Antes de contar sobre o nosso roteiro de 2 dias em Toronto, queremos falar um pouquinho sobre essa cidade que muitas vezes é confundida como a capital do Canadá, mas é capital de sua província, Ontário.

O significado de seu nome é “Ponto de Encontro”, e realmente não poderia ser diferente. Toronto é a maior cidade do país, centro financeiro, super moderna, multicultural e recebe turistas do mundo todo. Lembra um pouco Nova York.

Nesse vídeo tem um pouco do roteiro em Toronto. Aproveita para seguir o canal 🙂

Nós visitamos Toronto em junho, alta temporada de verão, e por conta de todo esse agito da “cidade grande”, tivemos dificuldade em achar lugar para nos hospedar e até para organizar nosso roteiro.

Dificuldades que esperamos que você não tenha com essas dicas todas que estamos compartilhando aqui. E nesse roteiro você vai encontrar os principais atrativos de Toronto que planejamos cuidadosamente para ficar viável logisticamente e para não ficar cansativo.

Escolha e reserve sua hospedagem em Toronto: Hotel ou Airbnb | Compare preços e planos e contrate o seu seguro de viagem para o Canadá | Veja aqui as opções de city tour em Toronto | Compare as locadoras e alugue seu carro aqui.

Então bora falar logo desse roteiro em Toronto?

Roteiro de 2 dias em Toronto

No dia anterior a chegada a cidade, viajamos de trem de Quebec para Toronto. Chegamos tarde da noite, então nossos passeios começaram no dia seguinte pela manhã.

Leia aqui sobre Como ir de Quebec para Toronto de trem e leia aqui sobre Onde ficar em Toronto.

Dia 1 –  Domingo

Manhã

Como nós ficamos hospedados em Downtown, no Entertainment Distritct, ficou fácil nos locomover pela cidade. Estávamos perto dos principais atrativos de Toronto e pudemos visitar boa parte deles a pé.

Chinatown

Começamos pela Chinatown, pois estava praticamente do nosso lado. Fomos andando pela Spadina Avenue em direção a Universidade de Toronto. Nos caminho tivemos a sorte de encontrar uma apresentação com o Dragão Chinês.

Voos para Toronto
Passagens aéreas
saindo de

Aqui você vai encontrar muitas lanchonetes, restaurantes, mercadinhos e lojinhas. Aproveite para comprar lembrancinhas do Canadá e produtos da china como temperos e chás. Mas só vale a pena se a Chinatown estiver no seu caminho, como estava no nosso. Ou se você tem tempo para um roteiro de mais dias na cidade. Caso contrário, não vale a pena incluí-lo.

Leia aqui sobre a Chinatown de Toronto.

Universidade de Toronto (UofT)

Você deve estar se perguntando, mas visitar uma universidade? Siiim, isso mesmo. O Campus St. George da Universidade de Toronto é lindo demais.

A arquitetura é impressionantemente encantadora. Parece que você está dentro de um filme da era medieval, ou então em um dos cenários de Hogwarts, do Harry Potter. Aliás, a UofT realmente inspirou o cenário do filme, e é muito legal ficar procurando as referências.

Aqui nós andamos por vários prédios nesse mesmo estilo e sentamos no gramado para ver a CN Tower de longe. É um ótimo lugar para fazer umas fotos lindas.

Leia aqui sobre a Universidade de Toronto.

Almoço

Durante o ano letivo, você pode almoçar junto com os alunos no restaurante da universidade. Mas como fomos nas férias, estava fechado e então procuramos um restaurante próximo Bloor-Yorkville.

Confira aqui Onde comer em Toronto.

Tarde

Bloor-Yorkville

Bloor-Yorkville é uma área nobre de downtown Toronto, frequentado por celebridades e pessoas da alta sociedade de Toronto. Então, se você procura por artigos de luxo para comprar, aqui é o lugar certo. Mas você também vai encontrar a H&M, GAP, Payless e até Dollarama.

Leia mais aqui sobre Bloor-Yorkville.

Casa Loma

A Casa Loma fica um pouco afastada, então pegamos um metrô para chegar lá. Andamos um pouquinho, subimos uma escadaria de tirar o fôlego, e lá de cima uma surpresa agradável. Uma bela vista para Toronto.

E como você pode perceber, a Casa Loma tem formato de um castelo. Tem uma história bem interessante e é um atrativo muito visitado em Toronto.

Se você gosta de história e de castelos, ou pelo menos tem curiosidade de conhecer um, vale a pena incluir no seu roteiro também.

Leia mais aqui sobre a Casa Loma.

The Distillery District

O Distillery District é um lugar que você vai amar conhecer.  Um lugar com cara de happy hour a qualquer hora do dia.

Aqui nesse lugar funcionava uma destilaria de whisky e rum chamada Gooderham and Worts Distillery, que foi a maior destilaria do mundo e funcionou por 153 anos.

Hoje é uma área de lazer que oferece opções de comida, bebida, compras e atividades culturais. É um lugar pra relaxar e curtir Toronto.

Leia mais aqui sobre O Distillery District.

Jantar

Uma dica é aproveitar para jantar no Distillery District, mas nós jantamos no Marché Movenpick , que fica no Brookfield Place. Super vale a pena conferir.

Leia mais aqui sobre o Marché Movenpick.

Dia 2 –  Segunda

Manhã

Nosso segundo dia em Toronto era dia dos namorados no Brasil, então deixamos alguns dos lugares mais legais para esse dia 😉

Nathan Phillips Square

Começamos o dia em busca da foto clássica nos letreiros de Toronto, no Nathan Phillips Square. Essa é a praça central da cidade e todos os turistas fazem uma paradinha aqui pra fazer essa foto.

Ao lado da praça fica a antiga prefeitura de Toronto, aquele prédio que aparece bem atrás de nós na foto. E o novo prédio, que aparece uma pontinha no cantinho esquerdo.

Andando um pouquinho chegamos no Eaton Centre e na Yonge Dundas Square. É fácil de achar a praça, procure pelo cruzamento da Bay Street com a Queen Street.

Leia mais aqui sobre O Nathan Phillips Square.

Yonge-Dundas Square

Yonge-Dundas Square é a “Times Square de Nova York” em Toronto. É uma praça aberta com muitos painéis luminosos ao redor. Também tem muitas lojas circundando a praça, entre elas o Toronto Eaton Centre, o maior shopping da cidade. Vale a pena dar uma passadinha aqui para conferir.

Leia aqui sobre Compras na Yonge-Dundas Square e também aqui sobre Onde ficar hospedado na Yonge-Dundas Square.

Almoço

Na região do Yonge-Dundas existem diversos restaurantes, mas uma sugestão é sair de lá e almoçar no mercadão St. Lawrence, que nós indicamos se você quiser provar um sabor local. Lá você encontrará o típico peameal bacon.

Leia mais aqui sobre o St. Lawrence Market.

Tarde

Depois do St Lawrence Market o nosso plano era conhecer as Ilhas de Toronto, onde tem algumas atividades legais e uma bela vista para a cidade. Mas infelizmente não conseguimos, as visitas estavam suspensas por causa da forte chuva que tinha caindo nos últimos dias e alagou muitas ruas das ilhas. Então adiantamos o itinerário e passeamos pelo Harbourfront.

Harbourfront

Na orla do Lago Ontário, o Harbourfront era uma antiga área industrial que foi revitalizada. Hoje é um espaço aberto ao público e uma das principais áreas de lazer de Toronto.

No verão é um ótimo lugar para atividades externas. Já no inverno as atividades são praticamente todas em áreas fechadas, mas tem uma pista de patinação ao ar livre.

Leia mais aqui sobre O Harbourfront Centre.

Jantar

E para encerrar o dia dos namorados e nossos passeios por Toronto, fomos jantar no 360 Restaurant, o restaurante giratório da CN Tower. E ainda conhecemos esse ícone da cidade de pertinho.

Foi a melhor forma de encerrar essa viagem por Toronto. A comida é ótima e a vista para a cidade é linda demais.

Leia mais aqui sobre a CN Tower e o 360 Restaurant.

Deixamos o último dia da viagem pelo Canadá para conhecer Niagara-on-the-lake e as Cataratas de Niagara.

Roteiro completo em PDF para download:

Clique no link para baixar o roteiro que fizemos: Roteiro Me Leva De Leve – 2 dias em Toronto

Fica a dica para uma viagem mais leve

  • Leia todas as dicas nos links desse post, pois escrevemos mais informações sobre cada um desses lugares.
  • Ficar hospedado em Downtown facilita para fazer os passeios, pois a maioria dos atrativos ficam nessa região. Confira dicas de onde ficar em Toronto.
  • Faça suas reservas com antecedência (hotel, carro, passeios e o seguro viagem), pois a cidade é turística e está sempre cheia.
  • Para conhecer a cidade com calma, o ideal é um roteiro de 3 dias inteiros. Se quiser visitar Niagara e fazer compras nos outlets reserve pelo menos mais um dia para cada, então seriam 5 dias inteiros.
  • Em Toronto é falado tanto o idioma inglês quanto o francês, mas o primeiro idioma é o inglês.
  • Aqui você encontra todas as nossas dicas sobre Toronto.
  • E aqui as nossas dicas sobre o Canada (Montreal, Quebec e Niagara)

Para salvar no Pinterest 😉

Posts relacionados

Douglas e Julia

Bio de casal? Como assim? É que alguns textos foram escritos juntos, então aqui estamos nós. Julia é gaúcha que solta uns 'ô meu' e Douglas é paulista que manda uns 'bah tchê'. São formados em Turismo e Hotelaria com especialização em Marketing, amam viajar e criaram esse blog em 2005. Já viu, né, viagem é o assunto principal deles.

4 comentários em “Roteiro de 2 dias em Toronto, Canadá

  1. Vcs deviam abrir uma agência de viagens. Tem muito agente por aí que não chega nem a 10% dos roteiros de vcs.

  2. Legal. Vou usar de base pra fazer um roteiro de 3 ou 4 dias. Quero ver com calma cada um dos principais pontos turísticos de Toronto.

Deixe seu comentário