em um quarto do terceiro andar e a gente está no primeiro, ufa.

Deu um curto-circuito no banheiro e a fiação pegou fogo. O cheiro de queimado tomou conta de todo o hotel e somente depois de meia hora que a gente chegou a luz voltou. Só eu gritei quando as lâmpadas se acenderam. Se fosse no Brasil seria a maior gritaria…

E agora a Jú está querendo mudar de hotel porque a lâmpada do nosso banheiro queimou 2 vezes em 1 semana e o teto está preto perto dela. Pode ser que dê um curto circuito no nosso quarto também.

Para completar, a Jú perdeu o anel que comprou 2 dias atrás. O anel já tinha virado um xodó e ela tá bem triste.

Dormimos cedo para aproveitar bem o dia de amanhã.

Para planejar a sua viagem em Bali, leia os outros posts da Indonésia aqui e para saber onde ficar, veja as opções de hospedagem. Os passeios imperdíveis na ilha, as atividades e os transfers você encontra aqui.

Veja mais sobre o assunto navegando pela categoria

Douglas e Julia

Douglas e Julia

Bio de casal? Como assim? É que alguns textos foram escritos juntos, então aqui estamos nós. Julia é gaúcha que solta uns 'ô meu' e Douglas é paulista que manda uns 'bah tchê'. São formados em Turismo e Hotelaria com especialização em Marketing, amam viajar e criaram esse blog em 2005. Já viu, né, viagem é o assunto principal deles.

2 comentários em “Dia 13 – Um dia comum em Kuta, Bali

  • Avatar
    26/07/2007 em 04:24
    Permalink

    não esqueção do meu presente..heheheheabraços….

    Resposta
  • Avatar
    27/07/2007 em 22:08
    Permalink

    Está muito interessante essa lenta viagem de regresso. Agora vejam lá se
    não se perdem pelo mundo e se “esquecem” de voltar ao Brasil… hehehe
    Grande abraço e continuação de boa aventura. Filipe

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *