Dia 104 – Taj Mahal, a maior prova de amor do mundo

Hoje visitamos o Taj Mahal, o ponto turístico mais conhecido da Índia e um dos mais famosos do mundo.

Acordamos às 5:00 para ir cedinho ao Taj e aproveita-lo o máximo possível.

Ficamos indignados com as pessoas que cruzam o mundo para vir até aqui e ficam apenas o tempo do tour, mais ou menos uma hora.

Sério gente, o Taj merece pelo menos metade do seu dia.

Veja aqui onde ficar em Agra ou reserve pelo Airbnb e ganhe crédito de R$100,00.

O Taj Mahal

A entrada custa 750 Rúpias cada e eles não dão nem um folder explicativo. Decepcionante.

Não pode usar tripé, para não atrapalhar a passagem das pessoas lá dentro. Então não pode nem entrar com tripé, mas tem um guarda volume perto da entrada.

Eu estava com o tripé gorillapod, que eu uso só para apoiar a filmadora no corpo para não tremer, mas mesmo assim não deixaram eu entrar com ele. O que eu fiz? Arranquei uma das pernas e ele tecnicamente deixou de ser um tripé kkkk Ai me deixaram entrar com ele.

Logo de manhãzinha já estava bem cheio, parece que ver o sol nascer é indicado a todos os turistas.

O sol da manhã proporcionou vários tons de cor ao decorrer das horas.

Passamos o portão principal e foi surgindo aquela maravilha em mármore branco. É IM-PRES-SI-O-NAN-TE!!!!

Realmente é uma das maravilhas do mundo!!!! Isso é que é marido, heim, construiu tudo isso para a esposa!

Roteiro de viagem em Agra - India - Taj Mahal

A Joia do Palácio

O Taj Mahal foi construído pelo Imperador Shah Jahan como um mausoléo para a sua esposa favorita, Arjumand Banu Begum, que ele chamava de Mumtaz Mahal, que significa a Jóia do Palácio.

A obra durou de 1630 a 1652 e contou com 22 mil trabalhadores.

Mumtaz Mahal morreu ao dar à luz ao 14º filho, tendo o Taj Mahal sido construído sobre seu túmulo, junto ao rio Yamuna.

O que ver e fazer no Taj Mahal India Agra

Shah Jahan pretendia construir seu próprio túmulo, uma réplica do Taj Mahal, na outra margem do rio, em mármore preto, mas foi deposto por seu próprio filho e aprisionado no Agra Fort.

Ficamos sentados na sombra observando o movimento dos indianos. Eles disfarçam, ou melhor, tentam disfarçar, para fotografar a Jú e eu fico tentando ficar na frente dela para escondê-la…

Outros ficam “desfilando” para serem fotografados pelos estrangeiros.

Algumas meninas estavam querendo pedir para tirar foto com a Jú, mas ficaram com vergonha. Deu para perceber algo assim:
– Pede lá.
– Não, vai você.
– Eu não…

No fim, ninguém pediu…

Só hoje descobrimos que os indianos são muito simpáticos. Mirávamos a câmera disfarçadamente, eles percebiam e começavam a fazer pose naturalmente…

Povo simpático, fotogênico e colorido: a alegria dos fotógrafos…

Para o álbum de fotos dos indianos

Uma senhora veio com a mão estendida para mim. Não falou nada. Estendi para ela também, ela segurou e me levou até a família dela.

Todos se posicionaram para a foto. Foi uma briga para ficar do meu lado.

Um senhor que estava longe saiu correndo para se juntar à família… Foi uma grande festa…

Como fazer amizade durante as viagens sozinha

Depois nos posicionamos na frente da escada de saída do Taj Mahal.

De novo foi muito divertido… As pessoas gostam de ser fotografadas. Um grupo de senhores bem simples sorria muito e acenava para nós…

O feijão no estilo indiano

Depois dessa manhã inteira no Taj Mahal, fomos almoçar no Joney’s e o nosso feijãozinho já estava pronto!

O feijão indiano é feito, lógico, com curry e muitos temperos… O caldo estava bem grosso e o sabor estava uma delícia!!!!

Onde comer em Agra

O Joney perguntou se estava bom, não pudemos responder só balançamos a cabeça. Para que perder tempo respondendo?

Quando fomos pagar falamos que não pagaríamos porque não estava bom e ele deu risada, pois ele sempre fala:

– No good, no money.

O cochilo merecido

Voltamos para o hotel e eu não resisti ao sono. dormi umas 3 horas.

O Douglas e o Tico ficaram vendo as fotos, mas logo o Tico também não resistiu ao sono e foi dormir. E o Douglas disse que “só” cochilou.

Acordamos com uma festança na rua. O povo passava acompanhando uma banda, dançando, estavam todos com o corpo e as roupas pintados de várias cores…

Roteiro de viagem em Agra com Taj Mahal India

Foi bem animado! Eu desci com o Tico e o Douglas ficou vendo da janela.

Por do sol com vista do Taj Mahal

Subimos ao terraço do hotel para ver o último pôr-do-sol com vista ao Taj Mahal…

Depois jantamos novamente no Joney’s Place. Provei o Veg Paratha, que é uma massa de roti um pouco mais grossa com vegetais dentro. Provei também o Panner Paratha, que é com um queijo branco típico da Índia, parecido com o queijo minas.

Para planejar o seu roteiro na Índia, leia os outros posts aqui e para saber onde ficar, veja as opções de onde se hospedar em Agra. Os passeios e as atividades imperdíveis na cidade você encontra aqui.

Veja mais sobre o assunto navegando pela categoria

Douglas e Julia

Douglas e Julia

Bio de casal? Como assim? É que alguns textos foram escritos juntos, então aqui estamos nós. Julia é gaúcha que solta uns 'ô meu' e Douglas é paulista que manda uns 'bah tchê'. São formados em Turismo e Hotelaria com especialização em Marketing, amam viajar e criaram esse blog em 2005. Já viu, né, viagem é o assunto principal deles.

19 comentários em “Dia 104 – Taj Mahal, a maior prova de amor do mundo

  • Avatar
    22/10/2007 em 15:40
    Permalink

    Oi, Julia e Douglas!Que lindas fotos!!… nao da para por mais??… rs..rs..Agora deu
    vontade de ir para aih tb!..rsAbs, Marina M.

    Resposta
  • Avatar
    22/10/2007 em 16:45
    Permalink

    Mas ao final pagaram quanto pelo Feijão? nossa a diferença entre o vietna e ai em
    relação a fotografias…Pena que Shah Jahan foi preso pelo seu proprio filho….
    Pensa o que ele teria construido Jonas Schwertner

    Resposta
  • Avatar
    22/10/2007 em 16:55
    Permalink

    … Quanta alegria num único dia!!! hehehehhe

    Resposta
  • Avatar
    22/10/2007 em 18:10
    Permalink

    Oi Ju e Douglas!!!!!Tiveram um dia de muitas alegrias, até feijão vcs comeram, tenham
    uma otima viagem para Jaipur..bjsssssss

    Resposta
  • Avatar
    22/10/2007 em 19:23
    Permalink

    mas e ai custou muito caro o feijao?eles serviram com o que para acompanhar.bjs.
    tudo de bom

    Resposta
  • Avatar
    23/10/2007 em 04:23
    Permalink

    Olá!Como eu disse no email, vou acompanhar vcs diariamente agora 😀Que lindas
    fotos do Taj!!!! ADOREI!Bjs e que tudo continue bacana por ai 😉Thaaty

    Resposta
  • Avatar
    23/10/2007 em 10:57
    Permalink

    Alguns dias sem poder desfrutar da vossa viagem e já senti falta.Recebi o postal e
    estou verdadeiramente feliz, há muito não recebo postais apesar de sempre encorajar
    minhas filhas a me escreverem cartas e que elas fazem por vontade própria hj. Eu na
    infância ajudava meu avô que tinha coleções de selos por isso o gosto tbm pelos postais.
    Ah o Taj Mahal, fascinante já pela fotografia e ao vivo deve ser emocionante estar
    próximo dessa maravilha.boa viagem e até a próxima.Marcio Saiki

    Resposta
  • Avatar
    23/10/2007 em 20:31
    Permalink

    “Uma senhora veio com a mão estendida para mim. Não falou nada. Estendi para ela
    também, ela segurou e me levou até a família dela…”Que legal…vc sempre
    foi assim.né Jú??Solicitada para fotos…oh!!!..simpatia, fotogenia…Quem nasceu pra ser Rainha..não perde a magestade!!!Gostei muito desse
    capítulo…bjs e boa viagem!!!

    Resposta
  • Avatar
    24/10/2007 em 15:20
    Permalink

    Oie!!! Muuuuito tempo que eu não comentava mais ^^ fiquei sem net e só fui ler agora a parte que vocês vão pra Índia e todo o resto. Ahhhh eu adoro a Índia, esses sarees coloridos, o Taj Mahal… Lindo lindo *apesar das baratinhas… Hehehe*!! *___* E as pessoas parecem ser legais. Abraços.

    Resposta
  • Avatar
    24/10/2007 em 17:07
    Permalink

    Ola, Marina!Obrigada, que bom saber que voce gostou…Tem mais fotos sim, mas estao guardadinhas por enquanto..rsVem sim, voce vai adorar o Taj Mahal.Abracos!

    Resposta
  • Avatar
    24/10/2007 em 17:13
    Permalink

    OI Ana!!Como falamos pro Jonas, custou 60 rupias (1,50 dolares) e servido com arroz, pedimos tbem batatas fritas e eles pediram ovo frito para compensar a falta de bife..huahuahuaAbracos!

    Resposta
  • Avatar
    24/10/2007 em 17:23
    Permalink

    Oie,Fran! Percebemos que voce nao passou mais por aqui…Realmente a India e incrivel…tanto quanto positivamente e negativamente..hehheheAbracos!!

    Resposta
  • Avatar
    24/10/2007 em 17:10
    Permalink

    Fala Jonas!O feijao com arroz custou 60 rupias, ou seja, 1,50 dolares.A India realmente
    e um pais de muitas cores.Realmente, teria feito maravilhas.Abracos!

    Resposta
  • Avatar
    24/10/2007 em 17:19
    Permalink

    Ola Saiki!Sentimos sua falta por aqui tambem.Que bom que voce gostou do cartao. =)
    Poxa que legal, nao sabiamos dessa historia dos selos. bacana mesmo.Um postal e
    sempre legal de receber neh…Realmente o Taj Mahal e fascinante, nao cansamos de
    fotografar e olha-lo.Brigadao!Abracos!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *