O ditado popular ‘em Roma, faça como os romanos’ significa agir como a população local age.

A frase é super verdadeira, mas não é válida quando a população local não age de forma ecológica ou sustentável.

Se você estiver em uma cidade onde ninguém joga o lixo na lixeira, você vai contribuir para a sujeira ou vai dar o exemplo? O exemplo, é claro!

Invertendo o ditado popular

Lembre-se que os anfitriões também aprendem com você.

Que imagem você quer passar? Que opinião você quer que ele tenha sobre você, sobre as pessoas do seu estado, sobre as pessoas do seu país?

Veja aqui onde ficar em todo o mundo ou reserve pelo Airbnb e ganhe crédito de R$100,00.

Pense seriamente nisso, pois as péssimas atitudes de alguns estão fechando portas para muitos outros.

Quem nunca ouviu falar de destinos que não gostam de receber turistas vindos de X, Y ou Z?

Será apenas preconceito ou será um ‘pós-conceito’? Pense nisso…

Além da imagem, há muito mais envolvido

Existe no estudo do turismo um aspecto chamado ‘efeito imitação’, que basicamente diz que os anfitriões tendem a imitar os visitantes nas atitudes, no comportamento, nas vestimentas e no estilo de vida.

Isso acontece principalmente em cidades pequenas ou em países subdesenvolvidos, que recebem o visitantes do dito “primeiro mundo”.

A parte boa desse efeito é que eles também imitam os bons exemplos que não fazem parte do cotidiano deles.

O que podemos fazer?

Quando estiver viajando, tente ao máximo ser generoso com a natureza.

Milhares de locais que antes eram intocados pelo homem estão recebendo turistas e mais turistas sem seguir um planejamento de sustentabilidade. Pior ainda quando não há a estrutura necessária para recebê-los.

Isso tudo acaba gerando grande desequilíbrio e devastação.

Água

Sabemos que todos estão cansados de ouvir, mas vamos repetir: economize energia e água, independente de onde você estiver, seja na sua casa, no trabalho ou viajando.

Dicas de como organizar a própria viagem

Destinos turísticos com limitado fornecimento de água para a população

Quando estiver viajando, economize energia e água no hotel ou hostel, no restaurante, etc.

Você pode ter fartura de água onde mora, mas alguns povos não têm.

Muitos empreendimentos oferecem água à vontade ao visitante, mas lhes falta água para viver.

Lixo

Nunca jogue o seu lixo em locais impróprios. Se você produziu o lixo, o lixo é seu, portanto é sua responsabilidade.

Carregue sempre uma sacolinha, dobradinha cabe até no bolso da calça.

No caso de não haver lixeiras próximas de onde você está, guarde o seu lixo nesta sacola e carregue até encontrar uma lixeira.

Embalagens excessivas podem ser deixadas em casa ou no hotel, antes de você sair. Assim você também evita carregar mais esse volume.

Isso é ainda mais importante caso a chance de não encontrar lixeira seja grande, principalmente se for para um ambiente natural onde provavelmente não haverá lixeiras pelo caminho.

Animais

Não alimente animais, nem mesmo com produtos naturais, pois você pode alterar os hábitos deles, criando um desequilíbrio na cadeia alimentar.

Como organizar uma viagem

Viagem responsável: Não alimente os animais

E ainda pode torná-los preguiçosos para caçar e torná-los dependentes da alimentação que nós humanos damos a eles.

Isso ainda acarreta muitas vezes em atitudes agressivas contra os turistas em tentativas de ganhar comida.

Souvenir

Evite comprar souvenires ou artesanatos que agridam direta ou indiretamente a vida animal, como conchas, corais, pele ou patas de animais, chifres, etc.

Muitas vezes a lembrança parece muito bonita e representa muito bem o lugar visitado, mas a forma como essa matéria prima é extraída, pode ser devastadora e cruel.

Isso vale também para artesanato em madeira. Há desmatamento para produzir o souvenir?

E quando você adquirir uma lembrança que agride o ambiente lembre-se: você está contribuindo e concordando com isto e incentivando.

Poluição

Ao planejar a viagem, leve em conta a emissão de gases dos meios de transporte. Não se esqueça que o avião é de longe o mais poluente.

É lógico que para ir a alguns lugares é impossível se não for de avião, até porque a maioria não dispõe de tempo suficiente.

Dicas para planejar uma viagem

Evite usar avião

Se você puder (e se o país oferecer) utilize o trem. Ônibus e outros meios coletivos também ajudam a poluir menos.

Além do mais, esses meios de transporte proporcionam paisagens pela janela durante toda a viagem, coisa que o avião nem sempre oferece. Então, aproveite a viagem vendo as belas paisagens.

Essas são algumas formas de contribuir. Se a viagem for em ambiente natural, existem muito mais recomendações.

E você, tem dicas para ser um viajante responsável? Compartilhe conosco.

Se você quiser saber mais sobre Viagem Responsável, leia os outros artigos aqui.

Posts relacionados

Douglas e Julia

Bio de casal? Como assim? É que alguns textos foram escritos juntos, então aqui estamos nós. Julia é gaúcha que solta uns 'ô meu' e Douglas é paulista que manda uns 'bah tchê'. São formados em Turismo e Hotelaria com especialização em Marketing, amam viajar e criaram esse blog em 2005. Já viu, né, viagem é o assunto principal deles.

Deixe seu comentário