Na primeira dica de fotografia, mostramos a regra dos terços usada para obter uma composição fotográfica que prende a atenção das pessoas.

Na segunda dica mostramos que a regra pode ser quebrada com o elemento centralizado.

Você ainda não viu essas dicas? Então vai lá que a gente espera.

Pronto?

Na dica de hoje vamos mostrar mais uma maneira de obter imagens interessantes sem utilizar a regra dos terços.

Trata-se da perspectiva ou do ponto de fuga.

Perspectiva e Ponto de Fuga

O que é perspectiva?

Quando há prédios, árvores ou quaisquer outros objetos em sequência, eles formam uma linha no plano da imagem.

Caso haja duas linhas paralelas (ou quase paralelas) na cena a ser fotografada, elas criarão uma perspectiva.

Dicas de fotografia de viagem

A perspectiva é a representação de situações tridimensionais (o que o olho enxerga) no plano bidimensional (o papel da foto).

Ela pode ser formada por prédios nos dois lados da rua, ou de apenas um lado, neste caso utilizando as linha da calçada e a linha dos telhados dos prédios.

Essas linhas são chamadas linhas de fuga, que (mesmo se forem linhas paralelas, como dois lados de uma rua) convergem em um ponto distante ou no infinito, dando a sensação de tridimensionalidade.

Ponto de fuga

O ponto de convergência das linhas chama-se ponto de fuga e se localiza na altura da linha do horizonte, mesmo que não seja visível.

Esse ponto marca o local para onde a cena converge, isto é, o local para onde o olhar humano se desloca naturalmente, seguindo as linhas.

Por isso, a regra dos terços pode ser quebrada quando há linhas de fuga, pois há um ‘ponto de atração’ na imagem.

Observe a foto abaixo.

Como fazer fotos bonitas de viagens

Nela percebemos que o ponto de fuga não se localiza em nenhum dos 4 pontos da regra dos terços, mas ainda assim a fotografia atrai a atenção do observador.

Isso é causado pelas linhas de fuga. O olhar se desloca seguindo as linhas até o ponto de fuga.

Como fazer fotos bonitas de viagens

As linhas não precisam ser obrigatoriamente retas.

Curvas leves também criam um ponto de fuga e atraem o olhar do observador, como na foto acima.

E você, tem fotos de viagem de linhas paralelas que criam um ponto de fuga? Onde foi tirada?

Se você quiser ver mais dicas de fotografia para viagem, clique aqui.

Douglas e Julia

Bio de casal? Como assim? É que alguns textos foram escritos juntos, então aqui estamos nós. Julia é gaúcha que solta uns 'ô meu' e Douglas é paulista que manda uns 'bah tchê'. São formados em Turismo e Hotelaria com especialização em Marketing, amam viajar e criaram esse blog em 2005. Já viu, né, viagem é o assunto principal deles.

PROGRAME A SUA VIAGEM AQUI

Escolha e reserve: Hotel | Airbnb

  Compare preços e planos e contrate o seu seguro de viagem com 5% de desconto

Compre antecipado e online entradas de atrativos e passeios: No Brasil | No exterior

Compare as empresas de aluguel de carros e viaje no seu tempo. Pagamento parcelado.

Os links acima são de nossos parceiros e nós recebemos uma pequena comissão por cada venda, o que nos ajuda a manter o blog. É como se você estivesse nos 'pagando um café' pelas dicas que damos.

2 comentários em “Dica de fotografia – Perspectiva e ponto de fuga

Deixe seu comentário