Quando visitamos Cambará do Sul, tivemos a oportunidade de conhecer a gastronomia do Parador Casa da Montanha e contamos para você aqui nesse post.

O restaurante do hotel tem um ambiente que mistura o rústico com o sofisticado. Traz a atmosfera campeira ao mesmo tempo que agrada aos olhos dos mais exigentes hóspedes. O resultado é uma comida que resgata a cultura gaúcha com toque de alta gastronomia.

Reserve aqui o Parador Casa da Montanha e compare as locadoras e alugue seu carro aqui.

Antes de continuar a ler, veja nosso vídeo de Cambará do Sul e aproveita para seguir o canal 🙂

Gastronomia do Parador Casa da Montanha

O jantar consiste em um couvert, uma entrada, um prato principal (entre duas opções) e sobremesa. Não há um menu fixo, a cada dia o chef muda o que será servido.

Isso facilita bastante a vida de indecisos como nós, pois não precisamos ficar escolhendo entre infinitas opções 😀 Sempre que o restaurante oferece um cardápio extenso, escolhemos um prato pensando se o outro estaria mais saboroso. Aqui isso não acontece 🙂

O chef prepara cuidadosamente cada prato, e cada um deles chegou à mesa quentinhos, saborosos e no momento ideal.

Couvert

Como couvert foram servidos pãezinhos com patê, geleia e manteiga na tábua.

Gastronomia do Parador Casa da Montanha em Cambará do Sul

As torradas estavam no ponto como gostamos, crocantes, mas não torradas demais. Os pães estavam uma delícia, macios e quentinhos, com um sabor distinto difícil de explicar.

Eu preferi comer mais com geleia e o Douglas praticamente só comeu com manteiga.

Conheça aqui outros hotéis em Cambará.

Entrada

Depois do couvert, ficamos conversando por alguns minutinhos, ouvindo o som ambiente e aproveitando o anoitecer. Quase em seguida chegou a entrada, no tempo exato.

Sabe aquele prato que você não consegue parar de comer? Então, esse estava assim.

Gastronomia do Parador Casa da Montanha em Cambará do Sul

Foi um creme de grãos, feito de ervilha e feijão. Além de gostoso e bem servido, como sempre no Rio Grande do Sul, a apresentação estava belíssima, com um pouquinho de alho crocante por cima.

A principio achamos que um creme desses dois grãos não combinaria, mas sentimos bem distinto cada sabor, da ervilha e do feijão. A combinação ficou ótima. Se não me engano, foi a primeira vez que provamos os dois juntos.

Prato Principal

Esses foram o couvert e a entrada escolhidos pelo chef para essa noite, a gente não tinha escolha.

Já para o prato principal havia 2 opções. Eu escolhi o Arroz de Salmão, que era um risoto com pedaços do peixe.

Gastronomia do Parador Casa da Montanha em Cambará do Sul

O arroz estava bem cozido, no ponto que gosto. O salmão em pedaços veio em uma porção bem generosa, na proporção ideal com relação ao arroz. E o tomate confitado deu um sabor adocicado ao prato que combinou muito bem. Nota 10!

O Douglas optou pelo Stinco de Cordeiro com batata e peperonata.

Gastronomia do Parador Casa da Montanha em Cambará do Sul

Quando eu conheci o Douglas, ele não era muito de provar comidas diferentes, mas ele despertou para a curiosidade na gastronomia.

Quando ele viu a opção de Stinco de Cordeiro, que ele nunca havia provado, não teve dúvida.

O stinco é a canela do cordeiro e vem servida com o osso. O sabor é um pouco mais forte e a carne é um pouco mais fibrosa do que outros cortes.

Segundo o Douglas o sabor estava ótimo, ainda mais com as batatas bem temperadas e a peperonata ajudando a quebrar um pouco o sabor forte da carne.

Passagens aéreas
saindo de

 

Sobremesa

Para sobremesa são algumas opções, todos doces campeiros, bastante consumidos no Rio Grande do Sul.

Eu escolhi o pudim de leite e o Douglas estava na dúvida, então pediu um pot-pourri, com um pouquinho de cada.

Provei os dele também, mas para mim o pudim foi o mais gostoso, pois não estava muito doce e a consistência estava no ponto, nem muito mole que despedaça e nem muito duro.

Gastronomia do Parador Casa da Montanha em Cambará do Sul

No Pot-pourri vieram 4 doces, sagu de vinho com creme, doce de abóbora, ambrosia e arroz doce.

Mas não veio pudim e o Douglas reclamou que queria um pouco do meu. Vê se pode, esse formiguinha comeu as quatro sobremesas mais um quarto do meu pudim 😀

O Douglas disse que o que ele mais gostou foi o sagu de vinho com creme, que é uma sobremesa que ele só come quando vai para o Rio Grande do Sul.

A experiência gastronômica no Parador Casa da Montanha é perfeita. Todos os pratos estavam deliciosos, o atendimento é impecável e o ambiente é rústico porém muito confortável, romântico e acolhedor.

Vale lembra que para você provar o jantar no hotel precisa fazer reserva, mesmo sendo hóspede.

Leia aqui o post completo sobre Como é se hospedar no Parador Casa da Montanha.

Parador Casa da Montanha

Endereço: Estrada do Faxinal, RS 429 – Morro Agudo – Cambará do Sul – Rio Grande do Sul.
Telefone: 54 3295-7575 / 99170-9463

Reserve aqui o Parador Casa da Montanha

Nosso jantar foi uma cortesia do Parador Casa da Montanha.

Posts relacionados

Douglas e Julia

Bio de casal? Como assim? É que alguns textos foram escritos juntos, então aqui estamos nós. Julia é gaúcha que solta uns 'ô meu' e Douglas é paulista que manda uns 'bah tchê'. São formados em Turismo e Hotelaria com especialização em Marketing, amam viajar e criaram esse blog em 2005. Já viu, né, viagem é o assunto principal deles.

Deixe seu comentário