Uhuuuuuu começou a brincadeira do mochilão na Ásia.

Essa é a primeira etapa: mochilão em Singapura. Vai ser bem rápido, nem sabemos se vai dar tempo de visitar os principais pontos turísticos da cidade, por isso o roteiro de viagem na cidade vai ser bem puxado.

Vamos ficar pouco tempo, pois optamos pelo stopover da Singapore Airlines, que dá direito a poucos dias sem custo extra.

Mochilão em Singapura

Saímos bem cedo do aeroporto de Nagoya, Japão,  e chegamos em Singapura às 4 da tarde.

Do aeroporto à região central nós pegamos um metrô. Moderno, limpo e rápido, uma beleza. Parece ainda que estamos no Japão, tamanha modernidade. Mas sabemos que isso vai durar pouco, pois o roteiro na Ásia será bem diversificado.

Veja aqui onde se hospedar em Singapura ou reserve pelo Airbnb e ganhe crédito de R$100,00.

Ficamos procurando hotel até às 21h. Todos os hotéis mais em conta estavam lotados e os vazios eram muito caros. Resolvemos procurar mais, pois começar a furar o orçamento da viagem logo no primeiro dia não seria bom.

O planejamento da viagem foi minucioso com relação ao orçamento, por isso todo o cuidado é pouco para não precisar ativar o fundo de emergência.

Andamos muito pelo centro, Chinatown e na região da estação de metrô Bugis.

A viagem já mostrou como será, muitas novidades para quebrar em pedaços todos os nossos preconceitos e ideias erradas sobre o mundo.

Pelo caminho conhecemos uma alemã de 19 anos que estava viajando sozinha pela Nova Zelândia por 1 mês. Aí já deu para ter uma idéia do que íamos encontrar pela frente, muitos jovens europeus desbravando a Ásia. E Singapura é um dos hubs de quem faz mochilão na Ásia.

Fomos juntos com ela para o hostel em que ela tinha reserva para ver se tinha um quarto vazio, mas lá também estava cheio. O cansaço já estava nos dominando.

Enfim um hostel

Mais adiante achamos um hostel que também estava cheio, mas a Jú fez cara de cão-sem-dono, choramingamos e o recepcionista ofereceu o terraço para a gente dormir…

Começamos bem o mochilão em Singapura, não é?

O hostel se chama Cozy Corner. Nem perguntamos o preço, só queríamos largar as mochilas e tomar um banho.

Lá em cima tinha um chinês que parecia morar lá e um gringo hippie que fazia artesanato. Nossa cama ficava na parte que tinha telhado, mas quase a céu aberto.

Tomamos um banho merecido (e muito necessário no momento) no banheiro coletivo, que era bem simples e até que tinha um chuveiro bom. Nessa hora acho que nem deu para formar uma opinião a respeito.

Mais novidades sobre se hospedar em hostels: as gringas andam só de toalha pra lá e pra cá e o hippie de cueca…

Como todo cuidado é pouco, trancamos as mochilas e prendemos na cama com cadeado de bicicleta.

Depois desse dia incrivelmente cansativo, dormimos igual pedra… e acordamos na mesma posição em que deitamos, de tanto que era o cansaço.

O nosso hostel era bem econômico, mas se você procura outras opções de hotéis em Singapura, dê uma olhada aqui. Para planejar sua viagem a Singapura, leia os nossos outros posts aqui. Os passeios e atividades imperdíveis em Singapura e os transfers você encontra aqui.

Douglas e Julia

Bio de casal? Como assim? É que alguns textos foram escritos juntos, então aqui estamos nós. Julia é gaúcha que solta uns 'ô meu' e Douglas é paulista que manda uns 'bah tchê'. São formados em Turismo e Hotelaria com especialização em Marketing, amam viajar e criaram esse blog em 2005. Já viu, né, viagem é o assunto principal deles.

8 comentários em “Dia 1 – Começo do Mochilão na Ásia: Singapura

  1. Caramba,vcs ja partiram e eu nem mandei as mochilas?To com elas aqui e so nao mandei,
    pois estava com varios problemas de ordem pessoal e de trabalho,mas pode deixar que
    mando pro Brasil,pois nao vou precisar de mais duas mochilas aqui.Outra,pensei que
    fosse em setembro,nao que fosse tao rapido assim.Bom,agora e torcer para que tudo
    corra como o esperado e estou torcendo por vcs.Um abraco e quando chegar no Brasil,
    me manda o endereco,para mandar as mochilas.

  2. Ola Jonas.Que bom te ver por aqui.As fotos mostraremos depois pros nossos amigos, fique tranquilo…Abracos

Deixe seu comentário