Nosso roteiro de viagem por Montreal tinha a Cathedral of Marie Reine du Monde logo no primeiro dia. Porém, a chuva atrapalhou e não a vimos por dentro, só a sua bela fachada.

Nos outros dias visitamos outros dos principais pontos turísticos de Montreal e depois pegamos o trem para a cidade de Quebec.

Já estava meio triste de não poder ver essa catedral inspirada na Basílica de São Pedro, do Vaticano, mas dias depois, o trem de Quebec para Toronto fez escala em Montreal. E felizmente deu tempo de sair da estação, que está bem ao lado, e visitar a catedral.

Escolha e reserve sua hospedagem em Montreal: Hotel ou Airbnb | Compare preços e planos e contrate o seu seguro viagem para o Canadá | Veja aqui as opções de city tour em Montreal | Compare as locadoras e alugue seu carro aqui.

Quer inspiração para os passeios? Então clica no play pra assistir nosso vídeo de Montreal e aproveita para seguir o canal 🙂

A Cathedral of Marie Reine du Monde

A catedral é a terceira maior da província de Quebec com 101 metros de comprimento, 46 metros de largura, 77 metros de altura e cúpula com 23 metros de diâmetro.

Cathedral of Marie Reine du Monde

O interessante é o contraste, ao lado estão vários prédios super modernos.

A construção começou em 1875, foi finalizada em 1894 e em maio de 2006 a catedral foi nomeada patrimônio histórico nacional do Canadá.

Apesar de ser uma réplica da Catedral de São Pedro, há algumas diferenças. No vaticano são doze estátuas representando os apóstolos e em Montreal são treze estátuas simbolizando os santos patronos das paróquias da cidade que as doaram.

A fachada, que fica na Boulevard René Vélesque, impressiona. São 12 colunas frontais que fazem o olhar percorrer do chão até as treze estátuas.

Leia aqui os posts Onde se hospedar em Montreal e Onde comer em Montreal.

Cathedral of Marie Reine du Monde

A fachada da Cathedral of Marie Reine du Monde tem 13 estátuas dos santos patronos das paróquias da cidade

O interessante é o contraste, ao lado estão vários prédios super modernos.

Passei bem apressado por causa do horário do trem, quase como a população local que estava indo ou vindo do escritório. Porém não pude deixar de admirar a arquitetura e a grandiosidade da catedral.

Por dentro da Cathedral of Marie Reine du Monde

Olhei para o relógio, fiz um cálculo rápido e decidi entrar. Na verdade eu tinha saído da estação para ir na farmácia e nem me lembrava que a catedral estava bem ao lado. A Jú ficou no lounge da Via Rail com a bagagem, por isso não queria demorar muito para ela não ficar preocupada.

Cathedral of Marie Reine du Monde

A atmosfera é de paz interior

Ao entrar na catedral, fiquei boquiaberto. O pé direito altíssimo impressiona e olhando atentamente a admiração aumenta, já que o teto é finamente decorado e detalhado.

Andei até o altar e já estava totalmente envolvido pela catedral, e olha que eu nem sou religioso.

Cathedral of Marie Reine du Monde

São muitos detalhes no teto e na cúpula

Foi quando falei para a Ju apontando para a cúpula:

– Olha ali que incrível.

– Sorry, what?

Hahaha me distraí e falei com outra pessoa, esqueci que a Ju estava na estação de trem…

Olhei para o relógio de novo e já tinha passado a hora de voltar para a estação.

Passagens aéreas
saindo de

Cathedral of Marie Reine du Monde

1085, Cathédrale St, Montréal – Quebec – Canadá.
De segunda a sexta das 7h00 às 19h00. Sábado e domingo das 7h30 às 19h00.
De metrô a estação mais próxima é a Central (Gare Centrale) e a Bonaventure.
Entrada gratuita.
Tempo de visita recomendado é de no mínimo 15 minutos.

Posts relacionados

Douglas Sawaki

Formado em Turismo e Hotelaria, com experiência em vendas e marketing na área do Turismo. Paulista que aprendeu a curtir São Paulo depois que deixou de ser um cara estressado. Meio sedentário, meio esportista, se é que você me entende.

2 comentários em “Cathedral of Marie Reine du Monde, Montreal

  1. Oi gente, to adorando esses posts sobre o Canadá. Vou ainda esse ano mais ou menos na mesma época que vocês foram. Estou anotando tudinho 🙂 Bjos pra vcs

Deixe seu comentário