Dia 122 – A história de Mahatma Gandhi, o Grande Alma

Hoje finalmente vamos descobrir o que tem para ver e fazer em Delhi.

Acordamos na hora do almoço, comemos e saímos para visitar o Gandhi Memorial Museum.

Demorou quase meia hora até conseguirmos um transporte para lá.

Quando os motoristas de autorickshaw não entendem para onde queremos ir, eles simplesmente aceleram e vão embora. Os que entendem cobram um absurdo.

Mahatma quem?

Ninguém entendia a palavra Gandhi. Poxa, será que a pronúncia estava tão errada assim?!?!

No Brasil, mesmo se um gringo erra a pronúncia de um ponto turístico, acredito que todos, ou pelo menos a maioria das pessoas entendem.

– Gandhi. Você já ouviu falar? Mahatma Gandhi, o Grande Alma, museu…
– Não sei…

Depois de um tempão, resolvemos pedir para o Raj Ghat, onde Ghandi foi cremado.

Quando um motorista parava o Tico ia perguntar.

Vários pararam e foram embora.
– Pô, ninguém conhece o Taj Ghat… Que coisa de doido…
– Que Taj Ghat? É Raj Ghat.
– AHH, por isso que ninguém conhece…

Veja aqui onde ficar em Delhi ou reserve pelo Airbnb e ganhe crédito de R$100,00.

(Resumo da) história de Mahatma Gandhi, o Grande Alma

Mahatma Ghandi nasceu em 02 de outubro de 1869, na cidade de Porbandar, no estado de Gujarat. Estudou direito em Londres e também morou na África do Sul.

Em setembro de 1906 iniciou o Movimento de Resistência Pacífica, pelo qual ficou conhecido mundialmente anos depois.

De março de 1922 à março de 1924, Gandhi foi aprisionado devido ao seu ativismo pró-independência, na época a Índia ainda era colônia britânica.

Ele criou ainda o Movimento de Não-cooperação e de Desobediência Civil. Foi novamente preso em 1931, em 1933 e em 1942.

Em 1947 a Índia foi dividida em 2 partes, tornando-se uma delas o Paquistão. Gandhi era a favor da Índia unida, mas os dois grupos principais, hindus e muçulmanos tinham interesses diferentes.

Onde a maioria era muçulmana, o território passou a ser do Paquistão. Coube então ao Paquistão, territórios à leste e à oeste da Índia.

Gandhi foi assassinado em 30 de janeiro de 1948, às 17:17 a caminho do Birla House, onde rezava todas as tardes.

O território paquistanês do leste tornou-se depois Bangladesh.

Raj Ghat

Quando chegamos no Raj Ghat começou a chover e não pudemos visitá-lo direito. Tiramos o calçado, pois não se pode entrar com ele, corremos para ver o ghat e tirar uma foto protegendo a câmera pra não molhar.

Roteiro sobre Mahatma Gandhi em Delhi na India

Principais pontos turísticos de Delhi na India

Lugares imperdíveis para visitar em Delhi na India

Satyagraha Ashram, Dandi March Memorial e o Museu de Gandhi

Depois visitamos uma réplica do Satyagraha Ashram, onde Gandhi viveu com sua esposa Kasturba.

Tour sobre a história de Gandhi

Vimos o memorial ao Dandi March, que começou em 12 de março de 1930. Com 78 seguidores, Gandhi partiu do Satyagraha Ashram e marchou por 24 dias até Dandi, na costa indiana, para quebrar uma lei, na qual os britânicos proibiam a produção de sal. Dandi March foi um exemplo perfeito de resistência pacífica às imposições do império britânico.

O que ver e fazer em Delhi na India

Visitamos também o museu que contém muitas fotos da trajetória do “Grande Alma” e também muitos objetos pessoais, como os óculos redondos, os chinelos “chapal” e as roupas simples que ele fazia questão de usar.

Museu em Delhi sobre Mahatma Gandhi

Voltamos ao hotel, descansamos um pouco, passamos na internet e jantamos.

Fomos dormir pensando nas lições de Mahatma Gandhi… “Olho por olho, e o mundo acabará cego”.

Para planejar o seu roteiro na Índia, leia os outros posts aqui e para saber onde ficar, veja as opções de onde se hospedar em Delhi. Os passeios, as atividades imperdíveis na cidade e os transfers do/para o aeroporto você encontra aqui.

Compartilhe
Douglas e Julia

Douglas e Julia

Bio de casal? Como assim? É que alguns textos foram escritos juntos, então aqui estamos nós. Julia é gaúcha que solta uns 'ô meu' e Douglas é paulista que manda uns 'bah tchê'. São formados em Turismo e Hotelaria com especialização em Marketing, amam viajar e criaram esse blog em 2005. Já viu, né, viagem é o assunto principal deles.

4 comentários em “Dia 122 – A história de Mahatma Gandhi, o Grande Alma

  • Avatar
    14/11/2007 em 19:58
    Permalink

    aaah mas é assim mesmo… as pessoas não conhecem as vezes o nome do ponto
    turistico. Em Fortaleza passei o maior sufoco querendo saber onde era um
    ponto turistico la… enfim o nome correto somente nos guia 4 rodas, pode?!
    Pouco se fala atualmente de Gandhi né mas vale a pena a gente relembrar:
    “O princípio do satyagraha, freqüentemente traduzido como “o caminho da
    verdade” ou “a busca da verdade”, também inspirou gerações de ativistas
    democráticos e anti-racistas, incluindo Martin Luther King e Nelson Mandela.
    Frequentemente Gandhi afirmava a simplicidade de seus valores, derivados
    da crença tradicional hindu: verdade (satya) e não-violência (ahimsa). Wikipédia

    Queria agora, aproveitar a oportunidade para fazer uma pergunta sobre cremação.
    Vi ja documentarios de entes familiares levando o corpo de seu parente morto
    envolto em lençol branco… muitas vezes conforme caminhavam despencava um membro
    e ai se punha pra dentro dos lençois novamente. Outra coisa, por vezes o corpo ja
    estava até putrefato!
    … vocês viram alguma coisa parecida ou é um pouco de exagero focado apenas para reportagem?
    bjuxxx

    Resposta
  • Avatar
    15/11/2007 em 18:01
    Permalink

    Oi, Julia e Douglas!!!!Demorou mas conseguiram se entender rsrsrsrsrsrrs….Quanto aprendizado né….continuem uma boa viagem….Bjsssss

    Resposta
  • Avatar
    24/11/2007 em 02:09
    Permalink

    oi Dete!
    Gandhi mudou a história da India.
    Quanto a cremação, pelo que vimos, os corpos são envoltos em um pano amarelo
    com detalhes dourados.
    São carregados em uma espécie de maca feita de bambu,aparentemente improvisada.
    O que sabemos é que tem uma data escolhida para fazer a cremação, então pode
    acontecer de o corpo ficar por um longo tempo esperando para ser cremado.
    Isso foi o que vimos lá.
    bjooooooooo

    Resposta
  • Avatar
    24/11/2007 em 02:22
    Permalink

    oi Pai!
    é assim mesmo, precisa ter muuuita paciência mesmo.
    realmente são aprendizados para toda vida.
    bjooooooooooo

    Resposta

Deixe seu comentário