Convento de Nossa Senhora da Penha, Vila Velha

Feche os olhos e imagine.

Um convento no alto de um morro, a 154 metros, com vista panorâmica privilegiada da cidade de Vitória, de Vila Velha e do mar.

Imaginou?

O que ver e fazer em Vila Velha no Espirito Santo

Agora imagine porque o alto do morro foi o local escolhido para a construção do convento.

Imaginou?

O que ver e fazer em Vila Velha no Espirito Santo

Apostamos que você errou! Não, não foi por causa da vista maravilhosa! O motivo foi um quadro! Isso, um quadro!!

Para resolver sua viagem a Vila Velha: Veja aqui quanto custa se hospedar na cidade em hotel e no Airbnb | Compare aqui todas as locadoras de carro

O quadro de Nossa Senhora das Alegrias

O Frei Pedro Palácios chegou ao Brasil em 1558 e se instalou no pé da colina, onde fez de uma gruta a sua morada.

Ele tinha um quadro de Nossa Senhora das Alegrias, que desapareceu e foi encontrado por ele no alto do morro.

O que ver e fazer em Vila Velha no Espirito Santo Convento de Nossa Senhora da Penha

O frei trouxe o quadro de volta e tempos depois, mais uma vez ele sumiu.

Novamente o frei, com toda a paciência de um frei, procurou e o encontrou no alto do morro, no mesmo local.

Trouxe de volta e… pela terceira vez o quadro sumiu.

A conclusão? O lugar do quadro era o alto do morro, simples assim. O frei então construiu uma ermida para abrigar o quadro.

O que ver e fazer em Vila Velha no Espirito Santo Convento de Nossa Senhora da Penha

A história do principal ponto turístico e religioso do Espírito Santo nos lembrou da lenda de outro ponto turístico, do outro lado do mundo, do Buda de Esmeralda que coincidentemente também é um dos principais pontos turísticos da cidade que o abriga, Bangkok.

O que ver e fazer em Vila Velha no Espirito Santo Convento de Nossa Senhora da Penha

Com o passar dos anos a ermida construída pelo Frei Pedro Palácios foi ganhando novas construções.

Em 1569 recebeu uma imagem de Nossa Senhora da Penha vinda de Portugal e se tornou o Convento de Nossa Senhora da Penha. Ou apenas, Convento da Penha.

O que ver e fazer em Vila Velha no Espirito Santo Convento de Nossa Senhora da Penha

Prestou atenção no ano? O ano foi 1558. A história do Convento da Penha se mistura com a história de Vila Velha, uma das cidades mais antigas do Brasil.

A subida ao Convento de Penha

A subida até os 154 metros de altitude do Convento de Penha é feita por uma estradinha bem estreita e íngreme, em meio a Mata Atlântica preservada, já dentro das dependências do convento.

O que ver e fazer em Vila Velha no Espirito Santo Convento de Nossa Senhora da Penha

Dá para ir a pé, mas de carro, ou de van (R$3,00 ida e volta ou R$2,00 só subida) do próprio convento é muito mais fácil. Esse foi o caminho que nós fizemos.

O que ver e fazer em Vila Velha no Espirito Santo Convento de Nossa Senhora da Penha

Outro caminho só para pedestres é a Ladeira da Penitência, que tem esse nome por causa da inclinação e do calçamento que dificulta a caminhada.

Esse caminho também é chamado de Ladeira das Sete Voltas, por causa dos zig zags pelo meio da mata.

O Convento da Penha

Conta a lenda que os Holandeses desistiram de tentar invadir Vila Velha quando viram do mar a imponência do convento.

Eles pensaram se tratar de uma fortaleza amplamente armada.

Os fiéis dizem que foi um milagre! Tanto que Benedito Calixto retratou o milagre em 4 quadros que podem ser vistos no convento.

O altar principal é o grande destaque. Esculpido em madeira cedro pelo português José Fernandes Pereira entre 1874 e 1879, conta também com peças em mármore.

O que ver e fazer em Vila Velha no Espirito Santo Convento de Nossa Senhora da Penha

Alguns dizem que se você não é devoto, deve evitar os horários de missa, que fica super cheio, mas acreditamos que ver a expressão da fé dos religiosos também faz parte da experiência.

Os horários das missas? Aqui você pode ver os horários das missas.

O que ver e fazer em Vila Velha no Espirito Santo Convento de Nossa Senhora da Penha

Em abril acontece a Festa de Nossa Senhora da Penha, padroeira do estado, uma das maiores festas religiosas do país. Os peregrinos vão expressar a fé, fazer pedidos e agradecer as realizações.

O que nós mais gostamos foi a arquitetura do convento, simples por fora e bem detalhada por dentro, e a vista, que vale a visita mesmo se você não for religioso.

A atmosfera do local, que parece nos colocar dentro da História do Brasil, também é um dos pontos altos do convento.

Essa viagem à Vitória e Vila Velha foi um convite da Secretaria de Turismo do Espírito Santo, em parceria com o SEBRAE-ES.

Para planejar a sua viagem ao Espírito Santo, leia os outros posts aqui. E para saber onde ficar, veja as opções de hospedagem. Compare aqui todas as locadoras de carro.

Compartilhe
Douglas e Julia

Douglas e Julia

Bio de casal? Como assim? É que alguns textos foram escritos juntos, então aqui estamos nós. Julia é gaúcha que solta uns 'ô meu' e Douglas é paulista que manda uns 'bah tchê'. São formados em Turismo e Hotelaria com especialização em Marketing, amam viajar e criaram esse blog em 2005. Já viu, né, viagem é o assunto principal deles.

6 comentários em “Convento de Nossa Senhora da Penha, Vila Velha

Deixe seu comentário