Diário ArgentinaExpedição América do Sul

Dia 127: De San Salvador de Jujuy a Purmamarca

{S√°bado, 29 de junho de 2019} O dia amanheceu ensolarado em San Salvador de Jujuy e a nossa vista para as montanhas estava linda demais.

Nada como começar o dia assim, não é mesmo.

San Salvador de Jujuy

De San Salvador de Jujuy a Purmamarca

Hoje vamos de San Salvador de Jujuy a Purmamarca, um pouco mais ao norte da Argentina, seguindo pela Ruta 09.

A dist√Ęncia a ser percorrida √© de apenas 63 quil√īmetros com previs√£o de 1 hora de estrada. Mas como voc√™ j√° percebeu, provavelmente vamos levar um pouquinho mais de tempo, pois vamos parando pelo caminho.

Ent√£o, segue a estrada rumo ao norte.

San Salvador de Jujuy a Purmamarca

A estrada é boa na maioria do trecho percorrido, mas alguns pontos estavam em reforma com pedriscos na pista.

Os motoristas da região já devem conhecer o trajeto, por isso eles costumam correr bastante. Isso fez com que várias pedras fossem lançadas para os lados e batessem no carro. Uma dela foi enorme e levamos um baita susto.

San Salvador de Jujuy a Purmamarca

San Salvador de Jujuy est√° a 1259 m. e Purmamarca est√° a 2324 metros de altitude, ent√£o nesse trecho encontramos algumas subidas fortes, onde tivemos que reduzir bem a marcha.

E é preciso muita atenção, pois os motoristas costumam ultrapassar em lugares proibidos, como nas curvas onde não se tem visibilidade nenhuma.

[su_note note_color=”#7BC6FD”]Alugue um carro em San Salvador de Jujuy para explorar toda a regi√£o. Veja aqui um comparativo entre modelos de ve√≠culos e locadoras. [/su_note]

Tumbaya

Para aclimatar com a diferença de altitude de San Salvador de Jujuy a Purmamarca, fizemos uma paradinha no povoado de Tumbaya.

Da estrada vimos o cemitério lá no alto do morro, algo bem diferente para nós. E também avistamos uma torre amarela meio alaranjada que chamou nossa atenção. Então fomos até lá.

Tumbaya é um lugar que parece que foi esquecido pelo tempo, com casas de adobe com a porta direto na rua, de terra batida.

Em frente a praça estava a capela da torre amarela. Simples e simpática.

Tumbaya - San Salvador de Jujuy a Purmamarca

O vento começou a ficar forte e a levantar poeira. Assim que acalmou saímos do carro para tirar umas fotos, mas logo o vento voltou com mais força e mais poeira.

E nessa entrou algo no meu olho, que mesmo passando colírio não queria sair. Olhei no espelho e parecia que algo estava cravado no meu olho.

Bateu um leve desespero, pois ali não tem hospital, teríamos que acionar o seguro viagem e voltar para San Salvador de Jujuy. Como sempre viajamos com seguro viagem, o problema aqui era voltar e perder pelo menos dois dias, já que hoje é sábado.

Respirei fundo, olhei para a capela, fiz uma ora√ß√£o e o Douglas descobriu que atr√°s dela tinha um banheiro. Fui at√© l√° para lavar os olhos com bastante √°gua e nada de sair. Passei pela √ļltima vez um pouco mais de col√≠rio antes de ligar para o seguro e o neg√≥cio simplesmente sumiu do meu olho.

Que alívio, nem acreditava. Olhei para a capela e agradeci. Além de não sair mais sem meus óculos.

[su_note note_color=”#7BC6FD”]√Č obrigat√≥rio ter seguro viagem para viajar pra Argentina? N√£o √©, mas j√° pensou se voc√™ precisa de atendimento m√©dico l√°? Voc√™ que √© um viajante experiente n√£o vai viajar sem seguro viagem, n√©. Veja aqui as op√ß√Ķes de planos e seguradoras e com o nosso link, ganhe 5% de desconto. Se voc√™ ainda n√£o sabe muito sobre o assunto, leia aqui Tudo sobre seguro viagem.[/su_note]

Purmamarca

Depois do susto, decidimos seguir viagem para Purmamarca, que fica a apenas 17 km de dist√Ęncia, em torno de 20 minutos. Sa√≠mos da Ruta 09 e entramos na Ruta 52 para chegar na cidade.

Ficamos encantados com Purmamarca logo de cara. Que cidade mais graciosa!. √Č uma cidade bem pequena, com casas de adobe, ruas estreitas de terra, uma atmosfera muito agrad√°vel.

Pelo caminho encontramos novamente o Cesar do Rumbeando com Fidel. Estacionamos o carro perto do dele e preparamos nosso almoço no carro.

Fizemos uma siesta!! Aeee! Primeira vez em meses de viagem.

Assim que o sol baixou um pouco fomos caminhar pelo centrinho da cidade.

A praça é o ponto principal da cidade, ali ficam dezenas de vendedores ambulantes, lojinhas, restaurantes, secretaria de turismo e a igreja.

rua de Purmamarca

[su_note note_color=”#7BC6FD”]Se voc√™ n√£o viaja de campervan, veja aqui onde ficar hospedado em Purmamarca. [/su_note]

plaza central de Purmamarca

Purmamarca

E para fechar o dia, o Cesar preparou pizzas para nós e mais uma galera que se juntou para jantar.

Tinha uma francesa do hostel em frente onde est√°vamos estacionados e um casal de amigos do Invasion Kombi.

O papo foi ótimo!!

Purmamarca

Sério, saíram pizzas de uma campervan! E estavam deliciosas.

N√ļmeros do dia:

Dist√Ęncia percorrida: 73 km em 2h15.
Alimentação: $ 145 pesos argentino (aprox. R$ 14,50)
Gasolina: $ 1400 pesos argentino (aprox. R$ 140,00)
Banheiro: $ 10 pesos argentino (aprox. R$ 1,00)

Programe a sua viagem

Economize comprando sua passagem aérea no site do Passagens Promo.

Data de embarque confirmada, hora de reservar a sua hospedagem, nossa dica para economizar é conferir esses dois sites: Booking.com ou Airbnb (Airbnb com desconto de R$ 130,00 na primeira hospedagem e R$ 49,00 em uma experiência)

Nada de viajar para um lugar de altitude sem o Seguro Viagem do Seguros Promo, clique nesse link e use nosso cupom MELEVADELEVE5 e ganhe 5% de desconto.

Vai alugar carro para conhecer o norte da Argentina? Ent√£o d√° uma olhada nas op√ß√Ķes da Rentcars, voc√™ paga em reais e n√£o tem a surpresa de quanto vai pagar quando chegar a conta do cart√£o de cr√©dito e n√£o precisa ficar rezando pra cota√ß√£o do d√≥lar n√£o aumentar.

Não vai de carro? Então reserve um transfer do aeroporto até sua hospedagem e a volta pelo site da Viator.

E já reserve os principais passeios para não correr o risco de ficar sem vaga quando chegar lá. Os principais sites para economizar nos passeios são: Viator, Tiqets, TourOn e Get Your Guide

Agradecimentos aos nossos apoiadores dessa viagem:

  

Julia Flores

Formada em Turismo e Hotelaria, com pós-graduação em Marketing Estratégico e experiência com marketing de destinos turísticos. Amo viajar, não pelos carimbos no passaporte ou pelas selfies, mas pelo o que as viagens me proporcionam. Gosto de praticar esportes, mas também adoro ficar de preguiça no sofá em dias frios ou chuvosos.